MIDIA ALTERNATIVA - BENJAMIN FULFORD - "O IMPASSE NA GUERRA CIVIL DOS EUA LOGO TERMINARÁ E A PRÓXIMA FASE DA LIBERTAÇÃO PLANETÁRIA IRÁ COMEÇAR" - 27.08.2018



MIDIA ALTERNATIVA - BENJAMIN FULFORD - "O IMPASSE NA GUERRA CIVIL DOS EUA LOGO TERMINARÁ E A PRÓXIMA FASE DA LIBERTAÇÃO PLANETÁRIA IRÁ COMEÇAR" - 27.08.2018

A morte, provavelmente por execução, do traidor John McCain, sinaliza uma nova fase na remoção da cabala criminosa que controla os EUA, desde 1913, concordam as fontes do Pentágono e agências. "O traidor McCain pode ter sido a primeira pena de morte por tribunal militar, permitido morrer com honra, como Rommel, para proteger a reputação da Marinha, enquanto assusta o estado profundo", foi como uma fonte do Pentágono descreveu a situação.

No entanto, a verdadeira batalha começará depois que o ramo dos EUA da cabala for removido, o que colocará o complexo industrial-militar dos EUA contra uma falsa aliança eurasiana, sediada na Suíça.

Essa batalha terminará, ou numa "guerra mundial" ou num completo remodelamento das instituições pós-guerra como a ONU, BIS, FMI, UE, etc. O objetivo é atingir o complexo de fundações (juntamente com o Banco do Vaticano) usado pela máfia khazariana para acobertar o controle dos bancos centrais de propriedade privada, as corporações da Fortune 500 e a maioria dos líderes mundiais.

Os fogos de artifício devem começar em Setembro e se intensificar no período que antecede as eleições intermediarias de Novembro nos EUA, onde a divisão da máfia khazariana espera recuperar seu poder e afastar o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

No entanto, tenham em mente que, até agora, Trump tem sido apenas o menor de dois males, se comparado com Hillary Clinton. Ele ainda tem que provar que não passa de mais um agente de Rothschild, lutando contra a coligação Bush/Clinton/Rockefeller, baseada nos EUA. Lembrando que o regime de Trump, ainda tem que expor a verdade sobre crimes como o 11 de Setembro e Fukushima e, nem remotamente  tentou algo como um Jubileu.

O ex-agente de inteligência da CIA e da Marinha, Robert David Steele, diz que “a verdade sobre 11 de Setembro está na mesa. O Presidente prometeu chegar no fundo da questão e está indeciso sobre se deve fazer isso, antes ou depois das eleições, por medo de uma crucificação (crucificação fictícia) de Dick Cheney e dos neoconservadores que trabalham como agentes sionistas  de Israel dada a proximidade das eleições e pela existencia de uma coleção de memorandos presidenciais preparados pelos 28 principais estudiosos, espiões e engenheiros de alto nível, disponível gratuitamente online:

https://phibetaiota.net/2018/07/memorandums-for-the-president-on-9-11-experts-say-what-the-9-11-commission-was-too-corrupt-to-address/

Uma toca de coelho que vai ainda mais fundo do que o 11 de Setembro, obviamente, é o 11 de Março de 2011 (11/3) é o evento nuclear, tsunami  e assassinato em massa de Fukushima. Nesta frente, a destituição, na semana passada, do Primeiro-Ministro (Goldman Sachs) da Austrália, Malcolm Turnbull, pode levar à revelação da verdade sobre o 11/3, de acordo com informações de dois agentes do Serviço Secreto Australiano, envolvidos com Fukushima.

Estes agentes, em 2010, forneceram evidências ao Primeiro-Ministro australiano, Kevin Rudd, de que uma arma nuclear roubada em 2000 do submarino russo Kursk, havia sido contrabandeada para o Japão, para ser  usada num ataque terrorista contra aquele país. No dia seguinte que  Rudd recebeu essa evidência e tentou agir, foi destituído pelo “Federal Reserve Board (EUA)”, disseram os agentes.

Juntamente com a inteligência militar japonesa, os agentes continuaram a rastrear a arma, quando foi colocada a bordo do navio japonês Chikyu e dividida em cinco armas menores e instaladas em  perfurações no fundo do mar, em Fukushima, para serem detonadas e causarem um terremoto e tsunami. Apesar disso, nenhuma autoridade interveio para impedir este ataque. Além disso, após o ataque, o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, contatou a White Dragon Society (WDS)/Sociedade Dragão Branco (SDB), para se justificar de que não tinha conhecimento ou envolvimento nesse ataque contra o Japão.

Na verdade, o rastro de evidências e a NSA juntaram todos os detalhes que levam ao antigo "Papa Negro" (Primeiro Jesuíta) Peter Hans Kolvenbach e ao Primeiro-Ministro de Israel,  Benjamin Netanyahu. A partir daí, a trilha leva a satânica Loja Maçônica P2, à Suíça e ao BIS. É por isso que é interessante notar que o Papa Jesuíta Francisco, agora, está sob ataque sem precedentes pelo encobrimento de pedofilia. Apesar de toda sua conversa sobre reforma, Francisco não divulgou o envolvimento do Vaticano em eventos como o crime de Fukushima contra a humanidade.

“A renúncia do Papa Francisco é cada vez mais provável, depois de sua fracassada viagem à Irlanda, pela denúncia do Papa pelo arcebispo Carlo Maria Viganò e uma onda crescente de ataques em diferentes países contra padres considerados pedófilos. Nosso entendimento, é que, apenas, um em cada dez padres é pedófilo, todavia, a cultura de impunidade para a pedofilia e a homossexualidade dentro do Vaticano, agora, está levando-o a uma implosão”, observou Steele. “No Vaticano, existe um lugar onde só há espaço para mais uma imagem do Papa e a lenda diz que o próximo será o último. Um líder católico com tenho falado, está profundamente preocupado”, acrescentou Steele. Outras fontes da CIA e do Pentágono concordaram com essa análise.

O Papa e o Vaticano são fundamentais para uma mudança real na forma como administramos este planeta, já que a maioria dos líderes mundiais é controlada pelo Vaticano, por meio de uma combinação de suborno (através de contas bancárias bilionárias no Vaticano) e ameaças de assassinato ou remoção do poder.

A trilha do ataque de Fukushima, também, leva para uma zona de crepúsculo, onde maçons P2 de alto nível, como o Cavalier dos Cavaleiros Teutônicos (e assassino do Vaticano), Vincenzo Mazzara, afirmam que recebem ordens de uma entidade chamada "sol negro", que "se comunica via ondas eletromagnéticas situadas no espectro dos Raios Gama”. Isso pode ser apenas cortina de fumaça e espelhos colocados para nos distrair dos verdadeiros culpados (humanos). No entanto, fontes do Pentágono insistem que existe uma dimensão esotérica ou extraterrestre envolvida na batalha pelo planeta Terra e dizem que, nesta frente, “com mais terremotos, os últimos redutos (bases subaquáticas e subterrâneas) estão sendo sistematicamente destruídos”.


Enquanto isso, aqui na superfície da Terra, a melhor maneira de descobrir o que realmente está acontecendo seria tomando medidas militares contra e ocupar fisicamente as fortalezas da cabala khazariana, como o BIS e o complexo da família Rothschild em Zug, Suíça.

É improvável que isso aconteça sob o governo  Trump, uma vez que, quando era um homem de negócios, toda vez que ele foi à falência, foi resgatado pelos Rothschilds (e isso pode ser facilmente confirmado através de relatos da mídia de seus dias de negócios).

Um sinal claro de que Trump é uma oposição, controlada por banqueiros centrais veio quando ele disse à Fox TV que, se fosse destituído, o mercado de ações cairia. Como mostram os gráficos no link abaixo, os mercados acionários mundiais só estão subindo devido à impressão de dinheiro por bancos centrais de propriedade privada. Em outras palavras, parece que os bancos centrais estão usando Trump para emitir ameaças de que derrubarão os mercados, caso o seu presidente de oposição controlada for retirado do poder.

https://www.zerohedge.com/news/2018-08-24/nomi-prins-fed-will-not-give-dark-money

Muitas pessoas acham que a alta do mercado de ações seja uma coisa boa. Todavia, o que realmente está acontecendo é que os bancos centrais estão imprimindo dinheiro de graça e distribuindo para seus amigos que  usam  dinheiro para recompras de ações e, dessa forma, consolidar o controle das grandes corporações e ficarem mais ricos. Um verdadeiro líder confiscaria todos os ativos comprados em todo o mundo com dinheiro de bancos centrais e os devolveria às pessoas do planeta, por meio de uma medida do tipo de um Jubileu.

De qualquer forma, mais evidências vêm de representantes do ex-Ministro das Finanças japonês, Heizo Takenaka, que dizem ter entregado o controle das corporações japonesas para a máfia khazariana, pelo fato do Japão ter sido ameaçado ser atacado com armas de terremoto. De qualquer modo, o Japão foi atacado, porque, depois que Takenaka renunciou, o Imperador tentou reafirmar o controle japonês sobre o Banco do Japão, segundo fontes da Família Real Japonesa.

A notícia de que uma superarma nuclear russa está desaparecida, provavelmente seja uma ameaça khazariana velada, de  usá-la para criar outro incidente de assassinato em massa do tipo Fukushima se seu poder for ameaçado. Pode ser por essa razão que as pessoas (ou devo dizer ícones da cabala) como Hillary Clinton permanecem livres.

https://www.cnbc.com/2018/08/21/russias-nuclear-powered-missile-that-putin-claimed-had-infinite-range-is-currently-lost-at-sea.html

No entanto, enquanto muitos dos principais criminosos khazarianos permanecem livres, ataques contra a cabala em níveis mais baixos estão tendo um impacto de bola de neve. Nesta frente, a mais recente informações de fontes do Pentágono é que “a gigante química alemã, Bayer, foi autorizada a comprar a Monsanto, uma vez  que ações judiciais maciças e investigações sobre glifosato, OGMs, etc, irão derrubar essa corporação da cabala”. As fontes acrescentam que “Big Farma, também, não é apenas alvo de indignação pública pelos altos preços dos medicamentos, mas também, pela produção de vacinas assassinas por parte da Merck”.

Além disso, nos EUA, “o exército privado da máfia [khazáriana] judaica, o corrupto Departamento de Polícia de Nova York (NYPD), pode ser investigado por impor cotas ilegais em prisões, intimações e multas de muçulmanos e minorias, enquanto protege os bairros judeus”. A maioria dessas pessoas está sendo presa por falsas acusações (por exemplo, 48,6% dos presos federais estão detidos por delitos relacionados com drogas) como uma maneira de fornecer trabalho escravo para prisões privadas. Nesta frente, é interessante notar que os trabalhadores escravos na prisão entraram em greve.

https://www.zerohedge.com/news/2018-08-24/us-inmates-demand-living-wage-amid-largest-prison-strike-history

Noutra frente, Trump escalou sua guerra cultural contra a máfia judaica atacando, não apenas, os membros da NFL, mas as redes de TV judaicas como ESPN, CBS, Fox e NBC, que recentemente se recusaram a exibir o Hino Nacional Americano.

Além disso, citando novamente Steele, “Trump pode estar dando a Jeff Sessions uma última chance de realizar investigações públicas significativas dos Clintons (por traição, pedofilia, fraude eleitoral e fraude de caridade), bem como John Brennan. Enquanto Hillary Clinton se prepara para encabeçar três eventos de arrecadação de fundos democráticos, numa lembrança pública significativa de que seus altos crimes e delitos como Secretária de Estado - incluindo a venda do Líbano para a França, da Síria e do Iêmen para a Arábia Saudita e do Uranium One para a Rússia - pode ser o prego no caixão Democrata nas eleições de Novembro”.

Pessoal, preparem-se para um Outono movimentado.


Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤
Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui