quarta-feira, 7 de setembro de 2016

ELA É UMA GRANDE CONTRADIÇÃO - MAÍRA CINTRA



Ela é uma grande contradição


Ela parece ser clara como os próprios olhos, mas basta uma resposta demorada ou um olhar contornado de lápis e sombra preta que confunde a cabeça de quem está por perto. Ela sabe usar seu jeito misterioso ao seu favor. Parece ser determinada, mas por dentro esconde uma indecisão que não a permite arriscar qualquer emoção. É que ela conhece muito bem os caminhos por onde passou e aprendeu a tomar cuidado depois dos passos largos que deu. Menina-mulher do sorriso tímido e atitudes impulsivas, têm dias que esbanja alegria e outro sequer aparece para te dar um bom dia.  Sorri com os olhos mais do que sorri com os lábios, é preciso estar atendo aos seus movimentos se quiser realmente saber o que ela está pensando.

Seus anseios e aspirações são prioridades que rodeiam seu cotidiano fazendo com que sua ansiedade torna-se algo evidente para quem está do lado dela. Possui um acervo de memórias passadas e carrega grande parte delas trancadas a sete chaves. Age indiferente quando percebe seu passado te observando e prefere se manter distante de tudo aquilo que a fez mal um dia. Ela é uma grande incógnita para quem se aproxima e uma tempestade de palavras sinceras para quem permanece intacto na sua vida. Costuma espantar quem não está acostumado a sentir sua frieza, no fundo ela não foi feita para sofrer e talvez seja por isso que usa uma armadura de gelo para se proteger.

Olha mais perto rapaz, ela é bonita por dentro, só que não é capaz de te mostrar tudo isso entre copos de bebidas e lençóis amarrotados. Quem teve coragem de ir até o final, sabe que não foi fácil chegar até lá e muito menos a deixar seguir em frente. Ela chega a ser mais poesia do que mulher, é fã absoluta de Clarisse Lispector e várias vezes já viveu as melancolias de seus livros. Suas conversas são frases de efeito ou textão que causam impacto. Quem passa pela sua vida nunca morre, porque tudo pra ela vale a pena, se não vira amor vira poema. Anda de mãos dadas com a razão e a emoção para não se perder e admite que tem um coração difícil de entender.  Mas não pense que essa moça nunca sofreu, ela só não se permite chegar ao fundo do poço mesmo sendo uma grande contradição, porque pra ela se não for por amor será por diversão.  

Não reclame quando perceber o vício que ela tem de ficar mordendo a boca e nem da mania de passar a mão entre os cabelos e se arrumar. Ao invés disso, olhe para dentro dela e procure alguma explicação antes de julgar qualquer expressão que possa te irritar. Não espere que ela te elogie e nem te diga palavras doces ao acordar, aprenda a adoçar sua amargura com sorrisos e gestos inesperados, ela adora.  A esperança que ela tem é de um dia encontrar alguém que entenda seus excessos e descubra que em todos eles esconde uma falta e que essa falta seja preenchida de coisas leves e bonitas.

Quando nela bater uma escassez de palavras não diga que ela está quieta ou que não fala nada, prepare aquele jantar a luz de velas com um vinho doce ou peça uma pizza e compre uma cerveja que ela gosta. De fundo, coloque uma das músicas preferidas que ela escutava antigamente como I miss you de Blink 182 ou uma romântica do Jorge e Mateus. Ela não tem frescura cara, o que vale para essa moça são momentos bons e atitudes sinceras. Pergunte do que ela precisa antes de dizer que ela está chata e o que ela está afim de fazer ou se decida sozinho. Pra ela “tanto faz”, o que basta é ter certeza de que tem alguém do lado que quer seguir o mesmo caminho.

Maíra Cintra


Fonte:http://mairacintra.blogspot.com.br/2016/09/ela-e-uma-grande-contradicao.html