SINAIS DE WI-FI PODEM SER USADOS PARA VER ATRAVÉS DAS PAREDES DE SUA CASA E INVADIR SUA PRIVATICIDADE

Resultado de imagem para Sinais de Wi-Fi Podem ser Usados para ver Através das Paredes de sua Casa e Invadir sua Privacidade

Sinais de Wi-Fi Podem ser Usados para ver Através das Paredes de sua Casa e Invadir sua Privacidade

Resultado de imagem para Sinais de Wi-Fi Podem ser Usados para ver Através das Paredes de sua Casa e Invadir sua Privacidade


Se você tem um roteador Wi-Fi em sua casa, você provavelmente está bastante familiarizado com a capacidade dele atravessar as paredes. Pode haver alguns cantos distantes de sua casa onde ele não pode alcançar, frustrando-o sem fim, mas seu poder para mantê-lo conectado enquanto você se move de sala em sala é nada menos do que impressionante.

No entanto, as mesmas ondas eletromagnéticas que permitem que você leia a notícia em seu banheiro também podem ajudar alguém fora de sua casa criar uma imagem holográfica em 3D sua, enquanto você está lá tratando dos seus assuntos pessoais. 



Esta holografia Wi-Fi foi criada pelo estudante de física Philipp Holl, da Technical University de Munique, em conjunto com seu conselheiro acadêmico para tese de graduação, e foi recentemente publicada na Physical Review Letters.

Embora os sinais Wi-Fi perdidos já foram usados ​​para ver através das paredes há algum tempo, o método de Holl é inovador porque é o primeiro a usar esses sinais para construir hologramas 3D de um espaço. Nem todos os sinais do seu roteador chegam ao seu dispositivo; em vez disso, os roteadores soltam e espalham sinais fora dos objetos. O dispositivo de Holl faz uso dos sinais Wi-Fi perdidos e de duas antenas, que varrem a sala e coletam imagens. Uma antena fixa é encarregada de gravar o fundo do campo Wi-Fi, enquanto a segunda antena é movida para diferentes pontos na sala para coletar pontos de referência diferentes. Eles estão gravando não só a intensidade do sinal Wi-Fi, mas também a sua "fase", que é a propriedade de luz vinda da onda.
Estas imagens são então alimentadas a um computador para criar um mapa holográfico 3D com a ajuda de um algoritmo de reconstrução digital. Usar antenas adicionais pode ajudar a criar as imagens ainda mais rápido e com mais precisão. O software constrói uma série de imagens 2D conforme a antena oscila ao redor, que são então combinadas em um holograma 3D.

Embora possa facilmente detectar o contorno de uma pessoa, ainda não é sensível o suficiente para buscar objetos menores, como xícaras de café. Seus primeiros hologramas foram feitos usando uma cruz de metal brilhante que tinha sido colocada na frente de um roteador Wi-Fi.

Algumas de suas aplicações são muito úteis, como localizar pessoas que ficaram presas dentro de um edifício após um desastre natural, mas outros usos são mais do que inquietantes. Holl notou que poderia eventualmente ser usado por um drone para mapear o interior completo de um edifício em menos de 30 segundos. Também pode ser útil para espiar pessoas, seja a CIA, um ex-amante rejeitado ou simplesmente adolescentes entediados. Adicionando à preocupação está o fato de que Holl diz que as antenas podem ser pequenas o suficiente para caber dentro de um smartphone.

Resultado de imagem para Sinais de Wi-Fi Podem ser Usados para ver Através das Paredes de sua Casa e Invadir sua Privacidade

Backdoor Descoberto em Roteadores da D-Link


O pesquisador de segurança, Craig Heffner, da Tactical Network Solutions, detectou a presença de backdoors - instrumentos que permitem a leitura de dados - em vários modelos de roteadores da D-Link, fabricante taiwanesa, com presença em mais de 90 países.

O especialista em sistemas de comunicação sem fio e embarcados escreveu no seu blog que a interface web de modelos dos roteadores D -Link pode ser acessada por meio de uma sequência "xmlset_roodkcableoj28840ybtide”. Curiosamente, se a segunda metade da sequência for invertida e o número for removido, chega-se à frase “edit by joel backdoor” – em português, “editado por joel backdoor” – sugerindo ter sido intencionalmente colocado no código.

O meu palpite é que os programadores perceberam a necessidade de alguns programas / serviços serem capazes de alterar as configurações do dispositivo automaticamente”, escreve Heffner. “Percebendo que o servidor de Internet já tinha todo o código para alterar essas configurações, decidiram ser suficiente enviar solicitações ao servidor de Internet quando era preciso mudar alguma coisa", salienta ainda o especialista em segurança.

Para detectar outros modelos de roteadores D –Link vulneráveis, Heffner usou um motor de busca especial chamado Shodan, projetado para encontrar qualquer dispositivo conectado à Internet, desde geladeiras a câmaras de vigilância, e roteadores. De acordo com o especialista de segurança, o firmware foi encontrado nos seguintes modelos de roteadores da D-Link: 
DIR- 100, DI- 524, DI- 524UP , DI- 604S , DI- 604UP , DI -604 + , TM- G5240 e , possivelmente, o DIR- 615. Dados de mercado dão conta que pelo menos 250 milhões de usuários utilizam esses roteadores nas suas redes.


Fontes:
Convergência Digital: Especialista detecta 'backdoors' em roteadores da D-Link - BBC: Backdoor found in D-Link home routers
Backdoor found in D-Link router firmware code
D-Link: Update on Router Security issue

Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2013/10/backdoor-descoberto-em-roteadores-da-d.html#ixzz4iNu03acu


Wi-Fi ligado a problemas de saúde

Naturalmente, a privacidade não é a única razão pela qual você pode querer ignorar o Wi-Fi em sua casa. Ele também tem sido associado a problemas como distúrbios do sono, dores de cabeça, fadiga, ansiedade, pensamentos confusos e dificuldade de concentração. A natureza do Wi-Fi sempre ligado significa que as pessoas estão sendo expostas à sua energia eletromagnética perigosa a cada hora de cada dia. Se você puder ver as conexões de seus vizinhos no gerenciador de conexões do seu computador, seus campos EMF também estão consolidados ao seu redor.

Você não pode realmente evitar o Wi-Fi completamente hoje em dia, mas você pode fazer um ponto para usar a Internet com fio em sua própria casa e desativar seu roteador Wi-Fi, ou pelo menos, desligá-lo quando você vai dormir. A tecnologia de Holl pode levar alguns anos para ser refinada, mas o Wi-Fi já está impactando a saúde das pessoas.

Fonte:http://www.anovaordemmundial.com/2017/05/sinais-de-wi-fi-podem-ser-usados-para-ver-atraves-das-paredes-de-sua-casa-e-invadir-sua-privacidade.html?

Wi-Fi: A Morte Invisível que Está Destruindo a Geração Mais Jovem em Todo o Mundo

A Agência de Proteção Sanitária da Grã Bretanha, em um estudo realizado em 2007, constatou que a "radiação de microondas na gama de frequência do wi-fi, causa alterações de comportamento, altera as funções cognitivas, ativa a resposta ao estresse e interfere nas ondas cerebrais." Também mencionaram os possíveis riscos para a saúde das crianças que frequentam escolas com redes sem fio.
Já havíamos visto mês passado no post "Uso de Extensivo de Telefone Celular Pode Triplicar Risco de Câncer de Cérebro" que o uso intenso de telefones celulares podem triplicar o risco de câncer de cérebro.

E não é de se duvidar que a radiofrequência dos celulares e sem fio, das torres de telefonia móvel e das redes WI-FI emitam radiação que de uma maneira ou outra, afete as pessoas que estão dentro do seu raio de ação.

estudo "Interphone", realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e publicado na International Journal of Epidemiology, apesar de não fornecer provas conclusivas sobre supostas terminais de segurança levanta suspeitas. Em uma revisão realizada em junho de 2010, assegurou que para cada cem horas de uso de seu celular, o risco de meningioma - tumor cerebral - aumentou 26 por cento.

Fernando Pérez, vice-presidente da Fundação para a Saúde Geoambiental aponta que as crainças em casa são as mais vulneráveis, juntamente com as mulheres grávidas, idosos e enfermos. "Todos os estudos epidemiológicos tem demonstrado os efeitos reais das radiações na saúde e no desenvolvimento das crianças", explica Pérez.

Claro que há outros estudos que afirmam que a exposição a este tipo de radiação é seguro. Mas se fosse assim, por que estão tomando medidas na Europa Um dos exemplos mais contundentes vem de seu vizinho. Na França, estão eliminando as redes wi-fi em bibliotecas, colégios e lugares públicos, "mas na Espanha a  a lei remonta a 2001 e estabelece limites máximos que 4.000 vezes superiores aos recomendados pelo últimos estudos", aponta Pérez.

Por outro lado, existem 'relatórios científicos', que afirmam que as redes wi-fi são totalmente inofensivas, mas não se esqueça que a maioria destes "relatórios" são pagos pela "aliança WiFi" uma associação que representa a indústria WLAN, composta por mais de 200 grandes empresas.

Os sintomas de uma alta exposição a redes wi-fi se manisfestam como dor de cabeça, cansaço crônico, dificuldade para dormir, palpitações, dor de ouvido e insônia.

Por isso, o melhor é prevenir, se for o caso. Estas são algumas medidas que podem nos proteger das radiações wi-fi, tanto no escritório como em casa.

1 - Desconectar a conexão quando não estiver usando, especialmente durante a noite.

2 - Substitua o acesso sem fio, mediante cabo de rede, ou um PLC que permite que você use suas próprias tomadas elétricas e soquetes como rede local.

3 - Não abuse do celular. O melhor é utilizá-lo com a função viva voz ativada.

4 - Não utilize telefones sem fio DECT em sua casa, os quais emitem grandes doses de radiação. Se não tiver outra opção a não ser um telefone sem fio, escolha as opções tipo ECODECT, que pelo menos evita o problema quando o telefone está descansando na base.


Imagem relacionada

Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2014/06/wi-fi-morte-invisivel-que-esta-destruindo-a-geracao-mais-jovem-em-todo-o-mundo.html#ixzz4iNtQlIF8



Resultado de imagem para Sinais de Wi-Fi Podem ser Usados para ver Através das Paredes de sua Casa e Invadir sua Privacidade