MONJA COEN EXPLICA : COMPAIXÃO,GANÂNCIA,RAIVA E IGNORÂNCIA (VÍDEOS)

Monja Coen explica: Compaixão, ganância, raiva e ignorância 
composta por palestras de grande sabedoria da querida Monja Coen, mestra e representante do Zen Budismo Brasileiro.
Esta sequência de vídeos traz temas do cotidiano e destina-se a todos aqueles que, como nós, estão na busca do autoconhecimento, da espiritualidade e de uma forma mais harmoniosa de viver.
Compartilhamos por concordar com a ideia dos produtores de que a sabedoria pertence a todos os seres.
Os episódios serão publicados sempre as Luas Cheias e Luas Novas, pois são momentos que representam a renovação e a oportunidade de refletirmos sobre a quinzena passada, e nos libertar do que consideramos negativo, através do Poema do Arrependimento, que deve ser recitado por três vezes após a reflexão sobre o tema.
Poema do Arrependimento
“Todo carma prejudicial alguma vez cometido por mim, desde tempos imemoriáveis
Devido à minha ganância, raiva e ignorância sem limites
Nascido de meu corpo, boca e mente
Agora, de tudo, eu me arrependo.”
Namaste!

Compaixão e os 3 venenos: ganância, raiva e ignorância
Buddha nos ensinou que tudo nesse mundo é impermanente, nada é fixo, mas ainda nos sentimos frustrados quando algo que não nos agrada acontece, e nesse momento podemos ser contaminados pelos três venenos que perturbam a mente humana: a ganância, a raiva e a ignorância.
Nesse vídeo, Monja Coen nos lembra como conviver com coisas difíceis, além de mostrar que tudo e todos que nos surgem no caminho são seres iluminados a nos mostrar o Caminho, e nos dar a oportunidade de fazer escolhas… De escolher o caminho certo para nossa evolução.
Todos nós, os Seres Humanos, podemos ser corrompidos, fazer bobagens, mas  também podemos ir corrigindo nossos erros.
O acolhimento. A compaixão.

Fonte:https://www.eusemfronteiras.com.br/monja-coen-explica-compaixao-ganancia-raiva-e-ignorancia-parte-1/

Quem é Monja Coen?

Monja-Coen-foto
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Nascida em 1947, em São Paulo, a Monja Coen foi jornalista profissional e após uma transferência a trabalho para Los Angeles, Califórnia, iniciou suas praticas regulares de zazem no Zen Center of Los Angeles, onde fez seus votos monásticos em 1983.
O zazem é uma prática meditativa de observação, que busca o autoconhecimento do ser humano, onde o praticante fica sentado, com o corpo bem alinhado e de frente para uma parede branca, e utilizando-se de técnicas respiratórias aprende a observar suas emoções.
Após anos de treinamento e graduações numa extensa jornada monástica e passagens importantes por templos no Japão, em 2001 Monja Coen deixou o  Templo Busshinji e iniciou um pequeno grupo de zazen na casa de um de seus praticantes, que em pouco tempo ficou pequena, sendo criado oficialmente a Comunidade Zen Budista Zendo Brasil, Templo Tenzui Zenji, com início das caminhadas meditativas em parque públicos, no intuito de levar o zazen e o kinhim (meditação caminhando) para a população paulistana.

Desde que voltou ao Brasil, Monja Coen realiza palestras, oficializa casamentos, bençãos para residencias, empresas, crianças e recém nascidos.
A Monja já ordenou mais de 30 monásticos, entre homens e mulheres, e mais de 250 pessoas laicas.
As atividades da comunidade zazem no templo incluem retiros, treinamentos para noviços e noviças monásticos e cerimoniais arregimentados pela Soto Shu.
Atualmente a Monja reside no templo Tenzui Zenji em São Paulo, onde preside o Conselho Religioso da Comunidade Zen Budista Zendo Brasil e do Viazen/Vila zen do Rio Grande do Sul.
Seguem dois sites de relacionados à Monja Coen:
Site oficial da Monja Coen: www.monjacoen.com.br
Zendo Brasil: www.zendobrasil.org.br
“Eu compreendo você, reconheço em você um Ser Humano, muito parecido comigo.”

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA