quarta-feira, 7 de setembro de 2016

A BOA ÁRVORE - CARTILHA DA NATUREZA - CASSIMIRO CUNHA/CHICO XAVIER




A BOA ÁRVORE
Nos quadros vivos da Terra, desde a sua formação, a árvore generosa é imagem da Criação.
É a vida em Deus que nos ama, que nos protege e nos cria, que fez a bênção da noite, e a bênção da luz do dia.
Seus ramos são como a infância, as flores, a adolescência, seu fruto, a velhice amiga repleta de experiência. 
Seu trono transforma sempre toda a lama da raiz, nopomo caricioso, alegre, doce e feliz.
As sementes que renascem, com método e perfeição, são nossas almas na lei de vida e reencarnação.
Silenciosa na estrada, seu exemplo nos ensina a refletir sobre a Terra na Providência Divina.
Se a poda foi rude e forte ao rigor do braço humano, sua resposta mais bela é mais frutos no outro ano.
Se tomba desamparada ao pulso do lenhador, faz-lhe a casa, dá-lhe a mesa, aquece-o com mais amor.
Dá sombra a todos que passam, sem jamais saber a quem, colocada no caminho, seu programa é sempre o bem.
É santa irmã de Jesus essa árvore estremecida: Se vive, palpita em Deus, se morre, transmite a vida.
Cartilha da Natureza (psicografia Chico Xavier - espirito Casemiro Cunha)