POLICIA HOLANDESA QUER CAÇAR DRONES COM...ÁGUIAS !


Polícia Holandesa quer Caçar Drones com… Águias!

2016 não será o Ano do Linux no desktop, mas tem grandes chances de ser o ano dos drones. Os quadcópteros estão se tornando cada vez mais populares, melhores e mais baratos, e suas funções estão se diversificando: hoje temos até uma pipa de luxo, modelos que sobem pelas paredesanfíbios, isso quando a criatividade não nos permite utilizá-los das mais diversas maneiras. Claro, se você for um cara esperto e conseguir não perder um.
Ainda assim os robozinhos possuem diversos inimigos, e um deles está sendo aproveitado pelas autoridades holandesas: as águias.

Drones, como qualquer outra tecnologia não é boa e nem má, isso depende de quem o opera. Ainda assim muita gente torce o nariz para os robozinhos e em alguns casos a situação já foi resolvida à bala. Fora xeretas e criminosos há o caso de que nem todos os lugares permitem voos controlados. Muitos parques dos EUA baniram os drones completamente, sem falar que as regras por lá endureceram. Aqui no Brasil também contamos com uma série de restrições, não é qualquer um que pode sair na rua e brincar de filmar os telhados alheios (o que é crime, aliás).

Assim, é importante manter o pessoal na linha e ao menos na Holanda, a polícia está estudando meios de controlar o uso não autorizado dos drones. O problema é que algumas formas de abater o equipamento não são tão eficazes, e ninguém quer sair atirando para tudo quanto é lado. O que fazer?

Simples, você conta com uma mãozinha da Mãe Natureza. Aves de rapina, como muitas outras são extremamente territorialistas, não suportam ver um potencial adversário entrando em sua área. A diferença é que os grandes pássaros como águias e falcões podem peitar os drones sem se ferirem muito no processo, como vimos anteriormente. Assim sendo, por que não treinar esses nobres amigos penosos e empregar sua expertise no combate a drones realizando voos não autorizados?
A polícia holandesa fechou uma parceria com a Guard From Above, uma empresa local especializada no adestramento de aves de rapina. A ideia é que águias sejam treinadas para identificar drones, interceptá-los no ar e levá-los a um lugar seguro, longe de regiões onde possam causar danos aos transeuntes. Como essas aves já vêem esses aparelhos como rivais (ou almoço), basta apenas educá-los para que não tentem comer o equipamento de imediato ou apenas derrubá-lo na cabeça de quem está embaixo.
Sim, tem vídeo:
Francamente, nada mau. A águia conseguiu neutralizar um DJI Phantom, um “brinquedo” de 350 mm de lado, 190 mm de altura e que pesa 1,9 kg. Ele não teve a menor chance contra um dos maiores caçadores do mundo natural. Claro que isso não se aplicaria a modelos maiores de drones por preocupações com a ave, que poderia não sair ilesa de um combate. Na América por exemplo tal prática não seria possível, já que as águias são espécies protegidas.
De qualquer forma é muito legal ver uma águia detonando drones, só pela diversão.
Postado Por  em 02 02 2016 em DestaqueDestaquesPlaneta Sem 
FioRobóticaSegurança

Fonte: IEEE Spectrum.
http://meiobit.com/336146/policia-holandesa-combate-drones-voos-nao-autorizados-com-aguias/

eagle-vs-drone