terça-feira, 1 de novembro de 2016

GRAVAR SONS DE TIGRES PARA AJUDAR A SALVAR A POPULAÇÃO SELVAGEM


Investigadores do The Prusten Project estão a usar os sons dos tigres para ajudar a proteger a população selvagem destes animais.

Os tigres usam uma variedade de sons para comunicar: rugidos curtos para intimidar, longos para encontrar parceiro e uma vocalização específica, conhecida como prusten, para cumprimentar. Investigadores do The Prusten Project estão a tentar utilizar estes sons para ajudar a proteger e até contribuir para o aumento da população selvagem destes animais.

“O que descobrimos com a nossa investigação é que as vozes dos tigres podem ser usadas como uma impressão digital para cada indivíduo”, contou Courtney Dunn, autora da ideia, atualmente a trabalhar no Aquário Mundial de Dallas.

A primeira parte do projeto envolve a gravação com dispositivos digitais de tigres de Bengala, Sumatra e Amur, em zoos dos EUA, conta a AP. Estas gravações estão a ser utilizadas para construir um programa de computador para ajudar a identificar tigres específicos, distinguir sons de machos e fêmeas e determinar os números das populações com mais exatidão para que as organizações saibam onde devem concentrar o seu trabalho de conservação.

Courtney Dunn e os outros membros do projeto planeiam começar a usar os gravadores digitais de áudio na natureza, já em 2017, na Índia e, possivelmente, na Indonésia. Mais tarde, pretendem levar o projeto a outros países. Estes gravadores poderão ainda servir para detetar eventuais práticas de caça ilegal.
Segundo o Fórum Global de Tigres (Global Tiger Forum) e a WWF, existem, atualmente, cerca de 3900 tigres selvagens.


Fonte:http://www.theuniplanet.com/2016/10/gravar-sons-de-tigres-para-ajudar.html