10 MOTIVOS PARA CONHECER O JAPÃO NA PRIMAVERA

10 Motivos para Conhecer o Japão na Primavera

Ah, a Primavera… uma das estações mais aguardadas pelos japoneses. O Japão, sendo um país com a 4 estações bem definidas, tem uma magia indescritível em cada uma delas, cada qual com a sua beleza. Mas a primavera exerce um magnetismo diferente que faz muitas pessoas terem vontade de conhecer o país nesta estação.

Mas além da beleza exuberante da primavera no Japão, existem muitos outros bons motivos para visitar o país nesta temporada em que as cerejeiras desabrocham em flor. Conheça algumas delas:

1. Clima agradável

Assim como acontece no Outono, o clima na Primavera é bastante amena e agradável. Depois do frio intenso do inverno, nada como a primavera com seus dias ensolarados para as pessoas se sentirem mais à vontade para saírem de suas casas para explorarem as ruas floridas antes que o tórrido verão chegue.
E para quem está a turismo no Japão, nada melhor do que passear pelas cidades turísticas como Nara e Kyoto ou fazer compras nos bairros famosos de Tóquio como Ginza ou Akihabara, com um clima agradável não é mesmo?

2. Hanami (visualização do sakurá)

Bem, esta razão não poderia faltar. O Hanami é com certeza uma das maiores atrações da primavera no Japão. Se você está em busca de uma experiência tipicamente japonesa durante esta estação, não perca tempo, pois essa é a melhor de todas. E pra participar é muito simples: Basta chamar a família ou amigos para um piquenique em um parque repleto de cerejeiras em flor.
Muitos dizem que só esta razão já é suficiente para enfrentar uma viagem até a Terra do sol Nascente. Sem contar as inúmeras barraquinhas gastronômicas que ficam ao redor dos locais onde se pratica o Hanami. Mas, lembre-se, em muitos locais é necessário reservar lugar antes devido ao grande fluxo de pessoas.

3. Muitas flores para serem apreciadas

Embora as flores de cerejeira estejam intrinsecamente ligadas a esta estação, há muitas outras flores que representam a primavera no Japão. Nesta época você vai encontrar as belas glicínias, conhecidas no Japão como “fuji”, sem contar as belas plantações de tulipas que se estendem como tapetes coloridos.
Não podemos deixar de mencionar também as belíssimas flores de ameixa e as flores de pêssego que florescem um pouco antes do sakura. Outras flores que merecem destaque são o salgueiro de neve, Tanpopo (dentes de leão), Tsutsuji (azaleias) e shiba-zakura (Moss Phlox), conhecida como “sakura rasteira”.

4. Comidas temáticas com sabor da primavera

O Japão é campeão em comidas e bebidas temáticas de edição limitada e muitas delas são vendidas na primavera. Que tal umacerveja com sabor de flores de cerejeira? Ou que tal tomar um milkshake de sakuranbo (cereja) no Mc Donalds para celebrar a primavera? Pois é… no Japão, você vai se deparar com embalagens fofíssimas e uma série de comidas sazonais de ar água na boca.

5. Muitos festivais interessantes

Durante a Primavera, ocorre muitos festivais interessantes no Japão. Muitos deles são para celebrar a floração das flores da Primavera como o Hanami Matsuri (sakura), Ume Matsuri (flores de ameixa),Tulipa Matsuri (tulipas), Tsutsuji Matsuri (azaleias), shibazakura matsuri (Moss Phlox), entre outras.
Mas se você gosta de festivais inusitados, a primavera é a época certa pra você. Em março e abril ocorrem alguns festivais da fertilidade em algumas localidades do Japão. Os mais populares são oHounen Matsuri, em março, na cidade de Nagoya (Aichi) e o Kanamara Matsuri, em abril em Kawasaki (Kanagawa).
Já o Takayama Sanno Festival, na cidade de Takayama, província de Gifu, você terá a oportunidade de reviver o Japão antigo, graças aos figurinos e performances musicais. Este festival ocorre anualmente nos dias e 14 e 15 de abril e é considerado um dos três festivais mais bonitos do Japão.

6. Um mergulho na cultura japonesa

Se você deseja uma imersão na cultura japonesa, no decorrer do mês de abril acontecem várias apresentações culturais imperdíveis como o Miyako odori, uma apresentação de dança com geikos e maikos, em Kyoto, além de apresentações públicas do teatro Noh, em Nara. Outra sugestão é o Mifune Matsuri, um festival muito antigo que ocorre em Kyoto no terceiro domingo de maio.
Neste festival, organizado pelo Santuário Kurumazaki, cerca de 20 barcos com cabeças de dragão ou cabeças de aves descem o Rio Oigawa com pessoas vestidas em trajes do Período Heian. Cada barco carrega um grupo de artistas que farão belas apresentações de música, dança e poesia daquele período.

7. Visita aos jardins japoneses

Os jardins japoneses são patrimônios importantes para os japoneses e seu conceito e arquitetura são bem diferentes do padrão ocidental. Embora, você possa visitá-los em qualquer época do ano, na primavera os jardins ganham um colorido diferente, com o florescimento das flores da estação.
Muitos dos jardins japoneses que hoje são abertos ao público, foram construídos nas propriedades de governantes feudais ou de ricos aristocratas, como um lugar de lazer e retiro espiritual. Outros foram construídos ao redor de santuários xintoístas como forma de aproximar o homem da natureza.
Já os jardins zen dos templos budistas se caracterizam por jardins planos, forrados por cascalhos ou areia branca desenhados com padrões circulares. Estes jardins nos convidam a meditar e trabalhar a espiritualidade e a primavera é o mês mais propício para isso, já que é associada com “renovação”.

8. O espetáculo de luzes das lulas vaga-lumes

Durante a primavera, mais especificamente entre os meses de março a maio, milhares de lulas vaga-lume, chamadas de Hotaru ika, vão até as margens das praias de Toyama para deixar seus ovos. Por causa desse fenômeno, a baía de Toyama torna-se palco de um grande espetáculo de luzes fluorescente.
A visão noturna das lulas vaga-lumes é realmente surreal e indescritível e nem é necessário dizer que as lulas vaga-lumes tornaram-se uma grande atração turística, atraindo milhares de pessoas. Tão incrível é este fenômeno que até entrou para a lista de “Monumentos naturais da Província de Toyama”.

9. Atividades marinhas

Na primavera, há muitas atividades marinhas interessantes no Japão. Uma delas é o Shiohigari, que significa literalmente “cavar mariscos”. Muitas pessoas, incluindo crianças que gostam de “colecionar mariscos” vão até as praias com o propósito de cavar a areia em busca desses animais marinhos.
Outra atividade interessante no Japão durante a primavera é a pesca com cormorão (corvos marinhos), uma prática de pesca milenar quase extinta, onde estas aves são treinadas para auxiliar os pescadores ribeirinhas. E você pode ter a oportunidade de assistir a essa pesca tradicional ao vivo e à cores.
Mas quando e onde? Durante o mês de maio no Rio Nagara, na cidade de Minato, Gifu. A pesca com cormorão começa por volta das 19:30, quando os barcos partem pelo rio iluminados apenas com tochas de pinheiro. Realmente trata-se de um espetáculo que vale a pena ser conferido de pertinho.

10. Koinobori e Golden Week

As carpas desempenham um grande papel na cultura japonesa e na primavera existe uma tradição muito legal: Koinobori, que significa literalmente “Subida das carpas”. Durante o Golden Week, um feriado prolongado que ocorre entre o fim de abril e meados de maio, o Japão inteiro fica enfeitado com flâmulas de carpas em celebração ao Kodomo no Hi (Dia dos Meninos).
As carpas simbolizam a força e a determinação no folclore japonês, pois conseguem nadar contra a correnteza durante o período de desova. Por causa desse seu simbolismo, as carpas tornaram-se símbolo do Dia dos Meninos, como forma de incentiva-los a serem corajosos, perseverantes e determinados.
E aí? Qual desses motivos te impulsiona a querer conhecer o Japão na Primavera? Espero que tenha gostado das dicas e se gostou, não deixe de comentar e compartilhar :)
Fonte:http://www.japaoemfoco.com/10-motivos-para-conhecer-o-japao-na-primavera/

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA