HIGIENE EMOCIONAL : A MENTE LIVRE

Resultado de imagem para Higiene emocional: a mente livre

Higiene emocional: a mente livre

Resultado de imagem para Higiene emocional: a mente livre

Higiene emocional tem sido termo de frequente uso quando falamos em saúde mental.

A ideia de higiene emocional passou a ser mais difundida quando Daniel Goleman publicou seu novo livro A force for Good, escrito a partir de conversas com o Dalai Lama.
O Dalai Lama a define como uma maneira de se conectar ao mundo estando “livre” de pensamentos, sentimentos e julgamentos que sejam prejudiciais a nós mesmos ou a outros.
Isso pressupõe um profundo conhecimento e gerenciamento de nós mesmos e de nossas emoções.

Gerenciando emoçõeshigiene emocional

Talvez pudéssemos pensar nisso como um profundo exercício de compaixão em que, mesmo vivenciando um momento de raiva, por exemplo, nos utilizemos das técnicas de mindfulness ou qualquer outra coisa que funcione, para não operar no mundo com este sentimento, mas que possamos estar sempre disponíveis e abertos para o que vem a nosso encontro no mundo, tentando viver sempre o momento presente com aquilo que ele nos traz.

Mindfulness

mindfulness
Mindfulness: atenção no aqui e agora, livre de julgamentos.
Há muitas formas de usar nossa atenção para gerenciar nossas emoções. Podemos exercitar nossa atenção para retornar e focar; notamos que divagamos e retornamos.
Isso é o Mindfulness. Trazer a atenção de volta, é um treinamento.
Quando falamos de higiene emocional, as formas mais comumente divulgadas são aquelas que trabalham com atenção e foco, pois essas habilidades também colaboram para o melhor entendimento de nossas emoções e nossas reações.
Assim, podemos nos tornar mais conscientes sobre o modo como interagimos com o mundo, como nos colocamos e ocupamos nossos lugares em nossas relações.

Autoconhecimento

Reconhecemos em nós mesmos nosso enraizamento, aquilo que está marcado em nossa mais profunda anatomia e escrito em nossa história de movimento, trazendo movimentos à consciência e podendo abrir caminhos para transformação.
Lembrar nosso corpo de sua inteligência nata, por meio dos movimentos, facilita a mudança através das camadas enrijecidas de nós mesmos.
A higiene emocional seria uma das formas desse aprofundamento em si mesmo.
higiene emocionalComeçando por nós mesmos, pelo conhecimento de nossas próprias emoções, conseguimos abrir nossos horizontes para um olhar mais longínquo, olhar ao próximo, para o mundo que se encontra em nossa volta e a maneira como interagimos, afetamos e somos afetados por ele.
Assim, cientes de todos esses fatores podemos fazer escolhas mais próprias.

Meditação

meditaçãoImportante lembrar, para os inquietos, que a prática de meditação não exige a postura sentada, existem várias práticas de meditação que envolvem movimento, como Tai Chi Chuan, prática de movimento autêntico, meditação caminhando, entre outras.
Uma versão simples e universalmente conhecida de meditação é a concentração na respiração.
A respiração é como um medidor de nossos estados emocionais: se respiramos muito rápido, provavelmente estamos ansiosos e, quanto mais relaxados estamos, a tendência é de que nossa respiração seja mais lenta.

Fonte:http://www.pdhpsicologia.com.br/higiene-emocional-a-mente-livre/#more-10541

Dalai Lama


Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA