sábado, 25 de outubro de 2014

ENSINA-ME A PERDOAR - EMMANUEL/CHICO XAVIER


ENSINA-ME A PERDOAR - Emmanuel

Senhor, eu gostaria tanto de poder perdoar. Disponho-me a isso. Oro e tenho a impressão de que lavei meu coração de toda mágoa.

Contudo, basta que eu reveja quem me agrediu, caluniou, traiu e todo o sentimento retorna.
Isso está me fazendo muito mal, Senhor. Sinto um peso dentro de mim, um mal-estar e tenho a impressão de que perdi um tanto da capacidade de amar.
Em função do que padeci, tornei-me desconfiado. Quando um amigo me abraça, não me entrego em totalidade. Fico pensando se ele está sendo sincero.
Se não estará, como outros, demonstrando uma afeição que não lhe habita a alma, somente por conveniência. Pior ainda, fico cogitando quando esse amigo me oferecerá o fruto amargo do abandono.
Isso é muito ruim, Senhor, eu sei. Contudo, tornei-me assim, depois de tantas ingratidões recebidas, em tantos afastamentos constatados, em tantas evasões de pessoas a quem entreguei o meu coração.
Recorro às páginas do Evangelho e as leio, entre a emoção e o desassossego. Pesquiso as vidas dos grandes seguidores da Tua mensagem e me indago:
Por que eles conseguiram perdoar? O que me falta para isso?
Na tela da memória, evoco a imagem do primeiro mártir do Cristianismo, Estêvão, apedrejado por amor à verdade que propagava.
Ainda agonizante, ao lado da irmã, que descobre noiva do seu verdugo, tem palavras de perdão. Não sãopalavras de quem, por estar morrendo, resolve doar o perdão.
São palavras de quem se mostra agradecido por reencontrar a irmã querida, depois de tantos anos de separação que lhes fora imposta.
São palavras de quem está feliz e poderá morrer tranquilo, não somente por ter sido fiel a Jesus até o fim, mas por saber que sua irmã estará bem amparada por aquele mesmo que a ele tirou a vida.
Cristo os abençoe... Não tenho no teu noivo um inimigo, tenho um irmão...
Saulo deve ser bom e generoso. Defendeu Moisés até ao fim... Quando conhecer a Jesus, servi-lO-á com o mesmo fervor...
Sê para ele a companheira amorosa e fiel...
Perdão incondicional. Ele poderia pensar em que poderia gozar da felicidade de tornar a conviver com a irmã, depois de tantos anos.
Voltar a estarem juntos, como dantes da tragédia que os separara. Mas, não.
Suas palavras não são de reprovação a quem o condenara ao apedrejamento. Nele somente há perdão.
Por tudo isso, Senhor, eu Te peço: Ajuda-me a perdoar. Ensina-me a perdoar. Promove em mim a mudança para melhor.
Não permitas que eu me perca pelas ruelas sombrias da mágoa, da tristeza e do desencanto.
Eu desejo voltar a acreditar nas pessoas, a crer na amizade sincera, na doação sem jaça.
Recordando o Teu exemplo extraordinário na cruz, preocupando-Te com aqueles que Te haviam infligido tanto sofrimento e morte, eu Te peço: Ajuda-me.
Tenho certeza de que, quando o perdão puder ser a tônica dos meus atos, eu voltarei a sorrir, a ter fé, a viver intensamente.
Ajuda-me, pois, Senhor Jesus, a perdoar. Porque, não somente desejo ser feliz, mas igualmente almejo ser, para os que comigo convivem, motivo de contentamento e de alegria.


Redação do Momento Espírita, com frases atribuídas a Estêvão, extraídas do cap. 8, pt. I, do livro Paulo e Estêvão, pelo Espírito Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb.

O AMOR É GRANDE E CABE NESTA JANELA SOBRE O MAR...- CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE




sexta-feira, 24 de outubro de 2014

HÁ MOMENTOS PARA TUDO EM NOSSAS VIDAS...- ELCIENE GALINDO



Há momentos pra tudo em nossas vidas....

...Momentos para caminharmos depressa, correr, parar... momento para sorrir, chorar, pensar, meditar, construir, partilhar, calar e gritar, entre outros e muitos momentos necessários!!!...
Precisamos de muitos momentos para descobrirmos o que é essencial para continuar na estrada.
Não há felicidade plena, enquanto não nos tornarmos melhores e estivermos completos. Esta busca permanente faz de nós um guerreiro... saímos desafiamos os obstáculos, driblando ataques de nossos adversários e conquistando novos paradigmas. O amor sim, este sempre será nosso real referencial, o que de mais concreto conquistamos. Para vendermos as batalhas, o amor deve antes de tudo está dentro de nós, pois só ele tem a energia da transformação e transmutação pessoal e do mundo ao nosso redor.
As descobertas nos movem adiante, a cada nova conquista, seja ela qual for, nos mostram o poder de inovar, e nos conduz a evolução necessária e inevitável.
Então, sejamos mágicos na forma que escolhemos para viver! Buscando expandir na vida sempre o que há de melhor em nós!
~Elciene Galindo.~
Haja Paz, Amor e Unidade!

DÊ-ME SENHOR...- TOMÁS DE AQUINO

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

COMO A EFT PODE TRANSFORMAR SUA VIDA

Como a EFT Pode Transformar Sua Vida

QUE BOM QUE ME OLHO POR DENTRO




Que bom que me olho por dentro, que reavalio o cenário de fora, que aperto as forças e respiro aliviada, pois sei que tento antes de ir embora. Que bom que me dou o direito de respeitar meus arrependimentos, de recomeçar por outro lado, de inventar histórias coloridas só pra amenizar o que ainda esta desbotado. Que bom que silencio a alma e a deixo quietinha ate saber-me resposta, ainda que as perguntas todas se movimentem dentro de mim. Que bom que minhas certezas estacionam no coração pra trazer paz. Que bom que tenho consciência que não vivo de ciência e sim de sentimento. E que tudo que faz parte de um incremento maior no que sinto serve para que eu possa sentir o pulso das coisas, o rumo do vento e o resumo da minha própria história. Que bom que sou feita só das boas memórias e que relevo o que não lembro. Que bom que me sinto incompleta e assim sendo, visto uma disposição constante em construir algo que tantas vezes ainda não sei o que é. Que bom ter essa tranquilidade até quando algo me dói. Significa que to querendo exercitar as asas, ainda que meus medos estejam amarrando meus pés.

Lilian Vereza

ENSINAMENTOS DE KRISHNA

Ensinamentos de Krishna

Sattva: conhecimento, amor, paz, fortaleza, devoção ao dever, discernimento, veracidade, compaixão, memória, contentamento, generosidade, desapego, fé, modéstia, caridade, perdão.
Rajas: desejo, atividade, orgulho, cobiça, arrogância, busca de conforto, prazer dos sentidos, paixão por fama, zombaria, ostentação, agressividade, presunção.
Tamas: obscuridade mental, preguiça, ira, falta de compreensão, avareza, falsidade, crueldade, mendicância, fadiga, briga, tristeza, medo, inércia, lentidão, ciúme, inveja.

A caridade sátvica se faz como um dever, sem idéia de retribuição, no devido lugar e momento, à pessoa que a merece. A caridade rajásica é feita esperando recompensa, mérito ou de má vontade. A caridade tamásica é feito em momento inoportuno, em lugar indevido, a alguém que não merece, e com desprezo.


Eu sou a bondade dos bons. Sou o sabor das águas, o esplendor da lua e do sol, sou o sagrado OM dos Vedas, o som do espaço e o valor do homem. Sou a fragrância da terra, o brilho do fogo, a vida em todos os seres e a austeridade nos ascetas. Sou a semente eterna de todos os seres, sou a inteligência dos inteligentes e a valentia dos valentes. Sou a força dos fortes. Sou a prosperidade dos futuros ricos; entre as qualidades femininas sou a beleza, a fama e a abundância, a clara dicção, a memória, a inteligência, a fortaleza e a clemência.

Quem mantém uma esposa adúltera, ou um corpo dominado por outra pessoa, ou um filho malvado, ou riquezas que não reparte entre gente meritória, ou um falar em que nunca se Me menciona, sofre desgraça após desgraça.

Temperamento divino: constância, sacrifício, não-ferir, austeridade, não-aborrecer-se, abnegação, calma, não caluniar, delicadeza, ausência de leviandade, intrepidez.
Temperamento demoníaco: vaidade, aborrecimento, vulgaridade, ignorância, luxúria, concupiscência, insolência.
O céu é o surgimento de sattva na mente. O inferno é o surgimento de tamas na mente. O verdadeiro rico é o rico em virtudes. O pobre é aquele que está descontente. Mesquinho é quem não domina os sentidos. Nobre é quem não se apega aos objetos.