segunda-feira, 30 de maio de 2016

O NONO PORTAL,EGRÉGORAS E INICIAÇÃO



O nono portal, egrégoras e iniciação

Hermes e sua correspondência ao número 9 representa a verdade completa, a iniciação a perfeição. É por isso que é emprego como signo hieroglífico da alta potencia intelectual e moral no fim do lituus(bastão) pontifical e do cajado dos bispos.

Nove representa, tambem, aquilo que a igreja cristã chama a circuminsessão de pessoas divinas, ou seja "circum in sessio", propriedade de residir em volta umas das outras e umas nas outras, sem confusão de noções. O nono Arcano diz respeito ao processo da Iniciação (baptismo pelo fogo), isto é, a expansão das forças internas do ser humano através da aceleração do processo evolutivo.

A ceremônia da Iniciação Esotérica corresponde à tradição da Egrégora da corrente na qual o Iniciado é recebido. Seu ritmo é harmonizado com o da corrente, ou melhor, é incluido nele. Nas correntes em contacto estreito com suas Egrégoras no plano superior, a Iniciação é a transmissão, em nome da hierarquia egregórica, de um determinado grau de força espiritual e mágico ao Iniciado.

Nessas condições, pela lei oculta, os símbolos adequados e seu uso correcto poem em actividade as forças reais que esses simbolos representam. A força recebida pelo Iniciado provém, por via de transmissão directa, dos criadores de determinada Egrégora. A Iniciação é real somente quando a Egrégora continua a possuir seu poder espiritual e mágico, patente nos 3 planos de manifestação.

O setenário segundo Alphonse Louis Constant. " O selo de Hermes reune as principais propriedades do setenário; ele indica sua composição, exprime hieroglificamente a essência e as transformações da substância universal. Tudo é quatro de três na luz e na vida. O cíclo do movimento perfeito é três de quatro ou quatro de três; aí está a quadratura do círculo; aí está também a pedra dos filósofos, figurada nos símbolos maçônicos pela pedra cúbica, composta por seis quadrados e quatro triângulos.

É o que dá a cruz do templo e a cruz latina. A cruz do templo dobra-se em pirâmide e coroa por esta imágem do princípio divino e do fogo, as seis faces do cubo como o tetragrama unido aos seis dias de Bereschith dá dez e não significa senão sete.

Pode-se sobre essas duas cruzes escrever os nomes dos Sefiras. Assim estabelece incisivamente o setenário, que é o número do repouso, isto é, da estabelidade. Quando se diz que Deus repousa é para exprimir a perfeição do trabalho da natureza que, uma vez constituida sobre o setenário, parece não deixar a seu autor nada por fazer". Lembrem-se que o setenário fala das causas secundárias isto é dos astros.

Fonte:http://portalesdoceu.blogspot.com.br/2010/11/o-nono-portal-egregoras-e-iniciacao.html

Aprofundando mais no portal 9

O número 9 resume e figura toda a sabedoria dos Arcanos do Tarô representado por um ancião e onde se apresenta na sua fronte o sígno sagrado Iod num duplo círculo. Numa mão ele segura uma lanterna que simboliza a luz preservada e oculta.

Na outra mão ele tem um bastão que por sua vez é sinal de apoio na descoberta de terra firme. O manto que envolve o sábio representa a descrição e a prudência. Toda a apresentação da lâmina 9 contrasta com a lâmina 21/0 (Mate) e de certa forma opõe-se a ela. O número 9 é Yesod, fundamento e princípio da existência.

Netzah e Hod neutralizam-se por baixo, na sefira Yesod. A coluna Adâmica transmite a Yesod, através de Netzah, a lei da hierarquia (18). A coluna Angélica transmite a Yesod, através de Hod, a permanência da essência (20), independentemente das mutações do tempo e da forma. Yesod recebe o influxo de três canais: (18-15-20).

A soma dos seus números produz 8, o que significa que a forma ideal deve ser equilibrada de acordo com a lei. Encontramos no Arcano de Hermes o ternário em toda a sua extensão. Yesod tb é fundamento ou base da verdade, pois trata-se de um triplo silogismo em três termos equilibrados e equilibrantes uns nos outros. É deste modo que a segunda proposição do silogismo e a conclusão estão contidos na primeira proposição e assim os outros termos.

Encontramos igualmente o acordo da razão e da autoridade do pentagrama na expressão do número 9. Tudo emerge dessa raíz fecunda, a natureza ordenada pelos números dá aínda três para representar o ser humano, a materia por ele dominada, cujas modificações e produções estão contidas nos três reinos. A luz assim é três vezes triplo, nomeadamente luz de Gloria em Atziluth, em Briah e Yetsirah; luz de vida universal, astral e magnética; luz visível celeste, terreste e ígnea. São esses os mistérios de Yesod e que podemos achar em tudo aquilo que possui em si a lei do ternário.

Arcano 9 : " Lux Oculta" - Grande Arcano da Magia


Teth de valor numérico 9 tem a sua correspondencia zodiacal no signo de . O Sol, planeta regente de Leão indica a natureza solar, ativa, da iniciação com forte cobertura dos Mestres Ancestrais, pela força criadora também de Oxalá. A lanterna presente na imágem da lâmina 9 é cúbica.
As três chamas da lanterna indicam a iniciação nos três planos (Mental, Astral, Físico).

As chamas representam aquilo que simboliza a letra Shin (Mate). O manto do velho com as suas dobras revela o isolamento nesses mesmos planos. O bastão sinal de prudência tem três nós (em algumas representações) que evidenciem o triplo apoio, e daí o primeiro título do Arcano: "Protectores"

A idade avançada do peregrino demonstra de que somente o homem que superou a tempestade das paixões, a busca da felizidade pessoal e as ambições terrestes pode dedicar-se aos aspectos inerentes do Arcano. O indivíduo (1) que age de forma equilibrada no meio ambiente segundo a lei natural (8) torna-se sábio 9.

A substância (Binários) manejada (neutralizados) pelo vencedor (de si mesmo) = 9 Hermes Mercurio,T, com movimento, do elemento Ar e da criação da vida de Yori. A Metafísica ou Ciência da Criação (3) é colocada antes da escolha do caminho a seguir (6) = 9 Mago Branco/ Mago Negro. Os magos negros agem por cima da luz cubica que há neste poderoso arcano quando ele tá fluindo pela energia mais densa geralmente ligada ao passado, de Saturno e Yorimá. Aliás, esse é o papel de Yorimá nesse portal, o de fazer com que as pessoas se libertem e aprendam a filtrar o que há de bom em seus caminhos.
Elevar-se do plano elementar (Mundo Físico) (4) ao plano astral (Mundo Éspiritual) (5) leva à Iniciação 9. Para só depois, girar a roda do destino no portal 10.

Fonte: http://portalesdoceu.blogspot.com.br/


MEDIUNIDADE : A COMUNICAÇÃO VERDADEIRA COM OS ESPÍRITOS

Mediunidade: a comunicação verdadeira com os espíritos

Orientações espirituais do Astral Superior

terça-feira, 19 de janeiro de 2016


O trabalho dos espíritos na Umbanda, Candomblé ou qualquer outro seguimento espiritualista, provoca reações muitas vezes extremas, radicais, intolerantes ou distorcidas. Para uns, é tudo coisa do Diabo. Esse conceito ou preconceito, gerando por estigmas, lançados pelas religiões dominantes que sempre perseguiram os espiritualistas. A Igreja Católica, Judaísmo Ortodoxo ou Islamismo, sempre foram pouco tolerantes com quem busca contato com o mundo metafísico. Mesmo que suas bases venham de contatos mediúnicos. Segundo contam Maomé teve contato com o Anjo Gabriel, da mesma forma que teria sido o mesmo anjo que anunciou a vinda do Messias. Também, teria Moisés e outros patriarcas contato com anjos e orientações vindas do plano espiritual. No entanto, para os intolerantes que sempre tentaram se apossar de Deus e dos conhecimentos, só a sua religião seria verdadeira e as demais não passariam de alucinações. Para os radicais das religiões patriarcais, o contato de seus anciões e patriarcas, seria por ordem divina e com Deus, mas, a fé de outras religiões, seriam coisas malignas ou fantasia!

Essa é a forma que age as pessoas cheias de vaidade religiosa, que é uma das piores vaidades. Assim, para as pessoas radicais, só "o meu Deus existe o deles não". Para essas pessoas intolerantes tudo na religião deles é verdade irrefutável mas, a filosofia e conhecimento dos outros é apenas enganação. E assim, vão se passando as eras, com o povo dividindo. Dividir o povo do mundo inteiro é o principal plano do Mal, dividir para governar. Hoje, abre-se uma igreja em cada esquina, com cada um querendo pregar a seu jeito e sem união. Mas, desde tempos imemoriais, que o homem se desentende e se divide. Tudo por vaidade, egoísmo.

 

Podemos ler uma passagem interessante, mesmo nos evangelhos, quando discípulos de Jesus, discutem sobre quem seria mais importante, quando Jesus responde que os primeiros serão os últimos e os últimos serão os primeiros. Isso porque Jesus percebeu ali entre seus discípulos a vaidade tomando conta de ambos e gerando uma cisma. E isso acontece todos os dias, em todos os lugares e em todas as crenças. Sempre tem os líderes religiosos que se acham mais importantes, mais santos, mais poderosos e mais inteligentes que os demais. Vemos fiéis enchendo a boca pra dizer "o meu Deus", como se ele tivesse se apossado da Divindade e os outros fossem apenas uma "ralé pagã". Vemos fanáticos, gritando na TV e na mídia em geral, que só será salvo quem aceita Jesus e que já aceitou. Assim, já se consideram santos, salvos e melhores que os demais. Como se aceitar Jesus fosse a chave de tudo. Na verdade, mesmo para os cristãos, não basta apenas "aceitar Jesus", o mais importante é saber se Jesus aceitou o coração de quem se diz "santificado".

Vemos muita gente hoje em dia, se dizendo cristão, mas, ignorando o que o Cristo disse ao jovem rico "ide, vende tudo o que tem e dá aos pobres...". Mas, o que vemos é o contrário. São pessoas citando enriquecimento, ganância, vaidade religiosa e se julgando acima dos outros. Esquecem-se quando Jesus disse: "meu Reino não é desse mundo" ou "juntai tesouros no céu". Enfim, as pessoas tendem a interpretar as coisas de forma que fique dentro de um contexto de favorecimento e que lhe deixe confortável.

E muitos exclamam, "Jesus aceita todo mundo, nós é que temos que aceitá-lo". Sim, Jesus, Deus, os Anjos, os Orixás, qualquer divindade sagrada, está de braços abertos a receber um coração puro, bondoso e desapegado. Mas, você pode se auto julgar? Pode se autoavaliar, como sendo uma pessoa boa ou que se arrependimento é verdadeiro, pleno e seu pedido de perdão foi aceito tão fácil? Só o Criador pesa os corações e julga conforme nossos merecimentos e bondade divina! Só ele diz se aceitou nosso pedido de perdão. Não são pastores ou padres que nos santificam só porque compramos uma Bíblia, passamos a vestir roupas sociais ou gritamos de olho fechado nas igrejas. A verdade é que a espiritualidade é muito mais complexa.

Cada quem vem com um destino a cumprir. Como a Bíblia nos mostra, o Ifá nos mostra, a astrologia nos mostra! Vemos que Moisés, Sansão, Davi, Salomão ou o próprio Cristo não puderam se desviar de seu destino. Pelo contrário, tiveram que trabalhar pra cumprir sua missão até o fim. E quando fraquejaram como Sansão, Davi ou Salomão, o destino e o Criador os puniram! Não está na nossa escolha, na nossa vontade e na nossa vaidade, dizer se fomos ou não aceitos por Deus. Não é uma regra, apenas ler a Bíblia, pagar dízimos e orar nas igrejas, pra sanar nosso carma não! Cada pessoa veio fazer algo importante e que já está acordado no plano espiritual. Não pense que pastor, padre ou pai de santo pode livrá-lo de seu destino e missão não! Ele pode apenas confortá-lo, ajudá-lo, orientá-lo, enviar a você uma força espiritual, mas, não pode livrá-lo de sua missão. Não é apenas orar, orar e se dizer crente que resolve seu destino ou lhe dará o perdão não.

Tem um montão de depoimentos invocados e exaltados, contando um passado sombrio e que de repente como num passe de mágica, só porque se batizou ou comprou uma Bíblia, parece que tudo foi apagado. Mas, não é assim não. Deus é um Deus acima de tudo de justiça. O amor, não tem força sem a justiça. Por isso, lemos no livro das revelações, que "o sangue dos mártires e santos, clamam por justiça". Assim, se você é um assassino ou cometeu diversos crimes, não é só pedir perdão e começar a orar, que vai zerar todo seu passado e pecados não! Claro que Deus perdão, quer todos os filhos ao lado dele, mas, tudo há um preço. E assim é que o carma é visto pelas sociedades antigas, ou seja, tem que cumprir algo para se libertar do carma! Imagina ai se o cara é traficante, passa a vida toda, matando, roubando, sequestrando, estuprando, matando pessoas por meio das drogas... mas, de repente, compra uma Bíblia, monta uma igreja e passa a orar e professar o evangelho! Isso será grandioso, um resgate e louvável, mas, não quer dizer propriamente que ele está perdoado! Isso só Deus, vai julgar e sendo justo, alguma pena poderá ter! Encarnações deverão ser estipuladas.

Bem, mas, voltando a questão da ação dos espíritos, uma pergunta que sempre recebo por email é: os espíritos sabem de tudo e podem me responder o que eu perguntar? Infelizmente o que vemos hoje em dia em grande maioria dos terreiros, são pessoas acreditando nisso. Tem pessoas que não saem dos pés das entidades querendo respostas pra tudo. Muitas até se pautam pelo que as entidades falam pra julgar os outros, pra tentar adivinhar o que os outros estão fazendo e tiram conclusões do que os espíritos dizem, como se fossem verdade absoluta! Porém é mais um engano, que permeiam o espiritualismo.

 

A verdade é que os espíritos, nem mesmo os orixás ou anjos, sabem tanto assim. Eles também tem limites, respeitam a ordem divina e não podem revelar tudo. Espíritos metidos a adivinhões nos terreiros ou centros espíritas, se afastem deles. Suspeitem de espíritos falastrões e sem prudência, pois certamente podem ser espíritos enganadores. É evidente que os anjos, orixás e guias, sabem mais do que nós, pois vem de outras dimesões mais elevadas e tem sentidos mais fortes que os nossos, pois estamos limitados pela matéria. Mas, cada espírito vem de um lugar, tem uma função específica e não são bisbilhoteiros ou anarquistas do astral. Eles sabem que não podem intervir. Por isso, não arme bagunças, achando que tudo poderá ser resolvido por anjos ancorados ou orixás, só porque você levou um prato de farofa numa encruzilhada ou cachoeira.

Nós evocamos ou invocamos um anjo, orixá ou espírito, mas, não quer dizer que nossos pedidos e orações serão atendidas não. Tudo será julgado conforme as leis, o carma e merecimentos. Não é só porque você faz uma novena que será atendido não. Como vimos, Jesus pediu se seria possível afastar o cálice do sofrimento, mas, teve que cumprir sua missão. Ou seja, temos coisas a cumprir que os espíritos não podem revogar! Por isso, pessoas inescrupulosas e gananciosas que vivem de amarrações e feitiços que mexem com o destino dos outros, em algum momento pagarão um preço caro.

É evidente que tem espíritos que sabem mais que outros, que são mais fortes que outros, assim como tem orixás mais potentes que outros. Mas, todos respeitam as leis da vida e do astral. Não são fantoches pra obedecer a nossos desejos ou propinas em forma de oferendas! Tem que haver uma conexão e não um suborno ou escravidão, nem de lá pra cá, nem daqui pra lá! Além disso, anjos, orixás ou guias de luz, não vem pra falar de coisas mesquinhas, contar sobre chifres, a vida do vizinho, do chefe ou como agarrar a pessoa amada. Esses espíritos elevados, vem pra revelar doutrinas, profetizar, orientar a raça humana para viver com mais luz a era atual. Eles não vem a terra pra vender consultas e sim pra orientar.

Mas, e quanto a questão dos guias de oraculistas que fazem consultas. Bem, ai, o astral fala de forma inconsciente, de forma astral ou mediúnica, mas, indiretamente, dando força, amplificando os dons e trazendo revelações, por meio dos códigos que podem orientar direções a alma, mas, não, pra responder o que queremos e sim o que precisamos. Todo médium tem cobertura astral, mas, não pra obedecer a desejos mesquinhos e sim pra tentar resgatar e doutrinar as almas de volta a luz. Por isso, um bom astrólogo, tarólogo, babalaô ou oraculista de qualquer tipo, tem o dever de sempre falar a verdade.

Se os búzios não abre, se não consegue identificar a leitura do signo ou qualquer outra análise, não custa nada dizer a verdade e dispensar o cliente. Jamais mentir! Mande voltar outra hora ou dispense de vez se perceber que os intentos são egoístas e mesquinhos.   Eu mesmo deixo de ganhar muito dinheiro, pois dispenso a maioria dos clientes que me procuram, pois se percebo que é apenas curiosidade, deboche o ambição por conhecimentos que serão usados incorretamente, eu me nego a fazer o mapa. Também quando percebo que a pessoa questiona demais, é incrédula demais e quer apenas testar ou quer advinhar algo que não está no alcance do que ela deveria saber, também eu dispenso. É de fundamental importância que nós filtremos e nos desviemos de pessoas que querem adentrar um mundo apenas por curiosidade.

 

Também essa história de que todo mundo pode aprender astrologia, tarô, búzios, numerologia, runas ou magia, é balela. Quem não tem dom, jamais poderá trilhar esses caminhos. Pode até fazer cursinhos, comprar livros, desenvolver um método, mas, estará trilhando um caminho perigoso. Cada pessoa que tem esse dom, já vem escolhido pelo astral, jamais vai fazer por hobby ou só pra faturar, como muitos fazem. Outra coisa inconsequente é ver alguém numa mesa, jogando diversos tipos de oráculos. Outro dia, vi um consultor, jogando baralho cigano, tarô e búzios, tudo em sequência. E ainda falando de astrologia. É um desrespeito aos sistemas oraculares, a espiritualidade e ao Astral. Cada oráculo requer um tempo, requer respeito, requer uma aplicação separada e apropriada.

O consultor pode até usar diversos oráculos numa análise, eu mesmo o faço, quando faço um mapa completo de uma pessoa, mas, faço sozinho e não na presença do cliente, que está ali emanando medos, energia e desconfianças. Fazemos, com calma, sozinhos e com respeito. Quem mistura muitas energias, não tem energia certa e bagunça todo sistema. Devemos evitar banalizar as artes divinatórias, pois são coisas profundas e sérias.

É claro que os vendedores de cursos, vão sempre defender que qualquer um pode estudar isso ou aquilo, mas, não é verdade. Depende sim de vocação, não apenas de decorar simbologia ou interpretações. Por isso, muitos se ferram, ao adentrar um mundo tão oculto e complexo como o da divinação, sem iniciação e sem pratica ritualística. A pessoa não pode por exemplo, chegar numa casa de Umbanda e comprar um punhado de búzio e achar que pode jogar, como se fosse um babalaô! Sem saber qual é seu orixá, o que seus guias acham disso ou o que poderá atrair pra si. Por isso, muitos enlouquecem ou caem em crises graves. Vemos que na Cabala há essa mesma advertência. Prudência é tudo! Lidar com o inconsciente e com pessoas não é fácil.

Como ocorre a comunicação entre encarnados e desencarnados, como identificar uma comunicação verdadeira de uma falsa e quais os problemas que podem surgir nessas ocasiões de contato são apenas algumas das perguntas importantes a serem consideradas quando se fala de comunicação com o mundo dos espíritos. Bem, quando indaga-se isso, adeptos do espiritismo ou cultos afrobrasileiros, dificilmente algum vai admitir que não tem certeza. A grande maioria vai dizer que tem axé, que seu guia é fulano de tal e que tem certeza, pois o que a entidade falou bateu com os acontecimentos de sua vida ou com suas características. No entanto, é apenas um engano. Uma entidade não é identificada como sincera ou verdadeira só por que define bem nossa vida ou características. Assim como vimos no ato dos apóstolos um espírito que adivinhava tudo e que foi expulso pelos apóstolos, muitos espíritos, sabem muito bem o que pensamos, alguns até conseguem ler nosso subconsciente, pois eles tem contato maior também com o inconsciente coletivo. Então muitas entidades estão apenas interpretando nossos desejos, falando aquilo que queremos ouvir pra nos cativar. E assim muitos caem nessas armadilhas.

Como eu já afirmei em outros posts anteriores, entidades evoluídas, não ficam interferindo na vida das pessoas, nem revelando coisas veladas, como se fossem uma coluna de fofocas. Uma entidade séria, não fica falando da vida dessa ou daquela pessoa, em primeiro lugar, porque a lei da privacidade é uma das leis mais poderosas do universo, por isso, a privacidade e mistérios de Deus, são impenetráveis. Não vá questionar uma entidade, como fez o Rei Saul, pra saber de coisas mesquinhas, perguntar sobre namorado e querer descobrir a vida privada das pessoas. As entidades que se prestam a este papel, geralmente não são evoluídas e nem iluminadas. É por existir regras, que os oráculos surgiram. Pois eles penetram os mistérios, por meio do poder do acaso e dos elementos sagrados. Não são as entidades autorizadas a desvelar mistérios selados. Mesmo anjos e orixás, precisam obedecer as regras.

Perceba que mesmo os grandes babalaôs precisam dos oráculos. Eles não ficam o tempo todo abusando as entidades. E mesmo os oráculos, tem que ter regras de uso. Nenhum sacerdote fica repetindo perguntas, fazendo consultoria gananciosa ou usando diariamente. Todos obedecem a ética e regras rígidas. Para Kardec, Deus deu a mediunidade aos seres humanos para que eles penetrassem no mundo invisível estabelecendo, dessa forma, o contato com os espíritos. Isso, no entanto, só pode ser realizado por aqueles médiuns com capacidades acentuadas, sendo eles os responsáveis pelo contato entre o mundo dos encarnados e o dos desencarnados.

 

E, apesar de existirem várias formas de se estabelecer esse contato, também é preciso tomar alguns cuidados, uma vez que podem surgir problemas. O que, hoje em dia, pode parecer uma afirmação óbvia para qualquer um que estude parapsicologia, foi comprovado apenas cerca de 70 anos depois com as pesquisas do cientista norte-americano, J.B. Rhine, da Universidade de Duke, provando estatisticamente que as capacidades mentais, chamadas mediúnicas, estão presentes em larga escala da população, em maior ou menor grau.Em O Livro dos Médiuns (1861), Allan Kardec diz que toda pessoa que sente a influência dos espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Trata-se de uma faculdade inerente ao ser humano e, por isso mesmo, não é um privilégio. “Pode se dizer”, ele explica, “que todos são mais ou menos médiuns”.

Os fenômenos estão ligados ao tipo de efeito que também varia de um médium para outro. Kardec ofereceu uma classificação que inclui médiuns de efeitos físicos; médiuns sensitivos; auditivos; falantes; videntes; sonâmbulos; curadores; pneumatógrafos (ou voz direta); psicógrafos. A comunicação com os espíritos pode ocorrer de várias formas. As mais conhecidas são a psicografia, a psicofonia, a intuição, a inspiração, a premonição e a audiência, entre outras. No entanto, como explica Aluney Elferr, todas as comunicações se realizam por meio do perispírito. “Ele é o agente intermediador de todas as manifestações mediúnicas, posto que o espírito não pode agir sozinho sobre a matéria”.

“Kardec disse que o espírito, por mais inteligente que seja e esteja tentando enganar uma pessoa, em algum momento acabará se traindo e demonstrando que aquela não é uma comunicação verdadeira. Porém, há apenas duas pessoas que têm condições de identificar uma comunicação: o médium e o público que está ouvindo”. Porém sabemos bem que espíritos enganadores, arteiros e que não liga muito pra cumprir as regras, também dão uma sensação maior de poder ou respostas a alguns médiuns que estejam dominados por desejos mundanos. Por isso, muitas vezes, fingem, ajudam a entidade a enganar e abusam desses espíritos ou se deixam abusar, pra conseguirem coisas que outros espíritos mais iluminados não lhes dariam. E isso ocorre muito nos cultos afrobrasileiros, em especial, do lado da Esquerda.

Para Aluney, “o reconhecimento se dá através de constantes verificações e vigília”. Ele explica que, depois de um tempo, o médium treinado ou educado passa a ter segurança e começa a se conhecer melhor a conhecer as comunicações. “Mas não pensemos que isso ocorre de um dia para outro”, ele prossegue. “Sempre é possível ver médiuns com essas dúvidas, e então o melhor é recorrer à prece e ao amigo espiritual para nos ajudar. Mas somente o treino constante e a boa educação mediúnica nos farão, um dia, sermos médiuns bons, ou bons médiuns”. E alguns médiuns, mais famosos, que vendem cursos, em especial de terapias que estão na moda como apometria ou projeciologia, costumam afirmar que quanto mais preparado espiritualmente o médium estiver, maior será o seu discernimento a respeito das mensagens que recebe. Pode ser! Mas, a questão é sobre esse tal "preparo". Quem pode ser autoavaliar "preparado". Preparado em que, no que? Especialmente, alguns seguimentos espiritualistas, que não tem iniciação, não tem simbolismo, não tem rituais e apenas, "vigílias" como dizem eles ou meditações! E assistência do plano espiritual, continua sendo identificável, pois não basta os sentidos mediúnicos, ver, ouvir ou sentir os espíritos, jamais, vai poder identificar profundamente aquela entidade! Mesmo Kardec,que foi o maior pesquisador e que escreveu como se tudo que lhe passaram fosse verdade absoluta, teve que recorrer a terceiros, outras médiuns que tinha a sensibilidade de se comunicar, ou seja, ele não pode garantir nada, apenas acreditar. Por isso que os grandes sacerdotes do culto ao orixá, como por exemplo os babalaôs iorubás, é precisa consultar o sagrado Ifá. Até mesmo os levitas hebreus, tinha seu oráculo, que era usado no templo, pois não se pode incomodar as divindades toda hora!

 

Por isso é necessário o aprofundamento do médium nos estudos espirituais sérios. A medida que for progredindo em seus estudos, e baseado em sentimentos elevados, suas percepções se ampliarão, e aí a identificação da procedência espiritual será clara e precisa. E esse aprofundamento, se dá por intensos estudos, meditação e busca, mas, acima de tudo, por iniciações, cumprimento de missões espirituais, do carma e da elevação mental. O orixá vai trazendo luz, o Orí vai se revelando, o axé vai firmando e não fica-se apenas no campo das energias imagináveis ou flutuantes. Com os anjos da mesma forma, a Cabala nos ensina e nos ajuda a sincronizar com as energias divinas criadoras. No Budismo também vamos tornando mais adaptados ao carma, aos elementos sagrados e e florescendo signos dentro de nós. Uma pessoa do elemento terra por exemplo e de signo chinês mais materialista, jamais será um canal sensível de contato com o sagrado, como por exemplo, um de elemento fogo e de animal mais místico, como por exemplo o Dragão, o Carneiro ou o Galo.

 

A MELHOR COMUNICAÇÃO É aquela em que há um bom entrosamento e afinidade entre o espírito e o médium. Após o término de uma comunicação recebida por meio de um bom médium, há uma elevação do seu nível vibratório. Às vezes, não permanece por muito tempo, mas se no caso for um espírito superior que está presente, consegue elevar as vibrações a ponto de manter no médium esse equilíbrio. Porém, essas entidades bem alinhadas, não vem pra falar da vida de ninguém, apenas pra orientar por um crescimento espiritual. Essa história de ficar também de cada em casa, querendo falar com um ente querido que se foi, é algo perigoso e muitas vezes enganador, por isso cuidado sempre! Eu não duvido que os espíritos voltem pra se comunicar, caso seu carma exija isso. Mas, tudo tem regras, excepcionalidades e não acontece de forma banal. Tudo tem um por quê e pra quê, não depende apenas da vontade do vivo.

Quando o médium vai incorporar, para que o Orixá/Entidade se aproxime, o anjo de guarda permite a passagem para ocorrer a incorporação. Quando o Orixá/Entidade está incorporado no médium, o anjo da guarda permanece ao lado, pois o médium está protegido por energias do Orixá ou Entidade que está ali. Quando há o processo de desincorporação, o Anjo da Guarda se aproxima mais, para manter o equilíbrio do médium. O seu anjo da guarda, sempre anda com você em qualquer lugar que você esteja, pronto a lhe proteger; embora você não o veja. Portanto, os médiuns devem ficar atentos para não oferecer resistência na hora da desincorporação desse Orixá/Entidade, pois existe uma hora certa em que o Orixá deve deixar a matéria e o anjo da guarda se aproximar, não deixando a matéria desprotegida.

Axé a todos e Shalom

Carlinhos Lima


ANJOS GUARDIÕES E AS ENERGIAS DA VIDA

Anjo Guardião e as energias da vida

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013


"Então, ele expulsou o homem:. E pôs ao oriente do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se revolvia, para guardar o caminho da Árvore da Vida" Gênesis 3:24

Muita gente, a meu ver, cegas, não acreditam em anjos! Cegas! Como assim, quem vê eles? Não estou falando em ver os anjos propriamente, mas, em crer, sentir, ter noção de que forças auxiliadoras atuam sob e por nós. Eu acredito desde a infância e já tive prova real de seus auxílios em minha vida. E acredito tanto em anjo que não creio apenas nos seres espirituais que agem pelas falanges e hierarquias celestes. Creio que Deus envia-nos mensageiros, seres importantes que nos acompanhavam no paraíso e que retornaram pra no mínimo nos fazer companhia! Cães, gatos ou outros bichinhos iluminados, cheios de energia positiva, pode ser a representação de nosso anjo guardião, pra nos ver e nos proteger dia e noite...

Espírito que se incumbe da tarefa de amparar um outro espírito na etapa encarnatória - todas as pessoas possuem um. Geralmente, são designados os espíritos afins_e_simpáticos para estabelecerem tal relação. Um guia espiritual é, via de regra, um espírito mais evoluído que o seu protegido. Não raro, se vêem mães guiando filhos ou maridos guiando esposas, e assim por diante. Um guia acompanha o seu protegido oferecendo apoio num momento de sofrimento, esclarecimento numa hora de dúvida, ajuda num instante de perigo, etc. As pessoas, mesmo sem perceber, estão submetidas à influência benévola desse guia constantemente e, ao mínimo pensamento feito a ele, o bondoso espírito se faz presente e exerce sua tarefa caridosa e despretensiosa.  Anjos da Guarda são enviados por Deus para nos proteger. Uma vez que aprendemos a reconhecer a sua presença e os sinais que eles enviam o nosso caminho, percebemos como estamos apoiados. Nós não estamos sozinhos.

Um guia está profundamente ligado a seu protegido por motivos de afinidade_espiritual e sempre executa sua missão com um sentimento espontâneo de ajuda, porquanto essa ajuda também significa o seu próprio_desenvolvimento_e_evolução. Essa terminologia de "anjo da guarda", utilizada seriamente por outras religiões, pode ser tomada "emprestada" pelo Espiritismo, pois se enquadra perfeitamente para esse espírito missionário: consiste no amigo constante e amoroso que Deus proporciona a todos os encarnados na difícil etapa carnal - é comumente também chamado de "protetor espiritual" ou de "mentor espiritual".

Para beneficiar da presença do nosso anjo, nós temos que ser aberto. Rav Ashlag diz-nos que não ignorando as mensagens de nosso Anjo é como andar com os olhos vendados em uma sala cheia de obstáculos. O Zohar é o guia que nos leva através da pista de obstáculos da vida, é o nosso anjo da última e mais verdadeiro. Há coisas que podemos fazer, como a digitalização e estudando o Zohar e recitar a meditação Ana Becoach, para nos ajudar a conectar com nossos guias angélicos para que possamos receber suas mensagens com clareza.

A mente divina de Deus, o Absoluto, ou em hebraico o Ain Soph Aur (Limitless Light), através de uma série de expansões e contrações estabelece os limites da Criação. O primeiro mundo é o mais sutil, e mais próximo do estado original de não-existência, e é Atzilooth. Isso é chamado o mundo do fogo, por causa da natureza animada, indefinida e quase incontrolável de fogo. Em seguida é Briah, ou o Mundo dos Arquétipos e formas como a nossa mente humana pode compreendê-las. É simbolizado como a World de Ar, e é o resultado de um mundo barreira que é formada pela criação do próximo Mundial, Yetzirá, ou água. Este é o mundo altamente psíquico e emocionalmente carregado imediatamente atrás do véu da existência material, ou Assiah. Também conhecido como o Mundial da Terra, por causa da natureza sólida e concreta da vida material.

Para o alquimista, em algum lugar entre o terceiro e o quarto nível, ou esfera de criação, a energia assume a característica que permitirá a formação da matéria em algum estado futuro, ou nível dez. Essa energia é chamada Prima Materia, Caos na Bíblia, Spiritus Mundi (Espírito da Terra), e outros. Aqui, a dualidade se completa, e existe a polaridade genuíno, ao invés de simplesmente o potencial, ou a ideia, de polaridade que existia anteriormente. Energia é dividido em modos ativo e passivo, com a energia ativa constituindo as energias da vida, e o passivo a energia da matéria. Em "A Corrente Dourada de Homero", a energia ativa é chamado Niter ea energia passiva é chamado de sal.

Se a energia sobe para o topo da cabeça, em seguida, torna-se possível trabalhar diretamente na Energia Vital dentro do corpo, e usá-lo, como um meio de melhorar a experiência psíquica e despertar espiritual. E como resultado da supressão da Energia Vital do corpo físico, pode criar uma condição que se manifesta de várias formas: -Alguns percebem a luz brilhante como um anjo, seu Eu Superior, ou "Santo Anjo da Guarda", outros como um mestre espiritual. Projeção astral pode resultar, juntamente com a percepção das imediações.

"O coração cingido com uma serpente é o meu nome!" - Oráculos Caldeus

 O sal é um símbolo da sabedoria e da aprendizagem. Saturno, é associado com Ouroboros , a Grande Serpente que morde a sua cauda, ​​simbólica da limitação. Como tal, está intimamente ligada com a terra, mas também toda a criação material, e as coisas que fazem fronteira com o não-ser, ou Eternidade. Em um manuscrito do século 15, a serpente é feita de duas cores, vermelho e verde. Red está fora e verde está dentro. Verde, a cor da Natureza e de Vênus, é o início do trabalho. Vermelho, a cor da pedra, e Marte, é o fim da Obra. "Sapiens dominabitur Astris." Os sábios exercerão domínio sobre as estrelas. À medida que corrigir os desequilíbrios astrológicos (ou seja, centros psíquicos ou chakras) dentro de nós mesmos, as condições astrológicas fora têm menos de um efeito negativo sobre nós. Ganhamos o domínio sobre as forças 'estelares' e pode "fazer o sol brilhar em nosso oratório quando vamos assim."

O aluno do século XVII de Jakob Boehme, Gichtel colocado a espiral cósmica, ou "Roda da Natureza" dentro do corpo humano. Do JG Gichtel Theosophica Practica de 1898. Saturno é a coroa, Júpiter as sobrancelhas, Marte a garganta, Sol com uma serpente em torno dele, o coração, Vênus o fígado, o baço Mercúrio, Lua e os órgãos sexuais, em linha reta teosófica decente para baixo da árvore. É o coração com uma serpente que atrai nossa atenção. Aqui ele também coloca o elemento do fogo. Iniciados egípcios também eram chamados de escaravelhos porque eles empurravam o ovo de sua regeneração.

 Mysteria Magica, vol 3 A Filosofia Mágica: A sobrancelha incluídos no Pilar do Meio (chamado: Clavis Rei [1 ª Fórmula] O Rousing das Cidadelas) ea escala de cores varia de acordo com cada centro. Um uso adicional dos crescentes serpentes gêmeas do caduceu estão incluídas no final. A sobrancelha é atribuída a Saturno, e é dito para equilibrar o centro de Yesod, bem como adicionar o poder aos centros remanescentes no Pilar do Meio como a Golden Dawn e Aurem Solis apresentá-lo. Alquimicamente, Salt é derivado da união de Elemental da Terra e da Água Elemental (ou Assiah e Yetzirah), o Fogo Secreto está 'escondido' no Sal (corpo material) e representa as forças instintivas, inconscientes que buscam libertação. Às vezes é chamado de "Hellfire", em que, se não controlada, ou mal lançado, ele pode cheirar estragos no corpo e psique do aluno, por meio de seus efeitos purificadores. Isso é ilustrado pela 31 ª Path, ou Caminho do Fogo, por vezes confundido com "Purgatório" ou "Inferno" pela não-regenerados que passam por este caminho após a morte. Este caminho também está sob a direção de Mercúrio e Shin, os símbolos de orientação espiritual e evolução.

Para os interessados ​​em Notarikon , Shin compartilha o mesmo valor numérico, 300, como a frase em hebraico: "O Espírito do Deus vivo." "Eu vos batizo com água, para arrependimento, mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar; Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo." Mateus 3:11

A letra Shin é frequentemente usado em meditação como um símbolo da luz divina, a vida, o amor, ou a presença.Imagina-se acima da cabeça, apenas tocando a coroa, então dentro da própria cabeça (como é associada com a inteligência ea energia do sistema nervoso no Sepher Yetzirah ), descendo para o coração, e, finalmente, a expansão de lá para engolir o praticante em um mar de fogo. Porque ele é composto por três chamas Yods , ou línguas, às vezes é associado com as línguas de fogo de Pentecostes, e uma variedade de conceitos trinitários.

O termo Espírito Santo (Ruach Elohim) é derivado do Zend Avesta, ea frase, Spenta Mainyu, ou "Santo (Creative) Spirit". O poder criativo está implícito e não declarado no original, e parece estar perdido em traduções subseqüentes nas línguas modernas através de tradições judaicas e cristãs. Este Spenta Maiynu é uma purificação e regeneração de energia e inteligência com uma série cósmica de seis ou sete inteligência de sob seu comando.

Mathrem ou Mathra , literalmente, a palavra sagrada do poder ", que é a base para o desenvolvimento da prática de mantra na Índia e" Palavras de Poder "no Oriente Médio e no Egito. Manthrem ou Mathra é em si mesmo considerado o mantra supremo do qual todos os outros são derivados, da mesma forma como YHVH é a origem de todos os nomes hebraicos Divinas. Isso é mencionado porque na Pérsia e Babilônia, a convergência do que viria a se transformar em práticas esotéricas orientais e ocidentais semi-independentes é completa. Em um aspecto, pode-se dizer que a casa original do yoga, cabala, alquimia, magia e como nós os conhecemos. Arte e arquitetura do período mostra criaturas aladas familiares com a tradição judaica e egípcia, diagramas planetários, uma primeira versão da Árvore da Vida, e diversas variações do motivo da serpente entrelaçada.

Saturno está relacionado com Mercúrio em texto alquímico, e é dada a mesma sexualidade ambígua, ou androginia, e nomeou-o "Mercurius senex '. Em Tiphareth, o símbolo geométrico é os triângulos entrelaçados de água e fogo, ou a estrela de David. Quando expandido para conectar o Sephiroth planetário da Árvore (com Saturno sendo atribuído a Daath), o Triângulo da Água conecta as esferas de Marte, Júpiter e Luna. O Triângulo de Fogo conecta Saturno, Vênus e Mercúrio. Assim como Ouroboros é a energia cósmica (a serpente) limitando-se (Saturno), Vênus é a força criativa cósmica multiplicando-se na vida (sua natureza vegetativa) como um prisma divide a luz do sol. Mercúrio, como Saturno, em muitos aspectos, é andrógino, e controla o fogo da criação, direcionando-o na criação de Pedra Filosofal. Mercury detém os Caduceus, ou bastão alado com duas serpentes entrelaçadas em torno dele. As asas representam sublimação, as serpentes as forças básicas da criação. Não está atravessando os centros psíquicos, muitas vezes dadas como em número de sete, aqui representando as cores do espectro, além de branco (Vênus). Central para o diagrama é Sol, que é a força criativa cósmica que unificam, animar, e harmonizar a criação, e que podemos esperar para entrar em contato. É central, e dirige e controla todos os outros planetas, centros psíquicos, ou aspectos da energia cósmica. Ao entrar em contato o fogo do Sol, podemos abrir o fogo dos outros centros psíquicos (via Vênus), e direcionar mais facilmente a energia restritiva e iluminadora de Saturno, através dos poderes da mente, ou Mercúrio. Para compreender estes aspectos multifacetados dos planetas, especialmente Vênus e Mercúrio, é importante ter feito os Pathworkings até Tiphareth. Embora isso não seja necessário para a realização das técnicas mais tarde nesta monografia, que é uma ajuda para uma compreensão da parte teórica.

Vênus é a regeneração, força de vida sensual, ativo em sua forma vegetativa e inconsciente. Ele responde ao calor, luz e emoção. No Caminho do decente, Vênus divide os raios singulares do Sol em muitas facetas do espectro de cores, e como tal, pode nos levar a uma melhor compreensão da relação entre multiplicidade e unidade, os centros psíquicos e os planetas, e suas naturezas únicas. No Caminho da Subida, Vênus re-une as energias divergentes, tanto planetárias e pessoais (centros psíquicos) e harmoniza-la em uma força singular, embora ainda multi-colorido, até que ele retorne para o Sol como luz pura.

Mercúrio dá forma e significado às diversas energias feitas pelas ações de divisão de Vênus, e re-une forças como fundamentais, simbolizadas pelo Caduceus. Mercúrio é Psychopomp , ou Guia da Alma, e dirige as energias que Vênus representa. Uma vez que tanto Vênus e Mercúrio sentar na base dos pilares da Cabala, eles acessar o material, astral, e reinos mentais, e pode influenciar todos os três em algum grau. Na Descida, Mercúrio cria forma e estrutura, para o corpo, a mente, ou da alma, e na subida, Mercúrio ajuda a nos libertar das limitações da forma, sem esquecer as suas lições. A serpente é a força primordial ou energia, fogo e água sendo os dois princípio da criação, com o ar ea terra a segui-los. Porque ele derramou da pele, ele é visto como um símbolo da regeneração e renovação. Também é perigoso e mortal, pode ser encontrada frequentemente em papéis de "guardião" perto de nascentes ou água, bem como desertos. Quando controlado ou dominado, ele é visto como dominar uma poderosa e mortal, mas regeneração força, fundamental para a criação, ou, eventualmente, a partir do qual a criação veio.

Poder sexual, ligado ao nosso impulso inato para experiências místicas, também está ligada à evolução humana, e algum tipo de ponto ou estado predeterminado para o qual estão sendo direcionados. Este é um ponto importante, em que quase todas as sociedades ocidentais modernas doenças psicológicas estão focados em torno da repressão sexual e obsessão.

O abuso de drogas, álcool, e os extremos sexuais só piorar a condição em que eles inadvertidamente liberar o Fogo Secreto ao enfraquecer o corpo físico e sua ligação com o astral, prejudicando, assim, a subestrutura etérica e criar blocos de energia no final, em vez de diminuí-los , quando o corpo ea mente tentativa de fazer reparos. Um sistema nervoso danificado por abuso de substâncias torna um veículo complicado para a expressão clara, limpa e poderosa do Fogo Secreto. É através do nosso sistema nervoso (sob o domínio de Yesod-Luna) que nos envolvemos tanto no mundo físico, assim como fora o mundo interior. Ela liga o corpo (Malkuth) com a Mente-Intelecto (Hod), bem como os impulsos instintivos, criativos e sensuais (Netzach). Se ele estiver danificado, a nossa capacidade de relacionar-se totalmente, de forma criativa e produtiva a essas partes psyhco-físico-espiritual do nosso ser torna-se ameaçada de extinção. Se ele estiver danificado, então o nosso elo mais direto e importante para o nosso Santo Anjo da Guarda, e os meios de liberar o Fogo Secreto com segurança (via Tiphareth) está ameaçada nesta encarnação.

Yesod - ligação entre os Eus - Yesod senta-se montado a porta de entrada para o invisível, e é o repositório de tudo o que sobe e desce à manifestação. Ele representa vários elementos-chave de nosso ser, incluindo nosso sistema nervoso e do cérebro; centros psíquicos; anseios e desejos inconscientes, e locus de memória. Através de suas águas escuras e por vezes preocupantes, mas sempre poderosas, podemos entrar em contato direto com nosso Anjo da Guarda Santo em Tiphareth. Ao imaginar Yesod como um portal que reflete-se, bem como para baixo, podemos aprender a direcionar nossas energias psíquicas em qualquer direção. Dessa forma, Yesod é mais do que apenas uma porta que bater e espero que algo é jogado para fora a nós, mas ao contrário, é um portal que pode mover-se através e existir conscientemente. Embora grande parte desta expansão inicial terá lugar em estados de sonho, como sonho lúcido e projeção astral espontânea, eventualmente, um maior grau de controle vão surgir, em que a consciência é projetada intencionalmente e retorna com a memória cheia de suas experiências.

É através de dirigir e de purificação, até certo ponto os elementos, que podemos começar a voltar nossa atenção para dentro e ter a visão de nosso Eu Superior, ou Sagrado Anjo Guardião, que existe em Kether, comunicou-se com a Tiphareth, e reflete a nós em o subconsciente de Yesod. O ego, ou a imagem auto-criado de si em relação ao mundo material é completamente dominada por esses rituais e, através deles, podemos ajustar o nosso senso de si, para que possamos direcionar nossas energias para Auto. Quando isso é feito, não só pode conversar com o nosso Santo Guardião Anjo, mas perceber que nós e são uma ea mesma coisa.

Um ritual Vênus vai estimular os rins, os impulsos sexuais, e aumentar os senso de beleza, harmonia e expressão artística. Ele também irá adicionar poder de todos os centros psíquicos como resultado de Vênus 'efeito de prisma' em energia psíquica se dirigido corretamente, e aumentar o fluxo de amor para o coração. Assim, cada planeta tem seus efeitos específicos e gerais, bem como manifestações nos planos mentais, emocionais e materiais.À medida que aumentamos em consciência, e contatar mais conscientemente as várias esferas planetárias dentro de nós , eles vão aparecer para assumir uma existência quase objetiva. Nestes estados semi-objetivos, podemos contatar outros de uma vibração semelhante, ou se comunicar com os vários "seres" do mundo invisível. Estes mundos também têm graus de densidade, por conseguinte, o uso de atributos elementar no modo vertical de expressão.

Em algumas das declarações feitas sobre as experiências da kundalini em yoga, assim como as experiências místicas de outros esoteristas. Em kundalini, ou Fogo Secreto experiências, o aspirante muitas vezes fala de ser "um com a criação", ou ter a capacidade de olhar para dentro da natureza das coisas. Isto indicaria que os impulsos energéticos sendo liberados estão expandindo a consciência ao nível de Briah. Quando o nível final é alcançado, Atzilooth, tornamo-nos como o Enoch bíblico "que andou com Deus e não era mais".

Lembre-se, Saturno muitas vezes é dado como sinal para a matéria, e Vênus invertida como o signo para Antimônio, ou a Terra. Continue essa meditação por várias semanas, ou uma vez por semana, durante vários meses. Quinze a vinte minutos é tudo o que é necessário. Em um gráfico de acompanhamento, a ordem dos planetas é dada a partir de Saturno na base, a Luna no Crown, de forma cabalística reta, com uma escala de cores um pouco diferente do habitual: Amarelo e (Saturno) branco-prateada, azul pálido ( Júpiter), vermelho (Marte), verde (Sol), azul escuro / índigo (Vênus), laranja-amarelo (Mercúrio), violeta, opalescente prateado (Lua). Cada centro também está associado a um signo zodiacal, um selo sobre o grande livro, e um dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Os restantes cinco signos do zodíaco são atribuídos aos elementos e Espírito.

O problema apresentado pelo Livro das Revelações , é que, se ele representa um padrão de iniciação interior progressiva ligada à experiência última do Fogo Secreto, está escrito em um formato altamente simbólico. Muitas das chaves para estes símbolos podem ser muito local e período específico em sua origem, o que requer uma extensa pesquisa sobre uma rua era gnóstico do século, Christian, Merkavah e práticas iniciáticas greco-romanas. Cada esfera tem sua própria Tiphareth, ou seja Grande Estrela, unindo as esferas menores "dentro de uma esfera" na Árvore daquele nível particular. Assim, quando nos dirigimos a nossa atenção para a influência da harmonização de Tiphareth que afetam todos os planetas que toca. Quando dirigimos nossa atenção para o Triângulo de Fogo de Tiphereth, afetamos o aspecto Fogo de todas as Esferas ligadas a Tiphareth; no entanto, Saturno, Mercúrio e Vênus, pode ter uma resposta maior. Isto, obviamente, significa, karma (Saturno), energia criativa (Vênus), e condutas intelecto / energia (Mercúrio). O sal é propenso a impulsos lunares. O mercúrio é propenso a impulsos solares. O enxofre é propenso a impulsos zodiacais e cósmica.

E como podemos ver, na arvore da vida, signos, planetas e anjos atuam por meio de elementos, vibrações e poderes criadores. Os quais podemos evocar, caso tenhamos o devido conhecimento, merecimento e sincronia ancestral.Todos nós temos nosso anjo guardião, ligado ao poder de uma das sephirots da arvore da vida. E dentro de cada caminho, cada um de nós reencarna com uma função nessa vida. Alguns nascem pra ser salva-vidas, como por exemplo, médico, bombeiro ou protetor animal, polícial etc... Enquanto outros que tem um carma negro, vem a vida para fazer ações destrutivas, descontrolar a sociedade e fazer coisas que ofendam a si mesmo e ao próximo.


Fonte:http://portalesdoceu.blogspot.com.br/2013/12/anjo-guardiao-e-as-energias-da-vida.html

MARIA É MESMO SANTÍSSIMA E NOSSA MÃE

Maria é mesmo Santíssima e nossa mãe

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013


Sempre encontramos aquelas pessoas que se dizem "convertidos", que de cada 3 palavras que fala duas se refere a Biblia e é um tal de "a Biblia diz pra lá e a Biblia diz pra cá", se acha santo e quer fazer os outros engolir aquilo que alguem lhe fez engolir sem mastigar! Sim, é justamente isso que ocorre, especialmente pessoas de pouca instrução ou que é desligada da vida e da religiosidade, ai sensacionalisticamente, algum espertinho, aproveita um momento de dor de alguém vulnerável ou cola na cabeça dele que algum milagre só ocorreria por meio do poder da Bíblia e assim vão arrebanhando patrocinadores de um império e de templos que brotam como erva daninha em todo canto. E sem mastigar a verdadeira teologia e filosofia religiosa, vão pregando a intolerância, uma verdade que não podem provar e querendo instalar a ditadura biblica em todo canto, como se só os escritos da Biblia fosse a unica verdade.
 E o estranho é que esse pessoal que diz adorar a Biblia, ao mesmo tempo que diz segui-la ignora boa parte dela, como seu lado mistico, sua parte metafórica, seus mitos, sua magia, suas lendas e seus mistérios mais profundos. O caso de Maria por exemplo é uma das coisas que não consigo entender. Alguns desconexos, que se dizem fiéis, passam a adorar pastores como se eles fossem alguma coisa, só porque gritam nos altares e pregam a Bíblia, no entanto, esculhambam Maria Santíssima, que além de Mãe do Messias, é o segundo ser mais puro junto com Jesus. 
Foi escolhida antes que nascida e foi vista vestida de sol por João, numa demonstração de sua candura e amor! Além disso, esse pessoa diz crer num poder imenso, dizem que são fiéis e que Deus operou milagres em sua vida. No entanto, esculacham Maria, negando sua castidade e seu amor obediente aos princípios morais, achando impossível de ela ter sido virgem antes, durante e após o parto! Ué, Deus tem ou não poder? Essa historia de partos virgens, ao estudarmos religião e divindade, encontramos em muitas culturas historias semelhantes, a historia de Mitra é na verdade muito parecida, por exemplo! Enfim, eu acredito em Maria como minha Mãe Santíssima, Amantíssima e poderosa! Que ela proteja-me e proteja a todos! Amém
Os personagens de Cabala de Júpiter, Netuno, Urano e Saturno, os maiores planetas exteriores sobre a Árvore da Vida, definir a Trindade do cristianismo, o Pai, o Filho eo Espírito Santo. Mas a árvore também explica o grande mistério do Deus Único em Três Pessoas. O único Deus é o, o Espírito divino supremo do Sol, a vida eo coração de toda a Criação da Terra. As Três Pessoas da Santíssima Trindade são abraçados e unidos no Espírito deste Deus Único, assim como estes grandes planetas são abraçados pela Sun, como parte de sua família, o único Sistema Solar. Esta compreensão e conhecimento não sobreviveu e sacerdotes murmuram vagamente, muito pouco convincente, sobre "o mistério inefável da Trindade." É tempo sabíamos que os fatos por trás da fé.

Casamento Celestial de Maria - A Trindade é agora um Quaternity com o dogma papal da Assunção da Virgem Maria como a Rainha do Céu e da Noiva do Noivo celestial, Cristo. A astrologia da Cabala explica esse novo mistério do cristianismo em termos compreensíveis. Maria representa Eva redimida, a teologia, finalmente, abraçar nossos terrenos, naturezas terra. Não é por acaso este dogma é paralela à emancipação longo atraso das mulheres. Céu na Terra apoia a interpretação de CG Jung de uma das implicações mais significativas deste dogma monumental, o cumprimento de uma profecia central do livro do Apocalipse. Jung observou sindicatos divinas são raramente infértil e recordou o aparecimento de Sophia, Sabedoria, para o final do período do Antigo Testamento, como a "companheira" de Jeová. Este foi seguido pelo nascimento do Filho divino, Cristo.

Jung previu o nascimento de uma nova divindade e traçou o desenvolvimento de Deus tornando-se homem em Cristo e, em seguida, a Assunção da terrena Maria a um trono no céu ao lado do Trindade. Jung sugeriu que a nova divindade seria a humanidade, embora, talvez, as mulheres apresentam um caso mais convincente. Se temos o Espírito divino dos Deuses dentro de nós, só temos de reconhecer essa bênção final para descobrir a nossa própria divindade. Teologicamente falando. Mais praticamente, está claro que herdamos muitos dos poderes onipotentes de Deus. Enquanto nós deve tomar cuidado com a doença fatal de vaidade, devemos aceitar mais responsabilidade para nós e para o nosso mundo. Compartilhar a responsabilidade com Deus, em vez de questionar alegremente como Deus pode permitir que tal desumanidade como estamos constantemente a fomentar, apoiar e perpetrar. Esta não é uma idéia nova. No Evangelho de São João (10,34) Cristo cita o Salmo 82: "Eles não sabem, nem entendem, andam em trevas, todos os fundamentos do mundo estão fora de curso. Eu disse: Vós sois deuses; e todos vocês são filhos do Altíssimo ". "Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei Eu disse: Vós sois deuses? "

A Cabbalah astrológica da Árvore prontamente explica a controversa questão do mal, o Diabo e Satanás, em até termos terra podemos reconhecer como sensível. O Céu na Terra foto da capa (acima) mostra o Reino, a Terra, sob uma imagem egípcia de Hórus e Seth, os deuses do Sol e Saturno. Eles representam os dois espíritos do bem e do mal. No cristianismo Satanás, o Diabo, retrata o espírito de Saturno com o casco fendido e chifres de um bode, que representa o seu signo dominante, Capricórnio, a cabra. Isso não simplista apontar o dedo para os capricornianos: com o Sol neste signo, a sua compreensão do materialismo é muitas vezes mais iluminado do que a maioria. Desde que a Terra também é governado pelo de cabra, espírito materialista de Saturno é particularmente influente. Ele nos cega para os espíritos mais sutis, amor, relacionamentos, humanidade, carinho, alegria, felicidade, o que não podemos medir, tocar ou ver, ou colocar no banco - exceto com Deus. Vemos também a Cruz de Cristo, o foco do cristianismo, como um símbolo e logotipo para a Árvore da Vida, que concede a imortalidade. De repente, a Ressurreição de Cristo faz sentido credível!


Fonte:http://portalesdoceu.blogspot.com.br/2013/12/maria-e-mesmo-santissima-e-nossa-mae.html

CARMA COLETIVO E INDIVIDUAL - APURO DOS PODEROSOS E CADEIA DE CORRUPTOS QUE NÃO CUIDAM DA ESPIRITUALIDADE NO BRASIL

Carma coletivo e individual - apuro dos poderosos e cadeia de corruptos que não cuidam da espiritualidade
Carma coletivo e individual - apuro dos poderosos e cadeia de corruptos que não cuidam da espiritualidade

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016


Lava Jato, justiça, polícia, carma e a queda dos poderosos

É muito comum todos nós seres humanos, quando estamos bem, ignorarmos os contratempos da vida, ignorar Deus, ignorar o Sagrado e sequer pensamos no que possa acontecer no futuro. Por isso as igrejas e tempos de todo tipo de religião, tende a encher, em geral por quem passa por duras provações na vida. Diz-se por exemplo, que na Umbanda, as pessoas em geral chegam pela dor. Há os que dizem ter chegado pelo amor, o que na verdade ocorre, mas, numa escala bem pequena. Até mesmo em linhagens de sacerdotes, já se conheceu casos de herdeiros do axé que renegaram e tentaram se afastar de todas as formas dos orixás, pra seguir uma vida sem ligação com a tradição de seus antepassados. Enfim, o homem em especial quando está saudável, rico, famoso, belo e vigoroso, tende a viver o lado bom da vida, como se fosse livre, sem compromisso algum e sem carências. Mas, basta os desafios ou desgraças baterem a sua porta, pra começar as lamentações. Muitas vezes, nem é lá esse terror todo, pois a pessoa continua saudável, bonita e com dinheiro no bolso, mas, basta o abandono da pessoa amada, pra algumas dessas pessoas falarem em morrer, se maldizerem e procurarem ajuda. Até porque a maioria dessas pessoas céticas, materialistas e egocêntricas, tende a achar que podem comprar tudo com seu talão de cheques, cartão de crédito ou notas de dinheiro. 

E isso não acontece apenas nos cultos afrobrasileiros não! Não mesmo. Se o caro internauta perder um minutinho em frente a TV ou num culto de qualquer igreja, vai ver lá, pessoas pregando conversão, vitórias e balançando a Bíblia, narra sua queda e recomposição. E vai perceber, mesmo em meio ao clima de merchan dessas seitas da moda, que a pessoa vai narrar que antes sequer se atentava pra seu lado espiritual ou que Deus estava olhando pra ele, assim também como o Diabo e todas as sombras. E nessa grande leva de pessoas, tem também os que viviam no bem bom, cheio de grana no bolso, fama, luxo e saúde, sem nunca perder tempo com a espiritualidade. Sem nunca agradecer a Deus. Pelo contrário, sempre nos encontros chiques com amigos, em restaurantes caros ou baladas vips, quando surge o papo sobre vida, morte, Deus, espírito e o sagrado, o que mais se vê são piadas. Até quem tem medo de andar de avião, mas, que vai sempre pra viagens turistas, até carrega algum amuleto ou diz algumas palavras de fé no embarque ou na saída do avião, mas, ao está com os pés na terra firme, em lojas de grife e passeando, o sagrado volta a ser apenas piada.

Enfim, o dinheiro, nos prende a matéria e nem vamos fazer aqui um debate teológico ou bíblico, nem mesmo narrar frases de Cristo, tão facilmente invertidas pelos falsos pregadores de hoje, que ao contrário de pregar união e humildade, pregam "fé´revoltosa" como se alguém pudesse chantagear Deus ou "teologia da prosperidade", como se a mensagem de Cristo fosse alguma espécie de marketing ou regras de investimento, pra que as pessoas enriquecessem com a fé! Pois bem. O Brasil e o mundo, vive um ciclo importante de combate a corrupção e fortalecimento das forças policiais contra ladrões do estado, podemos ver que pessoas de enorme sucesso, que ganharam uma grana preta, agora estão em apuro. E o que nos chama atenção é que em geral são pessoas de sucesso mesmo. Derrubando a tese mentirosa que eu sempre combate, de que a violência e roubalheira no Brasil era causada pela exclusão social e pelos pobres. Essa alegação, demagógica, sempre usado por políticos mentirosos, sociólogos mal preparados e por falsos socialistas, só pra justificar sua incapacidade e falta de vontade de fazer algo de verdade, está por terra hoje. O que estamos vendo na verdade, são figurões, políticos, advogados, engenheiros, marqueteiros e empresários, ricos, que corrompidos por sua ganância, foram pegos com a boca na botija! E ai, eles não estudaram? Eles roubaram por necessidade? Será que um empresário rico precisa se corromper? Claro que não!

Mas, porque estou tocando nesse assunto? Pelo fato de o país em que vivemos e o mundo viver uma nova fase de combate a corruptos. Até em federações internacionais de esporte, essa limpa ou mudanças estão acontecendo. Vemos então no âmbito astrológico, Plutão e Saturno, como também Netuno e Urano, trazendo segredos e esquemas ocultos a luz! Em especial aqui na América Latina, onde o bolivarianismo sempre usou o povo pobre e mentiu muito pra enriquecer seus líderes demagogos, Plutão e Saturno fazem uma faxina importante. E aqui no Brasil, Saturno faz uma profunda mudança e limpeza na política, tanto no governo, quanto no legislativo e ainda ou também, no poder judiciário. E até no sistema policial ou de investigação, como é o caso do Ministério Público. 

E no âmbito dos orixás, vemos que Oxumaré, Obaluaê e Iansã, fazem uma faxina de vento, que gera uma grande tempestade no meio político, de tremores, que abala estruturas frágeis e de veneno, que joga como já previu o Cristo, "reino contra reino e nação contra nação". No nosso caso, aliados contra aliados e partidos contra partidos. Tínhamos por exemplo, o comando da ação espiritual de Pai Benedito, comandando forças do Astral nas reformas do país, que agora é de Caboclo Pedra Preta, que intensifica ainda mais no âmbito judicial, a punição de corruptos dissimulados e que pensavam que passariam em brancas nuvens, rindo do povo e curtindo uma vida de marajá.

Estamos vivendo nesse momento por exemplo, uma conjunção de Mércurio e Vênus, sobre a Cabeça do Dragão do Brasil, por trânsito, que é rápido e poderia ser considerado benéfico. No entanto, essa conjunção está em desacordo com o Saturno do país, com o Vênus do país e com a Roda da Fortuna do país. E não foi a toa que a terceira agência de risco, rebaixou mais uma vez a nota do Brasil. Além disso, essa conjunção, mexeu mais uma vez com o portal cármico do Brasil, gerando rusgas de aliados e assim dificultando a relação PT-Governo Dilma.

Do lado positivo, temos Júpiter, passando por uma outra conjunção do país, formada por Sol e Mercúrio, dentro do signo de Virgem que é o signo do Brasil. Para muitos astrólogos, esse é um "bom sinal", uma "boa influência" e sinônimo de "melhoras". Eu não vejo como tão positivo assim, pois ele transita na casa 8, um setor crítico, de carma e de transformação. Além disso, essa posição está em desacordo com Plutão, justamente na casa das finanças do país. Também temos o ponto médio de Plutão com o Sol, a 22 de Gêmeos o que é outro desacordo com esse trânsito de Júpiter. Indicando assim, mais contratempo na economia e entre os poderes do Brasil.

Mas, por falar em carma, a minha intenção mesmo era falar no carma dos poderosos. Pessoas que vivem na fartura, onde não lhe falta dinheiro, sexo, vida boa, turismo e poder. Mas, que de repente, se veem na mira da polícia, da leia e dos tribunais. Sempre apostando claro, na impunidade e mais uma vez confiando no dinheiro que tem, como também se valendo na história de impunidade que sempre teve em nosso amado Brasil. Porém não é bem assim que a banda toca. Basta olharmos a história da sociedade humana pra verificarmos que muitos reinos caíram, muitos ditadores caíram e mega impérios foram derrotados. Até porque há uma ordem cósmica, cármica e divina, regendo nosso planeta. Ninguém vem aqui nessa terra, pra pintar e bordar, passar por cima de tudo e sair rindo como se fossem seres especiais. Por isso, pessoas que se acham mais lindas, mais inteligentes, mais joviais, mais fortes e mais ricas que os outros, passando a vida inteira sem agradecer aos seus ancestrais, a Deus e as forças que lhe deram graças e dádivas, em algum momento acaba caindo. E alguns até se recuperam quando caem no poço da humildade e pedem perdão. Muita gente acaba se iluminando e retomando sua trajetória. Mas, a maioria não!

Hoje vemos ex-presidentes, que nunca imaginaram do alto de sua arrogância, soberba e cinismo, que nunca teriam que se explicar! Que nunca pensaram que responderiam por alguma coisa. Que achavam-se acima do bem e do mal. E que pensavam já serem blindados pro resto da vida. Mas, não é bem assim não camarada. Ninguém é melhor que ninguém, a menos que seja mais evoluído espiritualmente. E quando falo evoluído, falo em ser uma alma iluminada, repleta de amor, de justiça e de bondade. Uma alma sem corrupção, sem ira, sem mentira e sem desonestidade. Sendo assim, são muito poucos hoje com essas qualidades. Nós mortais comuns, estamos na luta por buscar iluminação, mas, estamos patinando no mesmo carma. 

E os senhores do carma, estão agindo no mundo todo, não é só no Brasil ou na América Latina não! Vimos na Espanha, até uma princesa tendo que se explicar com a justiça. Agora, o presidente da Bolívia tá enrolado com uma ex-amante. Aqui no Brasil a mesma coisa, tanto ex-presidentes, quanto a presidente da república, estão tendo que se justificar o tempo todo! Isso porque essas pessoas, vieram ao mundo com privilégios, mas, se perderam na sua caminhada. Além de não terem cumprido seu papel e missões com maestria e sabedoria, também não repartiram, não agradeceram e nem engrandeceram seus ancestrais. Deus, não ouve os ancestrais pra enviar uma alma aqui, dando a ela poder e fama, pra que ela simplesmente viva numa boa, na fama e na riqueza, olhando os outros de cima! Veja que até estrelas no mundo dos esportes como é o caso do futebol, estão passando no pente fino! 

Essas pessoas, não estão nem ai para a espiritualidade, pra observar seu carma, sua missão de vida. E muitas vezes quando fazem, o fazem de forma artificial, repassando fundos ou pagando dízimos e doações pra igrejas! Tem ainda os mais místicos, que até fazem mapas astrais, vão em centros e encomendam macumbas, como se fosse um crediário que eles estivessem pagando no carão. Pensam que seus cartões platinum, compram tudo, até mesmo a espiritualidade. Não é apenas pagando pra um pai de santo fazer uma macumba que seu problema está resolvido não, caro irmão. Cada um tem uma missão a cumprir e quando não cumpre ferrou! E quase sempre, vão buscar ajuda tarde demais, com pessoas que querem também ganhar dinheiro apenas e não passam de bajuladores. Não tem coragem de dizer o que tem que ser corrigido. Apenas ascendem umas velas, fazem algumas macumbas e "voa-lá", tá resolvido! Engano total!

É evidente, que se uma pessoa poderosa dessas, vai procurar ajuda de um sacerdote, ela tem que pagar caro, afinal ganhou dinheiro a vida toda, gastou com as coisas mais supefluas do mundo, comprou as coisas mais caras e luxuosas que o dinheiro pode comprar. Então na hora que quer ajuda, vai usar de mesquinharia? Não vai nem ajudar a quem se presta a lhe ajudar? Claro que tem que pagar e a peso de ouro. Afinal não ganhou dinheiro a vida toda? Mas, não se trata de punição ou propina ao Sagrado. E nem que o líder espiritual seja ganancioso que nem ele. Mas, se ele paga milhões a advogados pra encobrir sua falcatruas, dá doações gordas a pastores, só pra ficar bem na fita e gerar votos, tem assessores caros só pra esbanjar, porque quem se dedica o tempo todo aos estudos das coisas sagradas, teria que atendê-lo de graça? Por acaso os reis de outrora não davam muito ouro aos oráculos de Delfos? Os sacerdotes levitas não juntavam ouro e prata no templo? Pois é! Não venham com essa desculpa que as religiões patriarcais juntavam pra Deus, porque Deus, jamais precisou de dinheiro ou ouro. Arrecadava-se pela causa, pelo povo, pela manutenção do sagrado.

Por exemplo, se um astrólogo, místico ou mago for atender o Neymar, o Messi ou Cristiano Ronaldo, que ganham milhões de dólares por ano, e que por algum motivo estejam precisando de ajuda espiritual, porque ele atenderia de graça ou barato, sendo que eles passam a vida ganhando dinheiro e fama, sem se importar com o divino? Ou políticos e empresários ricos que passam a vida focados no materialismo e só procuram quando precisam o plano espiritual? A verdade, é que o líder religioso não pode se corromper, mentir dizendo que viu o que não viu ou vender artes negras para a malignidade. Ele tem que vender seus trabalhos, sua assessoria e consultoria, firme, sincera, serena e voltada a iluminar. Lembrem-se, que mesmo os apóstolos de Jesus, após sua morte, não recusaram doações de propriedades e dinheiro. As igrejas, jamais, injetaram doações, ,tanto que igrejas protestantes e a igreja do Vaticano, são hoje mega milionárias. 

O que um líder não pode é negar ajuda a quem precisa, pois ele tem que saber separar as coisas. Não que haja classes de pessoas. Mas, num ponto a crença indiana que separa o povo por castas entre DALITe brâmane, está correta, pois cada um tem um poder ou bagagem que trazem pra cumprir sua missão nessa vida. Porém muita pessoa se faz de coitado, justamente pra não pagar a quem lhe ajuda ou lhe assessora espiritualmente. Tem gente que chora pra fazer um mapa, se diz sem dinheiro, mas, de repente posta na rede social, que trocou de carro, reformou o apartamento, viajou pra uma cidade turística com a família ou pagou faturas  caras de joias que comprou no shopping. Ou seja, ela quer chorar, pelo que não tem e não dá o valor ou quer repartir um pouco do que tem. Assim tem pessoas que tentam ludibriar os astrólogos e quem trabalha com consultoria esotérica, mas, não por não poder, mas, pelo fato de achar que o que tem é pouco. 

Tem pessoas que choram pra pagar cem reais num mapa, mas, paga muito mais num motel com o amante, enquanto o marido se mata na empresa. Ou vice versa. Tem caras que diz não ter dinheiro, mas, mantém a esposa e uma amante, com roupas e aluguéis caros. Tem pessoas que tem carro, casa boa, uma boa profissão e uma vida confortável, mas, chora na hora que o sacerdote diz que ela terá que gastar um pouco com oferendas. Essas pessoas se contorcem, fazem careta e tenta chorar até pra comprar velas. Então de repente adoecem e gastam os olhos da cara, muitas vezes, acabam morrendo por que o que mais pesa o carma é a hipocrisia e a mentira, aliadas aos pecados.

 

Certo dia uma mulher empresária, que comprava sapatos de grife, só pra colecionar, bancava até o motel pros diversos amantes que levava duas ou três vezes por semana e ainda bancava a gasolina dos gigolôs. Ao chegar na frente dos orixás e na consulta de búzios, esculachou o sacerdote, chamando de picareta e que não gastaria um centavo com "macumba do bicho ruim". Só porque o sacerdote, lhe disse que ela teria que pagar quinhentos reais pela consulta, quando o normal era cinquenta e que teria que doar mais 5 mil para os orixás, quando na verdade, ele quase sempre pedia uma ajuda de no máximo cem reais nos trabalhos. Bem, a fúria dela, é que ela foi indicada por uma amiga, que já havia lhe dito que os trabalhos eram baratos. Ela já foi lá, duvidando, fazendo piadinhas e só pra aventurar. E também pelo desespero, porque o marido, andava desconfiado de sua puladas de cerca, pois ela era uma ninfomaníaca insaciável. No entanto, o sacerdote, cobrou caro, orientado pela Pombagira e Exu, que sabiam muito bem da sua vida pregressa. Nem tanto pela sua sexualidade, mas, porque ela tirava dinheiro do marido que trabalhava dia a dia, tirava dinheiro de seus filhos e gastava o tempo todo com seus amantes, que também viviam no bem bom as custas dela. 

Bem, mas, o que Exu e Pombagira tem haver com a vida dela? Em primeiro lugar, eles tinham tudo. Primeiro, porque ela sempre na sua busca incansável por sexo, tinha feito pactos, mesmo que levando na brincadeira, em encruzilhadas, sem saber, nem com que forças ela compactuou. Ela era mocinha, bem jovem e linda, mas, não tinha sorte no amor. Então, após ser induzida por uma senhora, fez esse pacto com seu exu e sua pombagira. O pacto deu certo, a moça casou-se com um dos homens mais ricos de Macaé ou da cidades próximas, não me lembro bem. Ganhou uma vida de rainha, carrões, casas de luxo e pode saciar todos os seus fetiches. Com carrões, pegava os caras mais interessantes da praia de Macaé e até do Rio de Janeiro. Se divertia a beça. No entanto, na hora que o carma lhe cobrou, sendo que no fundo era simbólico, pois 5 mil ela gastava numa semana, ela deu piti e mostrou toda sua fúria.

E ela realmente não pagou nada, além de esculhambar o pobre sacerdote na frente de todos. Porém perdeu muito mais! Foi chutada pra fora de casa, perdeu os carrões, foi morar com a mãe e tinha que viver só com uma pensão longe dos filhos. E mesmo tendo recebido sua parte na herança, descobriu que tinha HPV, Papiloma Vírus que gerou tumor e sua vida se resumiu a muito sofrimento. E assim, acontece com esses marqueteiros, lobistas, engenheiros e advogados ou políticos corruptos. Que tiveram uma vida de sucesso, mas, nunca foram gratos a nada. Agora estão em apuros e pagando o que deve.

Mas, esse exemplo, não resume tudo. Ou seja, não é apenas Exu ou Pombagira que pune. Na verdade, em diversas culturas, mesmo as que acreditam em anjos, está lá o caráter punitivo. Vemos por exemplo, na história do Arcanjo Rafael, a mulher que ficou viúva umas 7 vezes, tendo que ser libertada por Tobias, o Anjo e o ritual. Por isso, antes de se fiar apenas no dinheiro, sucesso e poder, fique esperto. O mundo gira, a vida passa e o mais importante é o amor, a justiça e a sabedoria divina.


Carlinhos Lima
Namastê

Carma coletivo e individual - apuro dos poderosos e cadeia de corruptos que não cuidam da espiritualidade


Fonte:http://portalesdoceu.blogspot.com.br/2016/02/carma-coletivo-e-individual-apuro-dos.html