MORRE ATIVISTA QUE FEZ VIGÍLIA EM FRENTE À CASA BRANCA POR TRÊS DÉCADAS

Imagem de março de 2009 mostra a ativista Concepcion Picciotto em rua em frente à Casa Branca, em Washington (Foto: TIM SLOAN / AFP)

Imagem de março de 2009 mostra a ativista Concepcion Picciotto em rua em frente à Casa Branca, em Washington (Foto: TIM SLOAN / AFP)

Morre ativista que fez vigília em frente à Casa Branca por três décadas

Concepcion Picciotto defendia o desarmamento nuclear.
Ela e seus colegas eram atração para turistas em Washington.

Concepcion Picciotto, uma conhecida ativista pró-desarmamento nuclear que ficou por mais de três décadas acampada em frente à Casa Branca, nos Estados Unidos, faleceu aos 80 anos, informaram nesta terça-feira (26) seus companheiros do grupo The Peace House, ao qual pertencia.
"A saúde de Connie não ia bem nestes últimos dois anos. Esperamos que ela encontre paz onde quer que esteja", declarou o grupo.
Cabana em que ficava a ativista Concepcion Picciotto é vista nesta terça-feira (26) no Lafayette Park em frente à Casa Branca, em Washington (Foto: BRENDAN SMIALOWSKI / AFP)Cabana em que ficava a ativista Concepcion Picciotto é vista nesta terça-feira (26) no Lafayette Park em frente à Casa Branca, em Washington (Foto: BRENDAN SMIALOWSKI / AFP)
De origem hispânica, a ativista não era uma unanimidade: ganhou respeito por sua resistência, mas também era vista com reservas por, às vezes, adotar posições polêmicas. Também havia questionamentos sobre sua saúde mental.
Picciotto e seus colegas eram uma atração à parte para os turistas reunidos em frente a um dos mais famosos monumentos do mundo, em Washington.
"Ela liderou a mais longa pacífica vigília antinuclear na Casa Branca", afirmou o Peace House, acrescentando que "ficou lá, contra tudo e contra todos, e se dedicou a uma causa que, algumas vezes, parecia ser como uma relação doentia".

Fonte:http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/01/morre-ativista-que-fazia-vigilia-em-frente-casa-branca-ha-tres-decadas.html

Imagem de março de 2009 mostra a ativista Concepcion Picciotto em rua em frente à Casa Branca, em Washington (Foto: TIM SLOAN / AFP)