domingo, 6 de novembro de 2016

CONHEÇA AS 49 RAÇAS PARCEIRAS DE SERES EXTRATERRESTRES


CONHEÇA AS 49 RAÇAS PARCEIRAS DE SERES EXTRATERRESTRES


(((LEIAM TODO O TEXTO ANTES DE COMENTAREM)))

É importante esclarecer que TODOS ou quase todos, SOMOS EXTRATERRESTRES, só que a quase totalidade não tem consciência disso, pois estão ainda muito presos à 3ª dimensão, deste mundo dual.

Viemos dos mais longínquos planetas e dimensões para, numa oportunidade reencarnatória para uns e missão para outros, resgatarmos erros do passado e, num ato de desprendimento, cultivarmos valores que foram por nós esquecidos em épocas remotas. O fato de muitas pessoas possuírem olhos ou mesmo fisionomias parecidas com extraterrestres se deve à miscigenação de raças humanas, além dos mais diversos entrelaçamentos de raças extraterrestres que, atualmente conhecidas e em contato com o planeta Terra, são em número de 49.

Entretanto, esse número é ínfimo tendo em vista a vastidão deste nosso universo, e é possível que esse número venha a crescer muito no futuro. O tipo de olhos de uma pessoa não tem nada a ver com sua evolução espiritual, pois o espírito é transcendental e independe do corpo físico da pessoa.

Muitas pessoas de espírito nobre possuem olhos reptilianos, por exemplo. Já, outros, possuem um atraso espiritual muito grande, e são seres de olhos de características completamente diferentes. Muitas raças de ETs possuem olhos com características reptilianas e, no entanto, pertencem ao Comando Ashtariano, voltadas totalmente ao bem e à luz.

NOSSA ORIGEM CÓSMICA:

Há milhões de anos, seres extraterrestres cientistas, habitantes de Órion, muito evoluídos tecnologicamente, vieram à Terra para pesquisar os minerais, os vegetais e os animais. Na época destas pesquisas, encontraram aqui um tipo de primata que tinha uma certa semelhança com o ser humano atual, mas sem a inteligência e a coordenação motora necessária para uma rápida evolução. Esses seres começaram a modificar o DNA desse primata, para que a sua caixa craniana ficasse maior, os seus membros e a coluna ficassem mais harmônicos. Com o aumento do crânio deste ser primitivo, os “greys” puderam aumentar também o cérebro e a capacidade cerebral/intelectual deles e, conseqüentemente, a capacidade de raciocínio (o elo perdido).

Um tempo após a chegada dos Greys, chegaram outras raças. Enquanto os orianos faziam pesquisas genéticas, as outras povoavam vários pontos do planeta como: África, Europa, Oriente Médio, entre outros. Ficando cada uma na região da Terra que primeiramente tiveram contato e exploraram.

As cinco primeiras que vieram para a Terra foram: Órion, Plêiades, Antares, Sírius e Pégasus. Muitas outras raças depois disto começaram a visitar a Terra.
Órion deu origem à raça Amarela, de olhos puxados; Plêiades deu origem à raça amarela de olhos amendoados; Antares deu origem à raça vermelha; a indígena; Sírius deu origem à raça caucasiana; Pégasus deu origem à raça negra.

Essas raças com o passar do tempo, começaram a se miscigenar entre elas, gerando vários descendentes que se espalharam pela terra. Muitos depois de um tempo, se foram, voltaram ao seu planeta de origem.

Eram raças que possuíam tecnologia muito avançada, porém com níveis de consciência diferentes, por isso começaram a disputar território devido à ambição, provocando guerras, escravidão e domínio entre os povos, colocando a humanidade num caos.

Para que voltássemos à evolução, foram enviados novamente à Terra, raças que se comprometeram em auxiliar a restabelecer o equilíbrio entre os povos.

Foram enviadas raças que pertenciam a um conselho galáctico, criado pela necessidade de sobrevivência perante outras culturas que não mantinham seu foco na paz e na convivência pacifica dentro de suas trocas culturais com outros povos.

Os membros deste conselho são muito mais antigos que a própria existência das galáxias conhecidas, pois são seus verdadeiros criadores que têm por objetivo zelar e orientar suas criações no caminho da evolução.

Dentro do conselho existem diversas formas de vidas, que muitas vezes não entram em contato direto com outras formas de vida, que não tem parentesco com sua estrutura fisiológica, devido aos preconceitos e falta de amadurecimento das raças emergentes dentro da consciência universal, como é o caso da humanidade da Terra, que ainda não está preparada para conhecer abertamente muitos visitantes de outras raças.

O processo evolutivo esteve e continua sendo uma constante em todas as formas de vida. Na atualidade existem milhões de mundos que estão ainda em um estado imaturo de evolução.

Neste momento a humanidade já está mais apta a conhecer outras verdades sobre sua herança genética e seus verdadeiros ancestrais, tidos como Deuses do passado ou da mitologia.

As raças `humanóide presentes no Sistema Solar são mais de 127, mas só 49 raças é que estão unidas no propósito de auxiliar a humanidade nesta evolução; cada uma com uma função específica.

As 49 raças extraterrestres vieram para ajudar.
A preocupação das 49 raças extraterrestres com o bem estar da humanidade tem um motivo – parte da humanidade tem origem de fora da Terra, tem descendência extraterrestre. E a presença mais relevante destas raças na Terra ocorre a cada 5.125 anos, que é o período de tempo necessário para a evolução de uma civilização (fechamento de um ciclo), o que está ocorrendo neste momento. Portanto, as 49 raças estão aqui agora, para que de forma mais presente possam colaborar com os seres humanos.
Entretanto, a presença extraterrestre na Terra já acontece a milhares de anos, quando deixou como legado construções e conhecimentos de um modo geral – mas, especialmente deixando conhecimentos relacionados à astronomia, agricultura, pecuária e metalurgia transmitidos às civilizações antigas, como a dos egípcios, dos maias, dos incas, entre outros.
Também existe uma raça humanóide extraterrestre, que não se assemelha na aparência ao ser humano, que possui tecnologia mais avançada à humana e que colabora com governos de alguns países desenvolvidos para que estes dominem através de tecnologias a Terra, usando destas para interferir em quase todas as esferas da atividade humana. E, por causa destes seres é propagada intencionalmente a idéia, que os seres extraterrestres de um modo geral são nocivos aos seres humanos e a este planeta.
Os seres das quarenta e nove raças que utilizam de “tecnologias” associadas ao seu poder (energia) mental, são muitíssimo mais avançados, não tendo muitas vezes a necessidade de usar da energia do átomo, que os seres desta outra raça dela mais comumente utilizam.
Recentemente aconteceu o boom tecnológico (a partir de 1950) com repentinas descobertas que favoreceram o desenvolvimento da tecnologia humana após a queda de um óvni em Roswell, no ano de 1947, no Estado do Novo México/USA.
Destroços deste aparelho extraterrestre foram analisados em alguns lugares do planeta e com eles realizou-se a engenharia reversa, que é a técnica que se inicia com o fornecimento de uma amostra para digitalização e assim obter as especificações necessárias para a reprodução ou aprimoramento do produto desejado ou para se desenvolver novas tecnologias. Então, tudo leva crer, que foi a partir da queda deste óvni e com o uso da engenharia reversa, que aconteceu o impressionante salto tecnológico no mundo.
Noventa e nove por cento dos pilotos de aeronaves comerciais (e também muitos pilotos de aeronaves militares) já tiveram experiência com avistamento de objetos não identificados, porém não relatam por temor de serem desqualificados ou ridicularizados. Por diversas vezes estes pilotos em seus trajetos aéreos são acompanhados por luzes coloridas e Brilhantes.

Abaixo as 49 raças e algumas de suas funções:
1. Águia:

2. Aldebaram:

3. Altair:

4. Andrômeda: Realizam efeitos psicosinéticos, bons de coração.

5. Antares: Energização. Juntos com os seres da Constelação de Capela, programam a regeneração celular e a auto-cura (programam a cura da humanidade). Tiveram influência na civilização egípcia.

6. Aquárius: Muito calmos, e compreensivos.

7. Arcturos: Facilidade com artes, música (sua energia funciona como terapia tanto emocional, mental, como espiritual para a humanidade), bons para captar pensamentos.

8. Baporu: Luz grande perto de Sírius. Futuramente será identificada pela NASA como L5937.17

9. Cão Maior:

10. Capela: Energização. Tem compatibilidade com o Chupão, por isso ajudarão na vibração das pessoas para se livrarem do chupão.

11. Capricórnio: Bons para a parte extra-física (mentalização, projeção mental), programam a regeneração celular, a auto-cura (programam a cura da humanidade). Ativam o lado direito do cérebro que normalmente não é muito usado (despertam faculdades mentais; evolução interior do ser humano). Ativam energias adormecidas contidas em algumas células cerebrais que não estão em atividade. Muito evoluídos espiritualmente. Trabalham a cura, principalmente as pessoas que estão em estado de coma. São seres de 3a dimensão, físicos como nós. Tem entre 2,5 à 3 metros de altura. Muito amorosos. Possuem 4 dedos.

12. Cef: Civilização responsável pela alimentação dos planetas visitados. Trouxeram para a Terra a abelha, o arroz, o milho, etc. (temos a mesma alimentação em quase todos os planetas).

13. Chavi: Civilização responsável pelas ondas sonoras universais, principalmente através de construções escalonadas. Obs.: A forma escalonada da Pirâmide de kukulkan em Chichén-Itzá conduzia as ondas sonoras por um sistema de ressonância.

14. Conet: Responsáveis pela topografia geral dos mundos físicos, inclusive têm como obrigação deixar inscrições com mensagens sobre a vida, tecnologia e etc, gravado em pedras ou em artefatos em vários pontos do mundo. Construíram muralhas, templos e etc. Deixaram mapas com coordenadas de pontos possam ser vistos do céu; Pirâmides, Margens de Rios.

15. Etéria: Missão de criar organizações para resgatar aqueles que tiverem chance de serem conscientizados. Orientar dando condições para que as raças inferiores consigam evoluir, atingir a transmutação e brilhar no caminho de luz. (Planeta de origem de Ashtar Sheran).

16. Fênix:17. Fit:

18. Ganímedes: Seres determinados, alcançam objetivos quando querem.

19. Gêmus: Faz a união de planetas de 3ª dimensão com outros universos. Ponto de retorno após a evolução das raças. Traçaram a malha magnética da Terra, identificando os portais, ou seja, os pontos ou vórtices de energia para voltar para casa ou visitar outros mundos. São seres de 3a dimensão que interagem na 4a (como Vênus), possuem uma tecnologia espantosa, já estão quase transmutando, já não morrem mais de doenças, não envelhecem, a única diferença física deles em relação a nós, é a pupila dos olhos na vertical, porque já dominam a energia vibracional; e as unhas esbranquiçadas. Sua freqüência mental é de 27 à 42 ciclos/segundos. Estes seres; tem ligação com a Lemúria. A intenção deles é estar no nosso meio para que possamos usufruir dos seus benefícios. A nave de Gêmus irá surgir cada vez mais baixa, desde abril de 2005 estão presentes na Terra. Eles podem se apresentar no nosso meio; nas nossas reuniões, na fazenda, seminários e trabalhos de campo.

A estrela Sírius é a estrela mais brilhante no céu, a nave de gêmus emite um brilho 2 vezes maior que Sírius (em comparação). Ela aparece no céu, se movimenta rapidamente e vai aumentando o seu volume de luz, ficando imensa, depois vai diminuindo, diminuindo e some. Ela altera o nosso DNA, a nossa genética trabalhando com freqüências de luz, independente da pessoa estar a vendo ou não, mas trabalha somente os dimensionais, os planetários não terão esse benefício. Podemos vê-la em qualquer parte do planeta à luz do dia também. Ela fica a uma distância de pelo menos 20 mil metros de altura.

A nave do GNA pisca, joga flashes, a nave de Gêmus veio para nos ajudar a interagir com os universos paralelos. Ela joga para cada pessoa a holografia de várias situações de nossa vida em uma árvore, onde os elementais ajudam também. Os seres interagem na nossa memória cósmica e vêem aquilo que mais tememos e projeta para nós, para nos trabalhar.Também podemos ver imagens do passado/presente/futuro, tudo que quisermos ver, ou estivermos compatíveis para ver.

20. Humos: Personalidade muito autoritária; muito inteligentes.

21. Kakim: Estão sempre presentes nas expedições realizadas pelo homem em busca do seu passado.

22. Kimias: Responsável pelo semear de vidas. Missão de promover e garantir nos recém nascidos iluminados ou durante a gestação, a ativação e direcionamento das habilidades extra-sensoriais.

23. Kitãs: Civilização responsável por veículos voadores. Baseados em suas aeronaves, muitos índios desenharam nas cavernas e até fizeram artefatos com a forma desses objetos. Esse sistema será conhecido no futuro como MSG15385/9.

24. Leão:

25. Lira:

26. Manú: Estão sempre presentes nas expedições realizadas pelo homem em busca do seu passado.

27. Nebal:

28. Nitaa: Passar a mensagem sobre acontecimentos futuros geográficos, naturais, hecatombes.

29. Om:

30. Omega:

31. Órfus: Bom para ativar implantes, cura, desenvolver GNA e reciclar a energia. Tem de 2,5 m a 3 m de altura.

32. Órion: Cientistas, inteligentes. Programação de contato - preparam o campo vibracional das pessoas para um contato futuro. Ótimos para cura, telepatia, responsáveis pela ativação dos contatos extra-físicos, pelas experiências de saída do corpo (sonhos) e pela ativação de implantes: GNA, implantes físicos, energéticos e extra-físicos. Possuem 6 dedos. Tem 1,5 m.

33. Otuno: Missão de estudar e controlar os infinitos feixes de luz emitidos por qualquer astro para o benefício de civilizações.

34. Pégasus: São a 2a inteligência do Universo. Trabalham a cura, são ótimos telepatas e fazem previsões sobre o planeta. Ótimos na tecnologia de aparelhos para doenças, até mesmo para meios de locomoção para ajudar a humanidade. Peritos em informar, projetar e fazer contatos e implantes extra-físicos. Foram umas das 5 primeiras raças a chegar na Terra. Deu origem a raça negra. Ajudam os mundos em dificuldades, mas escolhem as raças que serão ajudadas.
Em Pégasus, onde existe uma tecnologia bastante avançada, vivencia-se de um modo muito aberto, são muito tímidos e amorosos. Por serem uma raça muito pacífica (são pacificadores) foram explorados por outras raças mais belicosas (escravizados, e o mesmo por ressonância ocorreu na terra). Tem de 2,5 m a 3 m de altura.

OBS: Os seres intraterrenos, são provindos de um planeta que não existe mais (de uma constelação vizinha a Pégasus, que em parâmetros cósmicos é, considerado, perto), o Planeta de origem deles explodiu e eles foram `abrigados` no sistema de Pégasus. Como este sistema é gigantesco, não foi difícil sobreviver. Depois de abrigados, eles começaram a ajudar os de maior necessidade. Nós consideramos estes intraterrenos de Pégasus para facilitar o nosso entendimento, tendo em vista que aqueles que não eram de Pégasus eram do mesmo sistema, ou seja, próximo a Pégasus, então para nossa orientação, todos desse sistema, também são por nós classificados, como sendo de Pégasus.

35. Perseu
36. Piasis: Civilização com profundo conhecimento sobre as águas. Trabalham em parceria com os reptilianos de Pégasus na construção de bases subaquáticas da Terra e de outros planetas. Seu trabalho inicial foi na Amazônia.

37. Plêiades: Criatividade para Tecnologia. Mensagens telepáticas, dar origem de uma nova raça, estabilizam as pessoas. Eles já conseguem entrar na freqüência mental dos seres humanos (Conseguem influenciar mentalmente). Possuem 3 dedos.

38. Salon:

39. Siriús: Os seres de Siriús passaram para os maias, incas e egípcios métodos de adiantar a cabeça das crianças ficando com o formato de `ovo`, com isso ficava mais espaço para que a pituitária e a pineal se desenvolvesse, tendo boa capacidade extra-sensorial (mediunidade, intuição, 3a visão).

40. Sistema Solar: São seres de espírito novo, seu ponto de origem é a Terra.

41. Tailo: Responsável pelas comunicações, códigos e senhas de todos os Universos pertencentes a ela.

42. Taus: Disseminadores, treinadores, professores daqueles que controlam o átomo (energia atômica, nuclear, etc).

43. Tilo: Futuramente será descoberto pela NASA como Nebulosa MC 14-172730.

44. Tinus: Civilização responsável pela inseminação através da projeção do gameta masculino por um feixe de luz, utilizando processos técnico-químicos totalmente protegidos. A micro ovulação acontece somente em casais com missão específica (que tenham alguma deficiência física, tanto do homem como da mulher), para que a criança tenha habilidades especiais. Obs.: Foi por esse processo que Sara e outras mulheres que constam na bíblia passaram.

45. Tnobi: Civilização responsável pela magia do homem: controle e evolução mental, desenvolvimento das faculdades extra-sensoriais.

46. Tótimus: Responsáveis pelos corpos celestes siderais (cometa, meteoros, bolas de plasma, etc) e até mesmo; fenômenos atmosféricos (fazem a proteção contra nossas experiências nucleares).

47. Unicórnio:

48. Utir: Raça criadora dos homens e outras tipologias. `Façamos o homem à nossa imagem, como nossa semelhança,...`Gênesis 1,26”

49. Vênus: Seres de 4a dimensão. Ajudam a desenvolver as habilidades paranormais de efeitos físicos e interação na 4a dimensão.

Estas Raças pertencentes a um Conselho Galáctico foram enviadas à Terra. Conselho que foi criado pela necessidade auxiliar na sobrevivência de civilizações que não conseguem manter foco na paz e na convivência pacifica.
Dentro deste Conselho existem diversas formas de vidas – entidades, que muitas vezes não entram em contato direto com outras formas de vida, devido aos preconceitos e falta de amadurecimento das raças emergentes ainda incapazes de se sintonizarem à Mente Universal, como é o caso da humanidade, que ainda está também se preparando para conhecer abertamente muitos visitantes de outras raças.
O processo evolutivo esteve e continua sendo uma constante em todas as formas de vida. Na atualidade existem milhões de mundos que estão ainda em um estado mais imaturo de evolução. Neste momento a humanidade já está um pouco mais apta conhecer sobre sua herança genética e seus verdadeiros ancestrais, tidos ainda como deuses de um passado mitológico. As raças humanóides que visitam o Sistema Solar são mais de 127, mas só 49 raças é que estão unidas no propósito de auxiliar a humanidade no caminho de sua evolução, com cada uma delas despenhando neste sentido uma função específica.

NOTA: "Devemos modificar o nosso atual conceito sobre as nossas interações com os nossos parceiros de outras realidades, adquirindo outro comportamento em relação a eles. Precisamos adquirir agora outra noção sobre as nossas interações com estes nossos parceiros. Interações que quase sempre não são por merecimento, mas em função de nossas necessidades".
 

Ufologia Paracientífica

Fonte:http://libertesuamente13.blogspot.com.br/2014/02/as-49-racas-parceiras-de-seres.html