sábado, 29 de outubro de 2016

10 COISAS QUE NUNCA SE DEVE FALAR A UMA CRIANÇA

Resultado de imagem para 10 Coisas que Nunca se Deve Falar a uma Criança


10 Coisas que Nunca se Deve Falar a uma Criança


Saiba o que você deve evitar falar perto ou para uma criança


Crianças são indivíduos em formação. O processo de desenvolvimento pode ser visto por nós, adultos, como algo simples, corriqueiro e que todas elas passam, mas a verdade não é bem assim. Da maneira delas, elas sofrem com este processo de aprendizagem. Passam por lutos, por escolhas que pra elas são complexas, e tudo isso, sem entender muito bem onde vai dar.
Com um olhar mais inocente e sem tanta maldade em relação às coisas do mundo, como funcionam, o que acontece depois, as crianças vão vivendo, crescendo e aprendendo baseando-se nos adultos que estão à sua volta. Tamanha é a responsabilidade do adulto que está sempre por perto da criança, pois, ele deve mostrar comportamentos mais coerentes, sóbrios e inteligentes diante da realidade em que vivem.
É claro que o que os adultos falam perto ou mesmo diretamente para a criança irá influenciar seu modo de pensar e agir num futuro não muito distante. Mas, devemos ficar atentos, pois estas criaturinhas super espertas aprendem também com o que falamos não-verbalmente. Nossos gestos, caras e bocas, atitudes no dia-a-dia contribuem e muito para a formação da personalidade das crianças.

5 coisas que não devemos falar para as crianças diretamente

Pare de chorar

A única forma de expressão do bebê é o choro. Crianças maiores estão em um processo de aprendizagem de que podem se expressar de outras formas, mas ainda usam o choro em vários momentos o que é normal. Mandar parar de chorar é o mesmo que dizer que não quer saber o que se passa com ela. É querer ignorar e tratar tudo do seu modo e é assim que as crianças irão entender. O ideal é perguntar o porquê do choro e ensinar outras formas dela lidar com o problema que desencadeou o berreiro.

Cale a boca

A mesma explicação à cima vale para o famoso “cale a boca”. Percebe-se que familiares da criança também usam esta expressão quando a mesma esta a tagarelar demais e, principalmente, na frete de outras pessoas as quais a mãe ou alguém esta tentando conversar. Deixe que a criança fale um pouco, mesmo que não dê pra entender, explique que agora você é quem precisa conversar e peça para ela escutar. Mas, usar o “cale a boca” para uma criança não é nada saudável.

Você não pode fazer isso

Geralmente, é uma expressão dita de forma nervosa, com a voz alta ou gritando, quando a criança está no meio de uma artimanha. Controle-se! Vá até ela e diga que “Não se deve fazer isso” e explique o por que. Assim, a criança começará a entender que poder e dever são coisas diferentes e cada uma com sua consequência.
mãe e filha conversando

Você é igualzinho ao seu pai.

Outra expressão muito utilizada quando se quer dizer para a criança que ela está tendo uma atitude ruim igual a outras pessoas. O pior de tudo é comparar. Nenhuma comparação feita desta forma é benéfica para a criança. Ainda mais falar de um outro familiar próximo, o qual a criança ama, isso irá confundir muito a cabeça da mesma e não irá acrescentar em nada.

Você é burro

Em nenhuma hipótese deve-se referir a uma criança com algum xingamento ou crítica desta forma. É preciso encontrar meios para conversar caso precise criticar alguma coisa que ela esteja fazendo.

5 coisas que não devemos falar nem perto das crianças

Aquela pessoa é chata.

Nunca xingue ou critique alguém perto da criança. Isso não é legal ou normal. Ela não precisa aprender desde cedo que pode diminuir e falar mal das outras pessoas.

Não quero nem saber das suas explicações.

Nas brigas de casal, por exemplo, é comum uma das partes dizer esta frase. A criança não pode aprender que as explicações nunca são viáveis. Ela precisa confiar que explicar as coisas é algo positivo e que funciona.

Palavrões

Xingar palavrões na frente das crianças é inaceitável. Mesmo que demore anos para ela verbalizar tais dizeres, uma hora ela irá extravasar e lembrar-se de palavras feias que foram escutadas ao longo do seu crescimento.

Tadinho do meu filho

Nunca diminua o seu filho ou alguma característica do mesmo demonstrando dó. Ninguém neste mundo é digno de pena, muito menos o seu filho.

Pode contar, ele não está entendendo nada

Fofoca na frente de crianças nunca é saudável. Achar que elas não entendem, então, é muita ignorância. Podem não entender exatamente a intenção das coisas, dos acontecimentos, mas compreendem muitas das falas que, geralmente, não acrescentam em nada em seu caráter.
Por isto, preste muita atenção no que se fala para as crianças, mas também, no que se fala perto delas.
Fonte:http://www.mamaeonline.com.br/10-coisas-que-nunca-se-deve-falar-a-uma-crianca/
Resultado de imagem para 10 Coisas que Nunca se Deve Falar a uma Criança