ECLIPSE SOLAR - 26 DE FEVEREIRO DE 2017 - SERÁ UM PROCESSO DE PURIFICAÇÃO SEM PRECEDENTES

eclipsesolar

Eclipse Solar – 26 de fevereiro – será um processo de purificação sem precedentes



Estamos, enfim, chegando ao fim de um ciclo de dois mil anos, em que por um longo tempo vimos nos curando, nos purificando das velhas crenças, padrões cármicos e marcas genéticas/implantes que nos mantiveram escravizados em uma realidade limitada e sombria. Por isso que o ciclo dos últimos nove anos foi uma etapa de liberação muito intensa, que não pode ser comparada com as anteriores.
Esse eclipse – principalmente para as novas almas que estão acessando esta jornada – será um processo de purificação sem precedentes. Porque, é finalmente com esse eclipse solar, a 8 graus do etéreo signo de Peixes, o último até os próximos dezoito anos, que passamos da escravidão para a liberdade, por finalmente deixar para trás a Era de Peixes e entrar na emancipadora Era de Aquário.
Estamos profundamente imersos, desde o começo deste mês – e até o equinócio de março – em uma intensa passagem cósmica. Pois estamos constantemente dissolvendo e ativando as frequências mais elevadas para que possamos continuar com o nosso trabalho interior de reconexão do DNA e continuar a recuperar todo o antigo conhecimento, que ainda está intacto internamente e que certa vez foi desativado.
Durante esses seis meses, em que as energias dos eclipses serão sentidas fortemente, e à medida que continuamos a liberar e integrar essa nova onda em nossos corpos, vamos experimentar muitas sensações físicas, visto que estamos liberando mais densidade de nossos corpos. Tomem isso como uma parte natural do nosso processo de ascensão, em vez de uma experiência dramática, porque todos sabíamos que nem sempre seria fácil.
Neste momento, as energias dos eclipses, vão alterar de modo profundo os campos magnéticos da Terra. É por isso que os Guardiães estarão ocupados ancorando as frequências que se originam desses portais estelares, enquanto os estabilizadores, por exemplo, o meu papel, será de ancorar o equilíbrio.
Todo mundo tem o seu papel exclusivo na Criação, e todos temos codificado em nosso DNA os códigos de luz adequados, que nos conectam às frequências específicas que devemos transmutar, ancorar ou trazer à harmonia para o Todo.
Em um mês em que estamos envolvidos por muita impetuosidade, uma vez que temos cinco planetas em signos de fogo, para nos ajudar a queimar velhos mundos criados, certa vez, no nível de conscientização que possuíamos e começamos de novo, somos abençoados com as energias intuitivas e de cura de Peixes, cuja essência yin nos acalmará, enquanto continuamos navegando nessa intensa onda ardente, em uma eterna dança de liberar tudo e acolher novos horizontes.
A energia ígnea se concentra no eu e age no físico, enquanto a água de Peixes se concentra na consciência da unidade e no serviço. Ambas são essenciais para manter o equilíbrio, à medida que continuamos a experimentar um aspecto individualizado da Fonte, em um plano físico.
Peixes é o último signo do zodíaco. É com Peixes que começamos a lembrar de nossas verdadeiras origens, removendo débitos cármicos, nos purificando e alcançando a iluminação pessoal.
Esse eclipse marca um ponto fundamental no coletivo, porque vai trazer a verdade acima da ilusão, a cura e muitas revelações, principalmente para as almas que – devido aos seus contratos anímicos – estão se curando e se desprogramando, e começando a incorporar mais informações acerca da sua exclusiva missão de alma no Planeta, para estarem a serviço.
É também com Peixes que despertamos para a nossa derradeira lição, que todos somos Um na Criação – lembrando de nossa conexão com todos os seres, e enfim, passando de nossa personalidade tridimensional programada, para um espaço de livre soberania e compaixão relativamente a nós mesmos e ao Todo, acolhendo não apenas o nosso aspecto individualizado, como foi no começo com Áries, mas todos os aspectos multidimensionais de quem verdadeiramente somos, bem como os demais.
Quando atingimos esse signo de água, é porque estamos prontos para subir mais um degrau nessa espiral evolutiva infindável da Criação, e começamos a incorporar nossos chacras superiores e despertar para a consciência cósmica, uma vez que já dominamos nosso reino terreno, e estamos preparados agora para acolher uma perspectiva mais elevada de quem somos.
Esse eclipse é para terminarmos, assim como começarmos novamente, porque ambos estão entrelaçados, os antigos padrões, que ainda temos a tendência de repetir, e acolher o nível superior das Verdades, que nos ajudarão a lembrar de nossa natureza divina, em lugar do antigo estímulo da desesperança humana, de que somos meras vítimas de circunstâncias externas.
No período do eclipse solar, temos o Sol em conjunção com a Lua, e Netuno em Peixes, juntamente a Mercúrio, Pallas, Quíron e o Nodo Sul, nesse mesmo signo. Essa é uma dádiva cósmica para que curemos o nosso eu ferido e mergulhemos nas profundezas do oceano da consciência da unidade, que é o que Peixes e o seu regente, Netuno, nos convidam a fazer, dissolvendo-nos na totalidade de nossos domínios interiores – e sentidos superiores – assim como a Fonte de amor e seu eterno e amoroso abraço de onde todos emergimos.
O Sol em conjunção com Netuno – o regente de Peixes – e ainda mais com a Lua envolvida, vão ajudar a nos conectar com o nosso subconsciente e com os Reinos Superiores da Iluminação, trazendo desses planos ocultos o conhecimento que vai nos ajudar a discernir entre as muitas possibilidades que ainda estão oscilando em nosso plano mental, aguardando para serem trazidas para o tangível, de modo que o nosso criador interno possa continuar a evoluir nessa nova etapa de nossa jornada ascensional.
Trata-se de um momento mágico para estabelecer contato com o nosso Eu Unificado/Eus e outros seres que vêm andando conosco, em silêncio, até que dominemos nosso eu inferior, para nos lembrar de que esses seres são apenas as nossas versões mais elevadas e de outros companheiros cósmicos, que decidiram nos apoiar nos planos não-físicos da existência, enquanto caminhamos na Terra.
Este é um momento para as almas ascendentes, que vêm trilhando esse caminho por um longo tempo, começar a reconhecer a nossa verdadeira herança cósmica, assim como a conexão natural com as outras dimensões da Criação, porque isolados não podemos fazer tanto quanto quando estamos unidos.
O contato se faz de muitas maneiras, visto que somos todos únicos. Alguns ouvem, alguns veem, alguns sentem e outros se comunicam de modo telepático, entre muitos outros meios. Quando nos comparamos aos outros, nos enfraquecemos, por deixar de amar o aspecto individualizado da Fonte que está ávido para experimentar esta vida por nosso intermédio, simplesmente como somos. Todo mundo possui os próprios dons e meios de contatar o desconhecido. Todas as formas são iguais.
A frequência de Netuno – se integrada com o equilíbrio – pode nos ajudar a mergulhar em nossos domínios interiores ou pode nos levar a um estado de ilusão, porque Netuno é o planeta do subconsciente e também da ilusão. Isso é o que os extremos provocam, quando, em vez de nos alinharmos com a nossa alma, nos alinhamos com o nosso ego, escapando da realidade – fingindo ver e receber o que ainda não somos capazes de acolher, devido à nossa frequência inferior, e, portanto, mentimos para nós mesmos.
É por isso que é essencial honrar e respeitar o lugar em que estamos, sem criar mais ilusões, porque estamos sempre no lugar perfeito e em nosso tempo divino, para integrar os níveis mais elevados da consciência.
Outro importante aspecto desse eclipse pisciano, é a conjunção entre Marte e Urano, e a oposição entre esses dois planetas com Júpiter. O guerreiro, Marte, juntamente ao planeta da rebelião vão nos dar uma enorme infusão de criatividade e coragem, mas também uma impulsividade para agir, visto que esses planetas juntos são forças que não se pode deter. Eis onde Júpiter, em Libra, vem trazer uma percepção superior, paz, expansão no pensamento e discernimento.
Alguns astrólogos dizem que essa combinação provocará acidentes e muitas tragédias, mas já sabemos que essa poderosa onda simplesmente é. Somos nós que temos que fazer a escolha consciente a fim de direcionar as energias para a manifestação de nossas criações internas, ou utilizá-las para destruir.
Somos presenteados com uma nova oportunidade para agir com integridade e compaixão – com todos – a cada momento. As energias simplesmente existem, não são boas nem más, o seu significado e o uso que fazemos delas é de nossa responsabilidade.
Durante o eclipse solar, temos outro alinhamento cósmico entre o eclipse solar e a estrela fixa Skat, na constelação de Aquário, trazendo-nos a lembrança de nosso verdadeiro estado de ser natural, que é sempre um de regozijo e unidade com todos. O nome Skat significa “O Desejo” e se origina da antiga Pérsia. Como essa estrela está alinhada também com Júpiter e sua energia expansiva, vai iluminar, amar e proteger tudo o que tocar.
Diz-se que se formularmos um desejo no momento do eclipse(*), a estrela Skat nos concederá o que desejarmos.
(*) Nota Stela – será às 12:51:23 – horário de Brasília
Como almas em ascensão, sabemos que nada externo nos concederá nada, porque esse é outro aspecto da Criação – forças diferentes – tendo a própria experiência evolutiva na Criação. Elas não estão aí para nos abençoar ou rejeitar o que somos – como seres divinos – é nosso direito de nascimento, elas simplesmente são Seres.
Todavia, como todos nós somos Um, se alinharmos nosso puro desejo de alma com esse nosso aspecto macro, que também habita internamente, nós, em cocriação com essas forças, podemos criar os milagres que alguns aguardam das forças externas – e dos seres – e manifestar em nossa experiência de vida, o que será para o bem mais elevado de todos.
Este é um momento muito especial, visto que estamos finalmente entrando em um ciclo de liberdade e integridade, e o modo pelo qual o cosmos nos mostra para onde estamos nos conduzindo, é com esse eclipse pisciano que encerra um antigo ciclo de dominação patriarcal e retorna ao feminino que ficou perdido, baseado no amor, compaixão e um modo de vida mais elevado.
É também um momento muito importante para encerrar nossos contratos de alma, em vez de ficarmos apegados a um determinado resultado em nossos relacionamentos, porque não vimos aqui para ficar repetindo o mesmo cenário todas as vezes, mas para estar nos expandindo constantemente, em novos horizontes, encontrando/reunindo com as almas que estão no mesmo nível de consciência que agora alcançamos.
Enquanto fazemos a jornada por essa passagem do eclipse, seremos abençoados com as revelações que nos mostrarão a verdade acerca de nós mesmos, bem como o que está realmente ocorrendo em nossas experiências.
É essencial nos interiorizar para acolher a verdade que sempre habitou internamente e que o nosso eu inferior tende a ocultar quando conveniente, visto que prefere a linearidade e o conforto do que é familiar, e começa a liberar todas as interações forçadas, sem autenticidade e integridade, que ainda mantemos, simplesmente por causa de nosso apego humano e do medo do desconhecido.
Lembrem-se, meus amados, enquanto estão apegados a um determinado relacionamento – ou desejando algo diferente daquilo que está acontecendo no momento – vocês estão impedindo a vinda em sua vida das almas preciosas que decidiram estar aqui encarnadas, neste momento único na Criação, apenas para compartilhar uma parte desta jornada física com vocês, mas elas não conseguem encontra-los até que vocês permitam que o Universo os conecte com vocês, porque a sua decisão, quer venha do ego, quer da alma, é sempre respeitada neste amoroso Universo.
Esse eclipse solar em Peixes, traz a verdade e a liberdade pessoais – liberação das antigas correntes, que o nosso humano inferior criou, e que nos serviu para despertar, mas que agora não é necessário nesta nova jornada que decidimos conscientemente acessar.
Esse portal cósmico traz clareza interna e em nossas experiências da vida física. Escutem os sussurros de sua alma, porque, mesmo que aquilo que vocês possam ouvir não seja compreendido pelo eu egoico, sempre será o que vocês precisam para o crescimento pessoal.
Uma comunicação superior vem somente, quando, primeiramente escutamos e aceitamos a verdade a nosso respeito e a nossa jornada pessoal. Só então estamos prontos para passar para o próximo nível.
Se vocês falam, leem ou assistem algum material espiritual/ascensão, mas em seguida agem movidos apenas pelos desejos inferiores, então, vocês não estão agindo com integridade e em uníssono com a vontade divina. Como almas em ascensão, não baseamos mais a nossa existência nos desejos egoicos, porque apenas somos movidos pela Inteligência Superior, dentro de nós, que sabe o que vai beneficiar a todos e não apenas a si mesmo.
Não há nada de errado em dizer aquilo que se pensa ser correto, mas depois agir de modo diferente, porque é assim que nos lembramos, por repetir os mesmos padrões até estejamos prontos para liberá-los. Portanto, se vocês dizem: “Todos nós somos Um”, mas continuam julgando, comparando e criando a separação entre si e os demais, então, vocês ainda precisam se lembrar da unidade interna em primeiro lugar.
Existem verdades acerca de nossa jornada que são difíceis de aceitar, mas que devem ser apreciadas quando recebidas, porque é o modo que o Universo tem para trazer-nos de volta ao nosso verdadeiro caminho, fazendo-nos reconhecer os velhos hábitos/pensamentos programados, que continuamos a alimentar e que estão nos impedindo de discernir a nossa jornada.
A verdade não é sempre o que esperamos ou o que nos é conveniente, mas é sempre o que é, e o que se precisa no momento para o nosso crescimento humano.
Esta é uma Nova Era de cocriação consciente. Nesta nova oitava superior de amor, em que estamos navegando. Já não buscamos do lado de fora, o que sabemos que só se encontra internamente.
Neste novo ciclo cósmico, aprendemos dessa Era de Peixes, passada, quem verdadeiramente somos por natureza, pela lembrança da alma, e estamos prontos para ir além das manipulações tridimensionais (inclusive aquelas que criamos inconscientemente para nós mesmos) e acolher uma nova jornada livre de limitações e medo.
Lembrem-se, meus amados, trabalhamos em uníssono – como iguais – não contamos mais com as forças ou seres externos para nos orientar, porque nos tornamos os nossos próprios mestres e curadores.
Isso não quer dizer que não precisaremos de confirmação e ajuda, porque não podemos viver isolados, mas agimos como seres soberanos, responsáveis pela própria experiência, em vez de sermos meras vítimas, governadas por circunstâncias externas. Isso porque agora nos lembramos de nossa Essência Divina e da unidade com o Todo, percebendo que somos feitos dos mesmos amor, luz e sabedoria que anteriormente buscávamos nos outros.
Nesta etapa intensa, acolham a verdade, independentemente do que isso lhes mostre, porque ela os libertará. Tornem-se os seres soberanos que vocês verdadeiramente são, e permaneçam sempre na Presença iluminada da sua Alma.
Tenham um eclipse abençoado e mágico, meus amados!
Com amor e luz infinitamente
Natalia Alba
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA