sábado, 19 de novembro de 2016

ARTISTA DEIXA SINAIS DIVERTIDOS PELA CIDADE PARA QUEBRAR A MONOTONIA

Em entrevista ao jornal Sidney Morning Herald em 2015,
o artista explica o objetivo de suas intervenções:


Posted: 18 Nov 2016 08:29 AM PST

Você está andando na rua e de repente vê um aviso muito doido em um telefone público de que se trata de um “telefone de viagem no tempo”.
Entre as opções, você pode voltar para “ontem” ou “15 minutos atrás” teclando o número da primeira casa em que você viveu.
Estranho? Bem, sem dúvida é engraçado!
Esse é um dos muitos sinais divertidos que o ex-pintor Michael Pederson, de 41 anos, deixa pelas ruas de Sydney na Austrália, onde realiza intervenções urbanas do tipo há mais de três anos.
São sinais peculiares, divertidos e reflexivos em todo tipo de lugares, como postes de luz, telefones públicos, edifícios e até no gramado dos parques.

“Muito do meu trabalho é sobre quebrar a monotonia da vida e apenas estar no momento,” disse ele. “Fora nos bairros nós vamos de A a B, do trabalho para casa e voltamos novamente. Nós meio que esquecemos que há vida lá fora na expansão. Eu gosto de fazer pequenas interrupções neste ambiente.”
Michael disse ao Daily Mail que se uma pessoa sorrir, bem, o seu trabalho está feito.
E às vezes ele permanece no local para ver a reação das pessoas, confira algumas das intervenções:

1. Se você for viajar no tempo…

[Esse é um telefone público de viagem no tempo. Para usar esse serviço, por favor, disque o número de telefone da primeira casa em que você morou, seguido pela tecla # e selecione das opções a seguir:
(1) 15 minutos atrás, (2) ontem, (3) 2 semanas antes de todos eles descobrirem o que você fez, (4) 1992, (5) 1787, (6) dinossauros, (7) começo do tempo, (8) antes disso.
Aviso: nunca aperte (9)
Esteja ciente de que a viagem no tempo não deve ser introduzida levemente, então tome pelo menos dois minutos para pensar antes de embarcar. Taxas de chamadas padrão aplicadas.]

2. Quando for olhar para as compras dos outros…

[A respeito das compras de outras pessoas:
1) Se você está cansado ou entediado, tenha cuidado para não ser pego olhando as compras de outras pessoas enquanto elas passam. Uma rápida olhada para os itens deve satisfazer a sua curiosidade e reduz a probabilidade de receber um olhar furioso.
2) Enquanto espera atrás de uma pessoa descarregando itens no caixa, um quadro da vida delas muitas vezes surge inevitavelmente. Ex: 26 latas de comida de gato e uma refeição congelada pode sugerir uma vida tranquila vivida sozinha em um espaço pequeno. Outras combinações de mercado, ex: desinfetante, nozes e um par de tesouras, pode ser difícil de interpretar e pode atraí-lo ainda mais na rica estranheza da vida de outras pessoas. Para evitar se perder nesse fenômeno, por favor, distraia a si mesmo com a reconfortante e um pouco entorpecente familiaridade das compras coletadas que você está esperando comprar.]

3. Não posso mais fingir…

4. Guia de emergência para se esconder em público…

[Técnicas rápidas para:
Se misturar, Evitar contato visual, Reconhecer rostos familiares e escapar sem ser visto, Fingir que você é outra pessoa, Andar através de multidões ocupadas sem parecer perdido ou colidir nos outros]

5. Orientação aos pais…

[Orientação parental recomendada para esta área. Contém uma linguagem grosseira, tédio de nível médio, cenas de solidão e os rostos frequentemente assombrados de pedestres em seu caminho para o trabalho]

6. Silêncios estranhos no banco de parque…


[História de silêncios estranhos nessa área
Banco do parque
O trecho mais longo de silêncio nesse banco ocorreu entre os amigos Hannah, Chris e Aidan, no dia 4 de maio de 2011. Chris estava contando uma velha anedota, quando Aidan o interrompeu para dizer que Chris roubou a história de um amigo em comum. Chris disse que definitivamente não estava mentindo e poderia provar. Aidan sugeriu que Chris roubou histórias todo o tempo. Hannah disse que a memória de ninguém era perfeita e tentou mudar o assunto, mas nenhum dos garotos se juntou a conversa. Um avião passou por cima e nenhum deles disse qualquer coisa por 4 minutos e 32 segundos.]

7. Por favor, não toque…

8. Aviso aos clientes…

[Atenção compradores
Se a porta automática falhar ao abrir na sua aproximação, você pode ter experimentado uma passageira sensação de invisibilidade. Pode ficar tranquilo de que esta é uma experiência comum. Por favor, recue para uma posição central e tente de novo, seguro no conhecimento de que você existe.]

9. Perdidos

[Não diga a eles que estou aqui/Eu quero ir para casa/Onde está todo mundo?]

10. Espere o seu futuro eu…

[Por favor, espere aqui. Seu futuro eu irá encontrá-lo em breve]

11. A melhor saída…

12. Atenção, não olhe para o buraco…

[Atenção! Olhar para este buraco por muito tempo, pode fazer com que você comece a imaginar um abismo. Sintomas podem incluir tontura, interminável questionamento e um esmagador senso de pavor.]

13. Em qualquer lugar. Mas aqui…

14. Cuidado por onde pisa…

15. Cartões de preferências…

[Não se sinta ofendido, mas eu preciso mostrar estes cartões porque…
( )Você está sentado/parado tão perto de mim que o seu corpo está tocando o meu. Você poderia, por favor, se afastar um pouco de mim? Obrigado.
( ) Eu aprecio essa conversa, mas eu preferiria se você desse… ( ) 1 passo para trás, ( ) 2 passos para trás, ___ passos para trás. Obrigado.
( ) Eu gostaria de ficar sozinho neste momento. Por favor, afaste-se o mais longe de mim que for possível e abstenha-se de fazer contato visual. Obrigado.
Por favor, reconheça o seu entendimento um rápido aceno apenas e finja que você nunca viu este cartão. Obrigado por consentir.]

16. Classificação de solidão para este parque…

[(1) multidões intensas, (2) Fluxo constante de pessoas, (3) piqueniques esporádicos e barulho de parquinho, (4) ocasionais viajantes silenciosos, (5) Você é o único aqui.]

17. Para emergências pressione um dos botões…

18. Cubo de estresse…

Confira mais imagens divertidas do artista no Instagram e no site.
O artista conseguiria fazer você sorrir, caso fizesse uma dessas intervenções na sua cidade?

Compartilhe com os seus amigos!

https://awebic.com/cultura/sinais-divertidos/?