sábado, 27 de agosto de 2016

DIETA VEGANA AJUDA A EMAGRECER RAPIDAMENTE,SAIBA COMO


Sem alimentos de origem animal, dieta vegana ajuda a emagrecer rapidamente. Entenda!


vegano

Vertente mais restrita do vegetarianismo, a dieta vegana também é uma filosofia de vida para quem é contra o consumo de alimentos de origem animal. Nutricionista fala sobre os benefícios e os riscos desta dieta; confira!

A dieta vegana já conquistou famosas como Anne Hathaway, Natalie Portman e, recentemente, Jennifer Lopez, que chegou a perder 4,5 kg e mudou do manequim 38 para o 36 em 22 dias. O veganismo é uma vertente mais restrita do vegetarianismo e muitas pessoas a seguem por filosofia de vida, não apenas para o emagrecimento. Como o seu cardápio exclui todos os produtos que são de origem animal - como carne, leite e queijo - a perda de peso é geralmente uma consequência para quem a segue. Para esclarecer melhor as dúvidas e informações sobre a dieta vegana, a nutricionista Dra. Ana Beatriz Baptistella, Coordenadora do Departamento Científico da VP Consultoria Nutricional, conversou com a CARAS DIGITAL sobre os benefícios, riscos e curiosidades sobre esta dieta; confira a seguir!
1)O que pode e não pode comer na dieta vegana?
R: A dieta vegana, ou vegetariana estrita, é definida pela exclusão total de produtos de origem animal, inclusive ovos, leites e derivados. 
2) Ela faz bem para a saúde e para todos os tipos de organismos ou existem pessoas que devem evitá-la?
R: A restrição de alguns alimentos de origem animal pode ser benéfica à saúde em alguns casos específicos. No entanto, se a dieta não for conduzida de forma adequada, pode gerar deficiências nutricionais, causando desequilíbrio. Desta forma, a dieta precisa ser individualizada e planejada por um nutricionista para que ocorra o fornecimento dos nutrientes necessários para o funcionamento de nossos sistemas.
3) A falta de carne e derivados do leite pode afetar algum mecanismo ou órgão do corpo humano e ter algum dano à saúde?
R: Estes alimentos devem ser devidamente substituídos na dieta vegana. Para isso, a dieta deve ser orientada e planejada para que possíveis deficiências nutricionais sejam evitadas, sendo que as deficiências mais evidentes são de proteínas, ferro, cálcio, zinco e vitamina B12, essenciais para a manutenção de nossos órgãos e sistemas.
4) A dieta vegana ajuda a emagrecer? Como?
R: Quando a dieta vegana é orientada de forma correta, é evidente, entre outros benefícios, a redução de peso. No entanto, quando as substituições não ocorrem de forma adequada, e alguns acabam aumentando o consumo de carboidrato refinado, podem ocorrer alterações na composição corporal. Estas substituições inadequadas aumentam o risco para doenças como diabetes tipo 2, dislipidemias, doenças inflamatórias entre outras.
5) Além das pessoas que decidem segui-la por filosofia de vida, a dieta vegana é indicada por questões de saúde?
R: A dieta vegana pode trazer muitos benefícios à saúde. Algumas evidências mostram que quando é realizada com o aporte adequado de nutrientes, ela pode reduzir o risco de doenças crônicas como hipertensão arterial, diabetes tipo 2, doenças neurodegenerativas e inflamatórias e alguns tipos de câncer - devido ao aumento de compostos bioativos encontrados em alimentos de origem vegetal. Estas substâncias também melhoram a atividade de alguns órgãos como intestino e fígado, fato que nos permite melhor utilização dos nutrientes e eliminação dos possíveis agressores que consumimos.
Fonte:http://caras.uol.com.br/bem-estar/sem-alimentos-de-origem-animal-dieta-vegana-ajuda-emagrecer-rapidamente-entenda#.V8HumJgrKUk

comida-vegetariana

Promover o emagrecimento vegano é, segundo diversos estudos capitaneados mundo afora, muito mais eficiente do que quaisquer dietas em voga.
Os números da perda de peso são bastante significativos, mas é preciso saber como fazer corretamente a dieta vegana sem prejuízo à saúde. Em primeiro lugar, é preciso saber o que é o regime vegano.

Emagrecimento vegano e sua filosofia

Quem decide aderir à dieta vegana deve eliminar toda e qualquer fonte de alimento de origem animal. Sim, veganos puros são radicais.
Alimentos como leite e derivados, gelatinas, mel, ovos, pele e gorduras de origem animal são excluídos do cardápio.
O vegano consome frutas, legumes, cereais, vegetais, cogumelos, hortaliças e produtos industrializados que não tenham alimentos de origem animal.

A perda de peso no regime vegano

Um hospital de Taiwan pesquisou uma gama de 1151 voluntários que se submeteram ao emagrecimento vegano e outras dietas famosas, como a Atkins, entre 9 e 74 semanas.
A perda de peso de quem seguiu o cardápio vegano foi cerca de 2,5 quilos. Vegetarianos que consumiram laticínios e ovos perderam em média um quilo.
Os principais motivos para o sucesso do regime vegano são a inclusão de fibras, que aumentam a saciedade e o baixo índice glicêmico, que não aumenta os níveis de açúcar no sangue.

Os problemas do emagrecimento vegano

Contudo, é preciso que haja um monitoramento nutricional da dieta vegana graças principalmente à pobreza de nutrientes essenciais como proteínas e gorduras saudáveis.
As deficiências nutricionais são muito comuns em quem segue o cardápio vegano, como o baixo nível de ferro, zinco, cálcio e as vitaminas B12 e D.
Além de saber como se alimentar e como adequar o cardápio de forma saudável, é preciso tomar cuidado com as atividades físicas, graças à deficiência de macro e micronutrientes que podem causar anemia e desgaste muscular.
O ideal é incluir alimentos veganos que possuam maior aporte de proteínas e gorduras insaturadas. Cereais integrais, principalmente a aveia, grãos como o amaranto e a quinoa, leguminosas e sementes oleaginosas e o uso moderado do azeite de oliva devem fazer parte do cardápio, além dos inevitáveis suplementos vitamínicos.
O principal alerta é o que sempre damos: jamais comece qualquer dieta sem prescrição e acompanhamento de nutricionista e nutrólogo.

Fonte:https://www.emagrecercalorias.com.br/emagrecimento-vegano.html


Dieta vegana de 22 dias que ajudou J-Lo a emagrecer é condenada por especialistas


Jennifer Lopez emagreceu 4,5kg com dieta vegana.
Jennifer Lopez emagreceu 4,5kg com dieta vegana. Foto: O Globo

Luiza Toschi


Recentemente, a cantora Jennifer Lopez revelou que emagreceu 4,5 quilos com a dieta Vegan, a mesma feita por Beyoncé e seu marido, o rapper Jay Z. Antes de brilhar na abertura da Copa do Mundo, a estrela encarou um programa de 22 dias de restrições de carnes, laticínios e glúten, incluindo na nova rotina opções como quinoa, hambúrguer de feijão preto e massa feita de abobrinha. Apesar de a cantora ter ficado satisfeita com o resultado, especialistas condenam a dieta restritiva sem acompanhamento e declaram que é completamente possível perder até cinco quilos em um mês com uma alimentação equilibrada e personalizada.
Método vira moda
Segundo a Vegan Society, algumas pessoas vêm adotando a dieta vegana por curtos períodos, de uma semana até 30 dias, com o objetivo do emagrecimento. De acordo com a organização, só nos Estados Unidos, houve aumento de 40% do número de adeptos nos dois primeiros meses de 2013 em comparação com ao mesmo período de 2012.
Para a nutricionista Alessandra Almeida, da Clínica Andréa Santa Rosa, simplesmente eliminar carnes, laticínios e glúten da alimentação não significa adotar os hábitos vegetarianos ou veganos. Ambos são estilos de vida que englobam restrições, não só de hábitos, mas também em relação ao processo produtivo dos alimentos.
— O veganismo é um posicionamento político muito além da rotina das refeições, que inclui não usar qualquer produto de origem animal, até objetos de couro ou cosméticos que façam testagem em laboratório com animais, por exemplo — explica.
Parar a ingestão de carne por conta própria reduz a oferta de ferro, vitamina B12 e proteínas para o corpo, podendo gerar anemia e perda de massa muscular. Para evitar prejuízos à saúde, Alessandra Almeida recomenda que a adoção do vegetarianismo e do veganismo seja assistida por um profissional que possa identificar prováveis deficiências de nutrientes no paciente e indicar a reposição ou a suplementação necessária.
Sobre a restrição de alimentos que contêm glúten e de laticínios, a especialista diz que pode haver benefícios, já que eles sobrecarregam o sistema digestivo, provocando inchaço e facilitando processos inflamatórios. Ela explica que a dieta pode funcionar como uma desintoxicação, pois ajuda na eliminação de toxinas adquiridas na ingestão de bebidas alcoólicas, excesso de medicamentos, agrotóxicos, corantes e poluição do ar.
Estes efeitos justificam o que Jay Z resumiu como “limpeza física e espiritual”. A nutricionista afirma que é possível alcançar a mesma sensação de conforto e diminuição da retenção de líquido sem radicalismos e com uma dieta equilibrada.

O casal Beyoncé e Jay Z também adotou o desafio do programa vegano de 22 dias que é condenado pelos especialistas.
O casal Beyoncé e Jay Z também adotou o desafio do programa vegano de 22 dias que é condenado pelos especialistas. Foto: Jeff Daly / Invision for Parkwood Entertainment


Restrições favorecem o ‘efeito sanfona’

O endocrinologista Pedro Assed é categórico ao dizer que estas restrições devem ser adotadas apenas por quem tem motivos de saúde para fazê-las. Ele reforça que estas dietas não são sustentáveis e que, ao voltar a comer normalmente, o paciente aumenta as chances de engordar de novo. O efeito sanfona um dos principais gatilhos para a obesidade: a cada tentativa frustrada de emagrecimento, fica mais difícil para o organismo entender que o objetivo é aprender a trabalhar com o peso reduzido.
— Se você quer ficar obeso, basta passar a vida tentando emagrecer com dietas malucas. Os veganos devem ser respeitados em suas escolhas, mas esses radicalismos de moda são um atraso para a saúde — encerra Assed, pesquisador do Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares do Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia.
Cortar o glúten costuma significar o emagrecimento porque implica tirar da alimentação as massas comuns, como pães, bolos, macarrão, pizzas e biscoitos, feitos à base de trigo, centeio ou cevada. A indicação desta restrição, porém, é feita apenas para pessoas com doença celíaca ou intolerância ao glúten.
Já tirar a lactose da dieta ajuda na redução da ingestão das gorduras presentes no leite, queijos e todas as receitas feitas a base desses produtos. Porém, a medida elimina uma das principais fontes de cálcio, essencial para o fortalecimento dos ossos, e só é recomendada a quem tem alergia ou intolerância ao leite.


Vegan

Dieta Vegana Para Emagrecer – Como Funciona, Cardápio e Dicas
Veganismo é um conjunto de práticas éticas que giram em torno dos direitos aos animais. O Vegano não irá consumir nada que envolva a exploração do animal pelo homem, seja como alimento, como produto para a criação de peças do vestuário, seja como cobaia para testes de cosméticos e outros medicamentos. Nada que envolva essa exploração é aceitável e, como consequência, o vegano segue uma dieta ainda mais severa que a vegetariana.
Uma alimentação vegetariana no estilo vegano pode ser muito mais saudável do que a alimentação que envolve carnes, leites e ovos. Com o cuidado de consumir todos os nutrientes, que estão presentes tanto nos alimentos de origem animal quanto os de origem vegetal, pode-se ter uma vida extremamente saudável e livre de quaisquer riscos a longo prazo, como é no caso da vegetação onívora. Adotar uma dieta vegana para emagrecer pode ser, também, uma saída para quem apoia os ideais veganos e ainda preocupa-se em perder alguns quilos. Vamos entender como funciona a seguir e fornecer ainda algumas dicas.

Alimentação Vegana – Como Funciona


O vegano não se alimenta de carnes (seja a vermelha, de frango ou peixe) nem de leite, ovos, mel ou qualquer alimento que venha do reino animal. A alimentação do vegano engloba toda a variedade de vegetais, grãos, raízes, hortaliças, frutas, leguminosas, tofu, quinoa, leite vegetal, queijo vegetal, margarina vegetal, soja etc.
A dieta vegana para emagrecer é rica em alimentos energéticos e nutritivos. Pode-se perceber que alimentos tipicamente fabricados com leite podem ser substituídos quase que totalmente na alimentação vegana, sem perder os nutrientes e o sabor. Basta criatividade.

Sugestão de Cardápio


Não é muito difícil adaptar um cardápio onívoro para um vegano. Muitas versões veganas de alimentos tipicamente de origem animal estão disponíveis no mercado. “Carnes” de soja, leites de soja, queijos vegetais, são várias as opções. Abaixo montamos um cardápio de uma dieta vegana para emagrecer de 1 semana.

Segunda-feira
  • Café da manhã: 1 copo (300 ml) de suco maçã com laranja, 1 fatia de pão integral com grãos, 1 colher de creme vegetal, 1 chá de erva-doce
  • Lanche da manhã: 4 damascos, 3 castanhas-do-pará
  • Almoço: 1 porção de salada de alface com tomate cereja e pepino +1 porção de abóbora com salsinha + 3 col. (sopa) de arroz integral + 1 panqueca de espinafre
  • Lanche da tarde: 8 morangos
  • Jantar: sopa de cogumelos, 1 pão integral
  • Ceia: 1 pote de iogurte vegetal, 2 bolachas integrais
Terça-feira
  • Café da manhã: 1 copo (300 ml) de suco de melão com amora, 1 fatia de pão integral, 1 colher de pasta de caju
  • Lanche da manhã: 1 kiwi
  • Almoço: 1 prato (sobremesa) de salada de folhas de rúcula com 1 laranja e 2 nozes – 4 col. (sopa) de arroz com tomate e vagem – 1 hambúrguer de lentilha
  • Lanche da tarde: 1 laranja
  • Jantar: sopa de legumes, 1 pão integral
  • Ceia: 1 copo médio de leite de soja
Quarta-feira
  • Café da manhã: 1 copo de suco verde feito com 3 folhas de couve, 1 maçã, 1 fatia pequena de gengibre e 200 ml de água de coco, 1 fatia de pão integral com 1 col. (sobremesa) de pasta de caju
  • Lanche da manhã: 1 cacho pequeno de uva
  • Almoço: 1 prato (sobremesa) de salada de escarola, cenoura e tomate, 2 col. (sopa) de trigo em grão, 1 hambúrguer de lentilha, 3 col. (sopa) de creme de espinafre
  • Lanche da tarde: 1 mexerica
  • Jantar: 1 prato (sobremesa) de salada de alface, tomate e beterraba, 1 escumadeira cheia de macarrão ao sugo, 4 almôndegas de soja
  • Ceia: 2 castanhas-do-pará 
Quinta-feira
  • Café da manhã: 1 copo de iogurte vegetal com morango, 1 fatia de pão de soja, 1 colher de creme vegetal, 1 xícara de chá de hortelã
  • Lanche da manhã: 1 goiaba
  • Almoço: 1 prato (sobremesa) de salada de agrião, beterraba e pimentão amarelo, 6 col. (sopa) de arroz selvage, 1 fatia média de tofu grelhado, 1 pêssego grelhado, 4 col. (sopa) cheias de berinjela ao forno
  • Lanche da tarde: 10 cerejas
  • Jantar: 1 sopa de feijão, 1 fatia de pão integral
  • Ceia: 1 banana 
Sexta-feira
  • Café da manhã: 1 copo (300 ml) de suco de melancia, maçã e hortelã, 1 fatia de pão integral, 1 colher de geleia de morango
  • Lanche da manhã: 4 bolachas integrais
  • Almoço: 1 porção de agrião, 1 porção de repolho refogado, 1 porção de canelone 2 col. (sopa) de arroz integral.
  • Lanche da tarde: ½ papaia
  • Jantar: sopa de abobrinha com croutons
  • Ceia: 1 pera, 1 xícara de chá de frutas silvestres
Sábado
  • Café da manhã: 300 ml de leite de soja com café,  1 maçã,  fatia de pão integral, 1 col. (sopa) de geleia diet de morango
  • Lanche da manhã: 1 xícara de chá de erva doce, 4 damascos
  • Almoço: 1 porção de salada tropical, 1 porção de escarola refogada, 1 porção de legumes, 2 col. (sopa) de arroz integral.
  • Lanche da tarde: 1 banana
  • Jantar: 1 porção de salada, 1 pedaço de pizza vegana (molho de tomate e legumes)
  • Ceia: 1 banan 
Domingo
  • Café da manhã: 300 ml de suco de morango, 1 fatia de pão integral, 1 col. (chá) de pasta de caju,  200 ml de leite de soja
  • Lanche da manhã: 1 cacho de uva pequeno
  • Almoço: 1 porção de salada de alface com pepino e cenoura ralada, 1 porção de abóbora refogada, 3 col. (sopa) de arroz integral, 1 porção de abobrinha cozida.
  • Lanche da tarde: 1 pote de iogurte com morango
  • Jantar: 1 porção de sopa de legumes, 1 pão integral
  • Ceia: ½ papaia, 1 xícara de chá de hortelã

Outros motivos para ser Vegano


Além das questões éticas, existem alguns outros motivos que levam as pessoas a adotarem uma dieta vegana para emagrecer, mas que continua girando em torno do direito dos animais a terem uma vida livre. Inclui-se na lista a preservação do meio ambiente (a pecuária é uma das principais devastadoras do meio ambiente), da água (gasta-se menos água para produzir grãos do que para criar animais para o abate), o combate à fome mundial (alimentar-se dos grãos e água destinados à pecuária), a luta por um futuro melhor para as próximas gerações e o interesse por uma vida mais saudável.
De fato, a carne (seja de boi, frango ou peixe) possui muitos produtos químicos que são extremamente prejudiciais à saúde, como hormônios, antibióticos, anabolizantes, além da alimentação transgênica que os animais são submetidos, apenas para gerarem mais lucro aos pecuaristas. Todos esses aditivos acabam voltando para o consumidor de carne, leite e ovos, podendo gerar puberdade precoce, câncer, doenças do coração, obesidade, diabetes e hipertensão.

Dicas


Existe uma infinidade de opções para que o Vegano tenha uma alimentação balanceada e deliciosa. Uma dica importante é abusar de condimentos: pimentas, cebola, alho, molhos, salsa, cebolinha, orégano, curry, manjericão, gengibre, canela, hortelã, cominho, cravo da índia etc. Esses temperos são deliciosos e adicionarão ainda mais sabor à dieta vegana para emagrecer.
Por ser um tipo de alimentação que pode ser muito difícil de seguir por pessoas que estão acostumadas a consumir muita carne, leite e ovos, é importante ir devagar. Comece diminuindo os alimentos animais e vá acrescentando cada vez mais os grãos, leguminosas, frutas, verduras etc. Procure receitas para preparar pratos deliciosos, saudáveis e pouco calóricos que a alimentação vegana tem por oferecer.
Proteínas, vitamina B12, ferro, zinco e ômega 3 são alguns dos nutrientes que requerem mais atenção e cuidado, já que estão presentes em abundância nos alimentos de origem animal e, nos de origem vegetal, nem tanto.
Se você for adotar a dieta vegana para emagrecer durante pouco tempo, apenas para desintoxicar o corpo e perder alguns quilos, não há muito o que se preocupar. Mas para quem adota a alimentação com rigor e durante muito tempo, como um estilo de vida, é necessário estar sempre preocupado em consumir os alimentos que são ricos nesses nutrientes.
Consuma muitos alimentos integrais, que dão a sensação de saciedade por mais tempo. Além disso, acostume-se a consumir muita vitamina C (presente nas frutas cítricas, como a laranja), pois ela ajuda o corpo a absorver melhor o ferro dos vegetais. É importante citar que o perigo de passar a consumir um índice maior de alimentos industrializados (e nada saudáveis) aumenta quando escolhe-se ser vegano. Aprenda a cozinhar e adapte receitas para estar sempre consumindo alimentos frescos, nutritivos e saudáveis.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Fonte://www.mundoboaforma.com.br/dieta-vegana-para-emagrecer-como-funciona-cardapio-e-dicas/#ziG4QWxDjCo6pOYp.99