TIPOS DE RESPIRAÇÃO NO YOGA


Para uma respiração ser plena ou completa, devemos observar a movimentação de três grandes grupos musculares: abdominais, intercostais e peitorais. Chamamos esses grupos musculares, respectivamente, de respiração baixa, média e alta.

ॐ Tipos de respiração no Yoga

Adhama: respiração baixa ou abdominal. Ao inspirar projete bem o abdômen para fora e ao exalar contraia os músculos do abdômen para dentro. Corresponde cerca de 60% da capacidade de todo o nosso potencial respiratório. Chamamos Adhama Prāṇāyāma de respiração baixa.
Madhyama: envolve a região lateral das costelas. Os grupos musculares intercostais são direcionados para os lados na inspiração e voltam ao natural na exalação. Corresponde cerca de 30% da capacidade de todo o nosso potencial respiratório. Chamamos Madhyama Prāṇāyāma de respiração média.
Uttama – parte alta do peito envolvendo os músculos da região sub-clavicular, região alta do peito. Ao inspirar eleve a parte alta do peito e ao exalar descontraia os músculos que foram elevados na inspiração. Corresponde cerca de 10% da capacidade de todo o nosso potencial respiratório. Chamamos Uttama Prāṇāyāma de respiração alta.
Prāṇa Kriyā Prāṇāyāma ou respiração completa: envolve os três grupos musculares: abdominal, intercostal e sub-clavicular. Aos inspirarmos devemos observar a movimentação muscular de baixo para cima, ou seja, do abdômen, intercostais e parte alta do peito. Ao exalarmos, devemos observar a movimentação muscular de cima para baixa, ou seja, primeiro soltando o ar da parte, média e baixa.
Você pode inicialmente treinar a conscientização da respiração completa estando em shavasana. Deitado, coloque uma das mãos no abdômen e a outra no peito. Ao inspirar sinta primeiro os músculos abdominais de elevando, depois sinta os músculos das costelas de expandindo lateralmente e por último sinta a região peitoral se elevando. Tudo isso ao longo de uma inspiração. Para exalar faça tudo exatamente ao contrário. Solte o ar e sinto primeiro o relaxamento dos músculos peitorais, depois intercostais e por último os abdominais.
Se for difícil sentir a região intercostal, coloque uma das mãos no abdômen e a outra nas costelas, principalmente na região lateral para sentir a movimentação lateral dos músculos e faça o mesmo processo respiratório, inspire de baixo para cima e exale de cima para baixo
Fonte:https://yogashamkara.wordpress.com/2012/08/17/%E0%A5%90-tipos-de-respiracao-no-yoga/

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA