CONEXÃO COM O CÉU


Conexão com o céu


A palavra graça vem do grego caris, que significa o ungido, o protegido. Também quer dizer alegria, já que aquele que recebe uma graça sente-se firme e seguro diante de qualquer perigo. Não importa qual seja sua crença, lance aos céus seu pedido. Se você quer saúde, amor ou dinheiro, eleve suas preces para o alto e peça sua graça. Valem oração, novena, promessa, pedido para nós mesmo ou outras pessoas. Veja como cada religião lida com a questão:


conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog-1.jpg


Os praticantes do budismo costumam pedir que os seres iluminados lhes abençoem na busca espiritual, evitando que se distraiam com questões terrenas. Também são estimulados a fazer pedidos, até os mais banais, para conseguir a paz necessária para essa importante jornada. Só somos atendidos, porém, quando acumulamos méritos, praticando bondade e a compaixão, por exemplo, purificando o carma negativo. Esse carma é formado por atitudes maléficas, desta vida ou de outras passadas, que atrapalham nosso crescimento espiritual, segundo as filosofias orientais. Orar, entoar mantras, fazer oferendas ou qualquer prática que promova harmonia são ações que nos fazem obter méritos.


conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog-2.jpg


Os muçulmanos creem que o destino de cada ser humano já está traçado por Alá, o deus supremo, mas nada impede que o fiel peça ao Senhor que lhe alivie o fardo. No próprio Alcorão, o livro sagrado da religião islâmica, as súplicas que fazem o legado de Alá ao profeta Maomé contêm pedidos.


conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog-3.jpg


Os indianos meditam e fazem banhos sagrados e retiros espirituais para se aproximar das várias manifestações divinas. Seus pedidos mais frequentes são por saúde, longa vida e prosperidade. A não ser quando rogam pela aniquilação de todos os carmas, para que a alma possa partir para outra etapa de evolução.


conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog-4.jpg


No judaísmo, a graça é concebida como um presente diário e compreende até mesmo as coisas simples da vida, como o nascer e o pôr do sol. A diferença entre o milagre e uma manifestação da natureza é a repetição do fenômeno. Quando ele ocorre mais frequentemente, o atribuímos à ação natural. Quando acontece com mais raridade, é algo milagroso. Um judeu deve rezar três vezes ao dia, pedindo sabedoria, saúde e sustento. Pessoas de todos os credos enfiam papeizinhos com pedidos nas frestas das pedras do Muro das Lamentações, um dos lugares sagrados do judaísmo, em Jerusalém, Israel. As fendas ficam repletas deles, o que dificulta encontrar espaço para colocar um novo pedido.


conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog-5.jpg


Os católicos têm o hábito de pedir a intercessão dos santos para que Deus lhes conceba uma graça. As orações que circulam nos santinhos de papel são maneiras de formalizar o pedido. Cada santo abraça um tipo de causa – urgente, impossível, perdida. Ou ainda, de caráter amoroso, financeiro e de saúde. O padre José Bizon afirma que “a graça é um presente que Deus nos dá independentemente de quem somos, por Sua própria misericórdia”, e lembra que, se alguém pede emprego não apenas para si mas também para outros milhões de desempregados – por exemplo, em uma graça coletiva –, trabalha pelo bem da humanidade e atrai a bondade divina.


conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog-6.jpg


Uma técnica de meditação segunda a tradição cristã, para ser usada quando quiser mudar a sua vida de acordo com a graça de Deus:


1. Sente-se numa almofada ou cadeira no seu espaço de meditação. Acenda uma vela. Respire profundamente durante alguns minutos para centrar e acalmar a sua mente.

2. Contemple os modos pelos quais pode ter lugar para a graça divina na sua vida. Como poderá estender a graça que lhe foi concedida a si, à sua família, amigos e comunidade? Neste mundo em que tudo é levado ao extremo e em que as pessoas estão física, emocional e financeiramente tensas, é importante ajudá-las a aliviar a pressão e a criar espaço para a graça poder entrar. Como poderá reorganizar as suas prioridades para que possa satisfazer as necessidades de amor e de graça do seu círculo íntimo?

3. Escolha três maneiras pelas quais pode seguir o caminho da graça. Por exemplo, pode convidar um amigo com quem teve uma desavença para jantar. Pergunte ao seu cônjuge como pode ser um melhor companheiro. Envolva-se no apoio aos idosos da sua comunidade.

4. Termine a sua meditação escrevendo uma prece a Deus, agradecendo-lhe todas as suas bênçãos.



Fonte: Bons Fluidos, Ed. 54, Editora Abril / A Bíblia da Meditação, Madonna Gauding, Dinalivro



Ouça a clássica canção Amazing Grace, escrita em 1779 por John Newton (um traficante de escravos americano arrependido), na bela versão de Joey Rory:

Total Duration: 2 min
00:00
/
02:52

AMAZING GRACE

(John Newton)



Amazing grace how sweet the sound (Maravilhosa graça, como doce é o som)

That saved a wretch like me (Que salvou um infeliz como eu)

I once was lost but now I'm found (Eu estava perdido, mas agora me encontrei)

Was blind but now I see (Era cego mas agora eu vejo)



It was grace that taught my heart to fear (Foi a graça que ensinou meu coração a temer)

And grace my fears relieved (E a graça aliviou meus medos)

How precious did that grace appear (Quão maravilhoso foi aparecer essa graça)

The hour I first believed (Na hora em que acreditei)



When we've been there ten thousand years (Quando nós tivermos completado dez mil anos)

Bright shining as the Sun (Brilhando como a luz do sol)

We've no less days to sing God's praise (Não teremos menos dias para cantar louvores a Deus)

Than when we first begun (De quando começamos pela primeira vez)



Amazing grace how sweet the sound (Maravilhosa graça, quão doce é o som)

That saved a wretch like me (Que salvou um infeliz como eu)

I once was lost but now I'm found (Eu estava perdido, mas agora me encontrei)

Was blind but now I see (Era cego mas agora eu vejo)


Fonte:https://www.comprazen.com.br/blog/1/201/conexao-com-o-ceu-graca-divina-budismo-islamismo-judaismo-hinduismo-cristianismo-nosso-blog