17 CURIOSIDADES FASCINANTES SOBRE O VODU

17 CURIOSIDADES FASCINANTES SOBRE O VODU
1 – O vodu é uma forma de expressão espiritual que traz traços de religiões africanas, do espiritismo, do animismo e, em alguns casos, da magia e do xamanismo;
2 – Ao contrário do que possa parecer — e do que muita gente pensa graças aos filmes de terror —, o vodu não está focado na magia negra nem na realização de feitiços. É uma religião focada na cura e em fazer o bem na comunidade;
3 – A palavra vodu tem sua origem no dialeto africano Fon gbé e significa “entidade espiritual”;
4 – Trata-se de uma religião monoteísta, cuja figura central é um deus todo-poderoso que se destaca das demais divindades e ao qual os praticantes se referem como Bon Dieu — ou Bom Deus, em tradução livre;
5 – Mas os praticantes do vodu também acreditam na existência de entidades “menores”, as Iwa. Aliás, assim como aconteceu com a umbanda no nosso país, essas divindades acabaram se fundindo com ícones do catolicismo, e hoje existe um sincretismo entre as figuras das duas religiões;
6 – Essas entidades guardam relação com as forças da natureza, e os seguidores do vodu as invocam para pedir conselhos ou para aprender com elas;
7 – Para se comunicar com essas entidades, os praticantes fazem orações, sacrificam animais e realizam rituais embalados por música e dança;
8 – Os sacrifícios são conduzidos para liberar a energia vital dos animais que, então, é transferida ao Iwa. Contudo, vale ressaltar que os sacrifícios humanos jamais fizeram parte do vodu, já que, de acordo com o código moral da religião, é estritamente proibido ferir o próximo;
9 – Para os seguidores do vodu, existem dois mundos — o visível, onde nós nos encontramos agora, e o invisível, que é onde as almas dos nossos antepassados estão —, e o que separa os dois é a morte;
10 – Ele é praticado em diversas partes do mundo, como na República Dominicana, em Cuba, em Porto Rico, em New Orleans, na Louisiana e aqui no Brasil. No entanto, o vodu é especialmente conhecido na África Ocidental e no Haiti — onde é estimado que existam 4 milhões e 5 milhões de seguidores, respectivamente;
11 – No Haiti, o vodu é protegido pela Constituição do país, promulgada em 1987. No entanto, a religião nem sempre foi bem aceita por lá. Nas décadas de 40 e 50, a Igreja Católica ordenou que santuários fossem queimados e que seus praticantes fossem agredidos;
12 – O vodu não possui escrituras nem um líder — como seria o caso da Bíblia e do Papa, por exemplo;
13 – Embora muita gente acredite que os seguidores do vodu façam uso frequente de bonecas para a prática de feitiços, esses objetos raramente são empregados. Em realidade, eles são comumente utilizados pelos praticantes de outra religião, o hoodoo;
14 – Tanto homens como mulheres podem ser escolhidos para "presidir" as cerimônias e, apesar de eles poderem dar conselhos aos seguidores, o vodu mantém a crença de que todos os praticantes podem alcançar a sabedoria espiritual por conta própria;
15 – Um dos aspectos centrais do vodu é a cura — e os seguidores fazem uso de ervas e invocam os Iwa para os trabalhos;
16 – Os seguidores acreditam que eles podem ser possuídos pelas entidades menores durante determinadas cerimônias. E mais: há quem defenda que a própria alma saia do corpo para dar lugar ao Iwa;
17 – No Benin, onde o vodu é largamente praticado, existe a tradicional figura dos Zangbetos — que são guardiões cobertos da cabeça aos pés por uma fantasia feita de palha. Esses homens patrulham as ruas durante a noite e podem ser possuídos pelo Iwa em determinadas ocasiões. Pois, antes que existisse uma força policial oficial no país, os Zangbetos eram os responsáveis por manter a ordem.
Fonte:https://www.megacurioso.com.br/religiao/98387-17-curiosidades-fascinantes-sobre-o-vodu.htm