RECEITA DE DETOX DE PESSOAS TÓXICAS



Receita de Detox de Pessoas Tóxicas

Erva Venenosa (Rita Lee)  

 

Pessoas tóxicas. Quem nunca encontrou uma. Algumas são típicas serpentes como a Erva Venenosa cantada por Rita Lee. Outras são menos conscientes do que são e talvez precisem de ajuda. Geralmente estas pessoas nos fazem ter esta vontade aqui:
 Outras vezes somos nós mesmos que estamos assim. Porém tem gente que se comporta desta maneira o tempo todo. Se as pessoas estão assim, então precisamos nos distanciar. Podem ser amigos, familiares, colegas e chefes. Muitas vezes não tem jeito, temos de conviver. Então, o que fazer para se desintoxicar?

Primeiro precisamos reconhecer.

Quais são os comportamentos das pessoas tóxicas?

Como você conhece uma pessoa tóxica? Você acha que as pessoas tóxicas se escondem? Algumas vezes elas estão isoladas em ambientes onde as pessoas não são tóxicas porque ninguém aguenta. A não ser que ela esteja num ambiente em que todos sejam tóxicos, pode ser que ela tenha bastante amigos ali. Elas não se escondem exatamente. Elas podem se fazer de normais e se oferecem como amigos, até fazem favores para se aproximarem porque se nutrem da energia alheia.

Geralmente as pessoas tóxicas não tem limites. Elas querem grudar nas pessoas, querem impor suas verdades, querem espaço na sua casa, querem mandar na sua vida, saber da sua vida íntima. Eles são invasivos, perseguidores, grudentos. Podem querer morar na sua casa, encostar na sua renda. "Entra na minha casa, cuida da minha vida, mexe com minha estrutura..." isto aí, só Jesus. Outras pessoas na sua vida, não.

Outra coisa que você sente é que eles sugam sua energia. Se você sente cansaço, sono demais, são sinais.

Já viu a pessoa com aquele sorriso sarcástico de satisfação porque o outro está sofrendo? É outro sinal. Falam que tem inveja dos outros? Pessoas tóxicas não gostam da felicidade alheia. Sim, estas pessoas são tristes.


Quais são os tipos de pessoas tóxicas? 

O Egoísta

O egoísmo é a base de todo o mal. Todos tem um pouco de egoísmo, apenas os santos estão livres disto. Egoísmo vem de EGO. Querer para si, por causa do medo primordial, da separação primordial do todo.

Todos os outros tipos são variantes do egoísmo, exacerbado em algum aspecto.

O Narcisista

Cuidar de si mesmo é importante. Fazer exercícios físicos e cuidar da saúde é importante. No entanto, se não há a mínima consideração com os outros, isto pode ser um sintoma.

O narcisista é um egoísta exacerbado e que se concentra na sua auto-imagem, muitas vezes a física. Malhação excessiva, cirurgias plásticas frequentes, muitos selfies, muita ostentação são sintomas de narcisismo. O narcisista não escuta a ninguém e só fala de si mesmo, está sempre se exaltando. Ele não se importa com o sentimento dos outros e não consegue se colocar no lugar dos outros. Adora ser o centro das atenções e gosta de aparecer. É um ego inflado. Mimar demais os filhos, colocá-los sempre como o centro das atenções, fazer tudo o que eles querem pode resultar nisto.


Alguns narcisistas estão presentes no mundo do espiritualismo. Muitos querem a validação de autoridades espirituais de sua superioridade perante os outros ou se comportam como o centro espiritual de todo o universo, sabedores de toda a verdade. Podem dizer uma coisa e agem completamente diferente do que dizem. Estão ali apenas para o aplauso. O mundo da fama e da celebridade vazios podem ser o palco para estas pessoas, com ou sem talento.

Quer saber se alguém é narcisista? Está em dúvida se você é narcisista? Faça aqui o Teste de Narcisismo .

O Invejoso

Admiração é algo benéfico e faz com que a pessoa melhore para conseguir algo ou alguma qualidade que vê em outra pessoa. No entanto, a inveja é diferente. É cobiçar o que o outro tem, porém fazê-lo perder o que tem, fazê-lo ser infeliz.

O invejoso é um frustrado. Olha para a vida do outro e deseja o mal e que o outro perca o que tem. Não sabem o que o outro passa para conseguir o que tem. Adoram notícias ruins dos outros. Narcisistas frustrados se tornam altamente invejosos.


Um artigo científico interessante sobre a inveja é este aqui:

A Inveja Desvendada

O Arrogante (O Dono da Verdade; O Orgulhoso)

Ele é mais do que os outros. É um orgulhoso. Sempre está certo, o dono da verdade. Humildade é o contrário deste ser. Já que é o dono da verdade, discutirá com os outros para provar o que pensa. Este aqui vai jogar a culpa de tudo nos outros, afinal ele é perfeito. Minorias são acusadas de todo o mal, raças inferiores, outras religiões, todos os que são diferentes dele tem que levar a culpa deste ser tão perfeito. O mais assustador é quando isto se torna comportamento de grupo ou a moral do rebanho.

Fanáticos religiosos e de qualquer outro campo se encaixam aqui.


O Magoado

Magoei... Bem, todo mundo tem um grau de mágoa. Mas é preciso perdoar, senão a mágoa, o ressentimento e a rejeição gastam energia e podem se transformar em raiva. Algumas pessoas se tornam raivosas e sempre que encontram quem elas acham que provocou a mágoa atacam o outro e se comportam de maneira destrutiva. Geralmente quem não quer perdoar se comporta como vítima. Porém isto tem solução, com diversas técnicas e diversos tratamentos holísticos. Se quiser alguma ajuda e compreensão sobre este sentimento, veja em "Como Limpar as Mágoas".

O Mandão (O Controlador)

Algumas vezes o controle vem do medo. Pais que tem medo do que pode acontecer com os filhos podem tentar controlar um pouco até que os filhos tenham autonomia.


No entanto, em excesso, é uma variante do arrogante. O mandão acha que sabe de tudo e quer que tudo seja como ele quer. Tem uns que querem mandar na vida do amigo. Acham que mandam em quem o amigo tem que gostar ou não, acham que podem mandar na vida dos outros. Não respeitam o sentimento dos outros.

O Competitivo

Uma coisa é a pessoa querer competência no sentido de fazer as coisas funcionarem (competência em espanhol quer dizer competição). Outra coisa é querer sempre ser melhor do que os outros.

O competitivo pode ser o narcisista, o invejoso e o arrogante ao mesmo tempo. Nossa sociedade preza pessoas assim, que precisam estar sempre acima dos outros (arrogância), precisam ter mais do que os outros hoje em dia a ponto de ostentarem (inveja), precisam ser o centro das atenções (narcisismo). Pessoas que estão sempre competindo com os outros são cansativas. Convidam os outros apenas para jogar algum jogo, inventam competições o tempo inteiro. Provavelmente nem sabem o que realmente querem porque só fazem algo para serem mais do que os outros. Vão fazer o que está na moda para não serem excluídos. Estão sempre invejando os outros e se precisam estar sempre por cima, os outros tem que perder e portanto precisam sofrer e não serem felizes. O competitivo só tem amigos que possam ser bem vistos pela sociedade ou então são amigos capacho, os quais estão do lado, porém eles sempre se comparam e tentam ser melhores ou gostam de rebaixar os amigos capacho. Se você está se sentindo um amigo capacho, saia dessa, você não foi feito para ser pisado.


Imagine que o narcisista competitivo e extrovertido é o contrário e oposto do empático super sensível e tímido. Os empáticos acabam por entrar em depressão num mundo tão esquisito e egoísta.

O Fofoqueiro


Este aqui se aproxima, oferece amizade, muitas vezes é simpático e tem lábia e assim consegue extrair informações. Onde você foi? Com quem? Está em que trabalho? O que tem feito? Quer saber de tudo. Quer cuidar da sua vida invadindo seus segredos íntimos. Pode até falar da própria vida, abrir suas histórias íntimas até sexuais, para que você se sinta a vontade e revele as suas histórias. Um alerta é quando ele começa a falar dos outros coisas que seriam perigosas para outros saberem mesmo que seja verdade. Uma fofoca não é necessariamente mentira, podem ser suposições, mas sempre tem um cunho negativo para denegrir a imagem do outro. Sim, geralmente o fofoqueiro é invejoso, algumas vezes é competitivo. O assunto do fofoqueiro é a vida alheia porque ele não está satisfeito com a própria vida. E o pior fofoqueiro é aquele que procura criar intriga e afastar os outros. Cuidado com quem quer uma amizade exclusivista, parece que de repente você virou a propriedade única da pessoa. Nossa sociedade se nutre de revistas de fofoca, notícias de fofoca na TV e internet e de paparazzi. E tem pessoas que acham que fofocar é um ato social e adoram sair para se reunir e fofocar. Mas estas pessoas tem um nível muito baixo.




O Preguiçoso

Uma coisa é você de manhã estar com preguiça de acordar. Outra é esta pessoa descrita aqui. Este tipo aparece se oferecendo como amigo ou quer dar em cima de alguém para se encostar, ir morar na casa do outro até fingindo ser o amor da vida da pessoa, mas para ter um lugar bom para morar ou desfrutar da grana de alguém. Se são desinteressantes e sem papo, só conseguem fazer de vítimas as pessoas muito carentes. Mas se são enganadores e tem um papo envolvente, podem convencer pessoas desavisadas. Eles aparecem com propostas de trabalho fora da realidade para se sustentar e geralmente são trabalhos bem leves ou praticamente nenhum trabalho, enrolação. Dá para perceber que existe muita gente assim em diversos setores da sociedade. Infelizmente na nossa sociedade derivada da escravidão o trabalho para muitos não é sinal de prosperidade ou dignidade e sim de inferioridade, principalmente se for trabalho físico. Geralmente os preguiçosos são invejosos porque quem trabalha consegue o que quer. O preguiçoso gosta de ostentar para se dizer mais do que os que trabalham.


O Queixoso (A Vítima; O Crítico)

Nós podemos ter crenças de vitimização de que somos sempre atacados por psicopatas por exemplo. Ou mesmo quando alguém se encontra numa ansiedade muito grande não consegue enxergar o lado mais calmo da vida, passa por uma fase de pessimismo (do jeito que as coisas estão muita gente ainda vê as coisas deste jeito). Quando há magoas e a pessoa não quer perdoar, pode se comportar como vítima. Neste caso, há tratamento para a mágoa.

O queixoso é um pessimista e sempre vê a vida no lado vazio do copo. Pode estar com raiva de tudo e todos estão contra ele, pode ser uma vítima também. Tudo é ruim. Todos não prestam. Nada vai dar certo. Quando as queixas são somente contra o outro, podem ser resultantes de alguém competitivo que quer fazer o outro se sentir mal e rebaixado, queixa-se sempre do outro, do companheiro, a culpa é sempre do outro. Ou pode ser um perfeccionista que não consegue compreender que não existe a perfeição. Se é um preguiçoso que se faz de vítima, será também invejoso.


Alguns que gostam de serem vítimas podem ter doenças físicas com fundo psicológico que pioram exatamente na hora que convém para que continuem parasitando alguém. Muitas destas pessoas não querem a cura, elas tem um ganho secundário. Podem pular de terapeuta para terapeuta e nunca resolvem. Algumas vezes resolvem, mas é necessário muita persistência e defesa energética, pagamento das terapias, não deixar ser via de mão única.

E tem aqueles que adoram estragar o que é do outro sendo sempre do contra, criticando, na internet eles tem o nome de troll.

O Sanguessuga

Este aqui está sempre pedindo alguma coisa e nunca devolve nada. Empréstimos, favores, assistencialismo... E quando tudo isto junta com o ser preguiçoso... É uma variante da vítima.

O Mentiroso

Todo mundo tem algum grau de mentira nem que seja por educação. Tem gente que apenas conta "causos" como as histórias de pescador. E tem também graus de cinismo e hipocrisia nas pessoas. Mas passando disto, vamos para a outra categoria.


O Manipulador (O Malandro)

A variante do mentiroso patológico. Uma figura típica é a do personagem vivido por Jim Carrey em "O Mentiroso". É aquele que usa a mentira para tirar vantagem dos outros, roubar, matar ou se esquivar da culpa. Tem gente que até finge ser outra pessoa para conseguir o que quer. Infelizmente vamos admitir que nossa sociedade está muito doente e precisamos melhorar muito. O manipulador reverte todas as informações a seu favor mesmo que ele esteja acabando com a outra pessoa. Ele sempre é a vítima e o outro é o culpado.


O Psicopata

O pior tipo de todos é o psicopata. Geralmente o psicopata é  narcisista, egoísta, competitivo, manipulador, mentiroso, fofoqueiro, invejoso, se acha o máximo e se faz de vítima quando lhe convém. Ou seja, são todos os tipos numa pessoa só. Algumas vezes são também preguiçosos e adoram dizer que tiraram vantagem dos outros para estar onde estão e farão de tudo para escravizar os outros. Gostam de ostentar e de aparecer e adoram ter poder sobre as outras pessoas. Podem se utilizar de todos os métodos anti-éticos, desde a chantagem, a agressão física, verbal, psicológica, sexual até a magia negra. Corrupção, assassinato, crimes, tudo o que se pode imaginar de errado. Percebe-se que nossa sociedade mantém no poder este tipo de toxicidade cancerígena.

Se alguém suspeita que o cérebro reptiliano é responsável por estes comportamentos tóxicos, acertou. É por isto que estas pessoas são denominadas tóxicas, porque soltam veneno como as cobras.

Como fazer o detox das pessoas tóxicas?

1. Extrato, cápsula, suco e chá de Não

Não, isto não é extrato de Noni. É extrato de Não. Você vai precisar de muito extrato de Não.

A primeira coisa é se afastar. Diga não. Não deixe a pessoa continuar na sua vida. Para prevenir, não permita que pessoas invasivas entrem na sua vida, estabeleça limites.


Quando você se afastar, a pessoa vai reclamar e algumas vezes vai ficar com raiva. Não tem muito jeito. Diga o que viu de errado e saia. Quem tem que resolver o comportamento tóxico não é você.



Desconfie de quem oferece amizade. A amizade vem aos poucos e a confiança vai sendo construída.

Você não precisa falar da sua vida, dizer o que quer, o que tem. Reserve isto para si. Preserve sua vida íntima. Não tem que contar para quem te conta da própria vida. Sua vida não é um livro aberto. E pra quê saber da vida dos outros? Cada um cuida da sua própria vida. Cada um sabe da sua própria vida.

Não precisa ir para a casa do outro e nem abrir sua própria casa. Espere.

Você não precisa ajudar a todos. Isto é impossível. Não é sua obrigação. Você não precisa emprestar dinheiro para os outros. Se você tem algum comportamento co-dependente, procure ajuda. Anjos encarnados tem esta tendência de ficar ajudando todo mundo.

A porta é estreita porque você só consegue salvar a você mesmo, só entra um de cada vez e é com o trabalho próprio, cada um dentro de si mesmo, reforma íntima.

2. Suco verde de proteção e cuidados

Se estiver se sentindo muito pesado ainda e se não tem jeito, se tem que conviver com a cobra, faça a proteção energética que você conhece, do Reiki, do Theta Healing ou de qualquer outra prática espiritual. Visualização, tantas outras. Tome banho de sal grosso. Use aromaterapia ou outras terapias alternativas para se desintoxicar. Reserve um tempo para você se cuidar.



Como está sua auto-estima? Você está se cuidando? Cuide-se, da sua saúde física, espiritual, mental. Não se deixe pisar, você não merece isto. Se for necessário ficar sozinho por um tempo, para aprender a estar sozinho sem dependência, fique. Para saber do que você gosta, para aprender a se gostar.

3. Exercício com trabalho físico, mental e espiritual

Trabalhe e honre quem trabalha. Prefira a honestidade do que a mentira. Pague suas contas. Seja independente.

4. Limpeza do fígado (detox da raiva)

Perdoe-se, perdoe os outros, pare de guardar rancor e raiva. Seu fígado agradece.

Retire suas culpas, pense na vida como um aprendizado e não uma competição de perfeição. Pare de cobrar dos outros.

Cultive sentimentos de gratidão e alegria. Entre em contato com a beleza e com a natureza.

Aproxime-se de pessoas mais alegres e peça a Deus para encontrar estas pessoas.

Como evitar que meus filhos se tornem pessoas tóxicas?

Este é um tópico preocupante na sociedade atual. Os valores todos invertidos que favorecem as pessoas tóxicas (por isto tantas doenças e tanta destruição), o trabalho excessivo e a culpa dos pais.

A falta de atenção no cuidado com o físico, o emocional e o espiritual das crianças, a falta de companhia de outras crianças e o brincar em conjunto são fatores que estão criando mais pessoas tóxicas.

Por outro lado, mimar demais por culpa ou por herança de educação também levam a este tipo de doença.



Mesmo que o filho seja único, ele precisa conviver com outras crianças e precisa aprender a não ser o centro das atenções sempre. Precisa aprender a compartilhar e não a competir. Precisa aprender a respeitar os outros em todos os sentidos. Precisa ter mais empatia, saber como os outros sentem.

Precisa de regras e de respeito ao limite dos outros e de si mesmo. Precisam ouvir um "não". Os pais tem este papel de dizer não. Senão fica uma pessoa tóxica sem limites ao crescer.

Ao mesmo tempo precisam de autonomia, auto-confiança, precisam aprender a se cuidar e a se gostarem. Precisam aprender a gostar dos outros e a respeitar as diferenças. Precisam aprender que eles são responsáveis por si mesmos.

É muito importante os pais perceberem que podem estar criando preguiçosos se mimarem demais os filhos e não derem tarefas para eles cumprirem. Lavar louças, varrer a casa, regar as plantas, lavar o banheiro, cozinhar, fazer a cama são coisas importantes até para desenvolvimento do caráter e do entendimento que tudo na vida é obtido com esforço próprio.

Já está assustador o suficiente ver isto aqui:



Finalmente, dê valor a quem merece. Não confie no que a mídia e a sociedade impõem, porque tudo está muito caótico e invertido, ensine isto a seus filhos.


Fonte:http://planetaazulindigo.blogspot.com.br/2015/07/receita-de-detox-de-pessoas-toxicas.html

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA