sábado, 10 de setembro de 2016

7 DICAS PARA INCENTIVAR AS CRIANÇAS A PRATICAREM A SUSTENTABILIDADE



crianças-armario-organico

7 dicas para incentivar as crianças a praticarem sustentabilidade


Você já parou para pensar que crianças que não convivem com a natureza tornam-se adultos que não sentem a necessidade de protegê-la?

Segundo estudo publicado no jornal The Guardian, para despertar o espírito da preservação, do cuidado e do respeito, é preciso conhecer e entender o importante papel que o meio ambiente tem na manutenção da qualidade de vida.
Essa percepção começa a ser desenvolvida durante as experiências na infância. Assim, cabe a nós mostrar aos nossos filhos que a preservação dos recursos naturais é realmente necessária e extremamente importante.
É essencial sempre tratar este assunto de forma bem lúdica e leve. Você pode usar explicações que façam parte do universo deles, de forma que eles realmente entendam. A partir de pequenas atitudes diárias é possível não só ajudar a preservar a saúde do planeta, mas também criar um ambiente melhor dentro de casa.
Diante disso, separamos aqui algumas dicas para te ajudar a inspirar a sustentabilidade em seus filhos desde cedo:
1) SEJA O EXEMPLO: A postura dos adultos é fundamental para incentivar a prática da sustentabilidade nas crianças. Ser o exemplo é o primeiro passo! É mais fácil as crianças terem vontade de fazer algo porque viram os adultos fazerem. Não adianta de nada dizer ao seu filho que a poluição é ruim se quando você sai para um passeio, por exemplo, você joga lixo no chão.
2) FAÇA UMA HORTA CASEIRA: Ter uma horta orgânica em casa é uma ótima opção! (clique e aprenda como) Desta forma você traz um pedacinho da natureza para dentro de casa, além de prover alimentos fresquinhos e sem agrotóxicos. Permita que seus filhos façam parte do processo todo, do plantio aos cuidados com as plantinhas até a colheita. Ensine-os as noções de responsabilidade, criatividade e paciência, cultive esses hábitos saudáveis nele. É uma atividade simples e divertida, e tenho certeza que os pequenos irão adorar comer o que eles mesmos plantaram!
3) CRIE HISTÓRIAS: Conte narrativas divertidas aos baixinhos, com vilões que representem a degradação do meio ambiente, a poluição ou o desperdício. Use também personagens heroicos que cuidam de maneira correta do meio ambiente. Essa analogia pode facilitar o entendimento e incentivá-los a combater esses vilões.

Proporcione diversão ao seu filho enquanto ajuda a desenvolver um cidadão mais consciente.

4) SEPARE O LIXO: Faça a coleta seletiva em casa. Tenha lixeiras coloridas, ensine onde cada tipo de material deve ser descartado. Deixe os pequenos no comando das ações. Não esqueça de explicar a importância que a reciclagem tem para o meio ambiente. Você ainda pode estimular a sua criatividade e a do seu filho. Reaproveite materiais que iriam para o lixo para fazer brinquedos (caixas, garrafas, latas, etc.).
5) USE A BICICLETA: Deixe o carro um pouco na garagem. Por que não fazer um belo passeio de bicicleta em um parque arborizado ou no seu próprio bairro? Este é um ótimo programa pra se divertir em família em um dia de sol, e ainda não polui e faz muito bem para a saúde.
 6) DESAFIOS PARA ECONOMIZAR ÁGUA: Proponha um tempo para o pequeno realizar o banho, sugerindo atividades. Por exemplo: ponha uma música que seu filho goste para tocar, e o banho não deve durar mais tempo que a música. Ou ainda, transforme o banho em uma corrida, cronometrando e oferecendo agrados à criança se ela não ultrapassar o tempo estipulado. Lembre-os também de fechar a torneira enquanto escovam os dentes, se necessário, deixe um bilhete divertido e colorido perto da torneira.
7) INCENTIVE A DOAÇÃO: Mostre quantos brinquedos parados e sem uso estão dentro de casa. Explique que estes poderiam estar sendo utilizados para fazer outras crianças felizes. Fale sobre a importância do ato, demonstre como essas atitudes são boas e contribuem para melhorias. Ressalte que a brincadeira divertida não está associada a brinquedos novos, mas sim à interatividade. Não esqueça de reservar mais tempo para brincar com eles e incentive-os a brincar mais ao ar livre.

Salientamos aqui que qualquer atitude sustentável, por menor que seja, faz a diferença!

Lembre-se que a mudança começa aos poucos, mas que você pode (e deve) fazer acontecer! Mãos à obra.
Queremos saber quais destas atividades você já faz! Use o espaço de comentários aqui abaixo e compartilhe as suas boas práticas conosco!
“Não tenha medo de ir devagar, só tenha medo de ficar parado” – Provérbio Chinês

Fonte:blog.armarioorganico.com.br/incentivar-criancas-sustentabilidade/

crianças