TAROT REVELA COMO SÃO SEUS AMIGOS

Imagens do artigo: The Tarot of Prague, de Karen Mahony e Alex Ukolov. Magic Realist Press, 2004. Fotografias de Leo Chioda com a permissão dos autores. Todos os direitos reservados ao Baba Studio. www.baba-store.com
Tarot revela como são seus amigos
Cartas descrevem suas amizades e lhe ajudam a lidar com elas
Os significados das cartas de Tarot são inesgotáveis. Não falando apenas das inúmeras combinações entre os Arcanos Maiores e os Menores, mas sobretudo da vasta gama de contextos em que o oráculo pode ser inserido e responder com determinada clareza.No que diz respeito à amizade, por exemplo, as cartas podem ser bastante diretas: "O Mago", por exemplo, indica uma relação baseada em interesses; "A Roda da Fortuna" sugere um fluxo constante de contatos, novos e antigos que são recuperados, embora a consideração seja inconsistente e aparentemente provisória. Já "A Sacerdotisa" simboliza grande admiração e até mesmo uma atração velada. Embora um amigo seja sempre diferente de outro, assim como os significados de uma carta de Tarot mudam conforme o contexto em que é sorteada, é importante se valer dessas imagens arquetípicas para determinar os diferentes tipos de pessoa que fazem parte do seu convívio.


Cada amigo que você escolheu para a sua vida tem algo a lhe acrescentar, já que todos são um universo riquíssimo de experiências, desejos e lições. Por isso, é importante notar que o Tarot pode sugerir meios de lidar bem ou melhor com determinadas peculiaridades daqueles que moram em seu coração. Confira no slideshow abaixo os principais atributos dos 11 primeiros Arcanos Maiores e tente encaixar seus amigos em algum dos perfis. Veja, também, uma série de sugestões para lidar com suas amizades da maneira que elas merecem.

Tarot revela como são seus amigos

Cartas descrevem suas amizades e lhe ajudam a lidar com elas


O MAGO

QUEM É

Abram alas! "O Mago" rege aqueles amigos que se projetam de modo invejável: roupas, acessórios, repertório e desenvoltura. Esforça-se para que sua performance seja sempre a mais brilhante. Ao menos para deixar os amigos (sua plateia favorita) deslumbrada - e, se possível, morta de inveja. São pessoas que gostam ou precisam aparecer para se sentirem inseridas, queridas e importantes. Para o(a) amigo(a) tipo "Mago", o status importa muito mais do que se pensa. Mesmo que o seu poder aquisitivo seja baixo, ele(a) geralmente consegue se inserir em meios requintados. Com boas doses de improviso e persuasão, consegue ser membro de determinada elite. Embora traga sinais de prestatividade, "O Mago" é um indicativo clássico de amigo(a) interesseiro(a). Sabe seduzir com sua presença, acreditando que sua companhia é uma oportunidade única de se conviver com alguém brilhante. É imprescindível detectar o grau de influência que uma pessoa assim pode causar em você ou em seu grupo de amigos. É aquela que geralmente fala mais alto, se destaca por assuntos inusitados e toma atitudes muito bem pensadas para conseguir o que deseja.

COMO LIDAR

É importante ficar com um pé atrás quando o(a) amigo(a) tipo "Mago" quer dar seu show. Ele(a) pode não pensar muito nos outros quando decide expressar suas vontades, exigindo atenção às suas intervenções e consideração pelas suas regalias. Além do iminente interesse em determinada situação, pessoa ou condição, também pode indicar falsidade. Requer jogo de cintura e vários "nãos" para que a excentricidade não se sobressaia. Seja prudente diante de todo e qualquer exagero. Cortar os excessos de alguém sob influência deste arcano pode ser melhor do que tolerar chateações. E até mesmo ser alvo de uma intimidade forçada que acaba invadindo sua privacidade.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.





A SACERDOTISA

QUEM É

Representando aquele amigo que critica, briga, ironiza e até olha torto, "A Sacerdotisa" também admira. De perto, mas em silêncio. Não esbanja suas opiniões, mas as dá quando são necessárias. É a típica pessoa que guarda para si as considerações sobre quem mais gosta, assim como detesta em segredo as mais antipáticas do seu círculo social. Pode, também, sofrer de inveja dos amigos mais próximos, por mais que os ame. Não faz questão de declarar suas intenções nem suas considerações, embora seja realista quando sua voz é solicitada. É uma pessoa confiável, apesar da sua postura de desaprovação, de vítima ou de mágoa.

COMO LIDAR

As peculiaridades do(a) amigo(a) do tipo "Sacerdotisa" dizem respeito ao seu modo de ver o mundo e de lidar com as pessoas. Podem ser adeptos dos livros e das teorias a respeito do funcionamento dos grupos e mesmo das pessoas, mas sua experiência de vida é válida. A sabedoria de uma pessoa que se encaixa neste arcano deve ser levada em conta. Por se distanciarem facilmente quando ofendidas (e elas são facilmente ofendidas), é preciso escolher as palavras e, sobretudo, demonstrar apreço à sua natureza. Tanto sua história quanto sua personalidade podem ser carregadas de tristezas, por isso demonstrar a importância dessa amizade é crucial para haver harmonia.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



A IMPERATRIZ

QUEM É

O terceiro Arcano Maior do Tarot rege os amigos detalhistas, falantes e também ciumentos. É a carta que simboliza a pessoa com um forte instinto de superproteção, sem falar na busca incessante da harmonia, da alegria e do conforto. Amigos dependentes da estética, da beleza e das aparências estão sob a égide desta carta. Pode agir de modo extremamente generoso e gentil, oferecendo presentes e traçando metas em longo prazo para que haja parcerias de sucesso, embora deixe para os outros o trabalho grosso. Nem sempre leva em conta detalhes importantes das relações, assim como não costuma medir as consequências de suas atitudes. Mesmo assim, os amigos regidos pela "Imperatriz" querem apoiar e prosperar ao lado de quem amam.

COMO LIDAR

Uma das fraquezas do terceiro Arcano Maior é a futilidade. Amigos "Imperatriz" podem fazer conta de bobagens que consideram importantíssimas para o pleno funcionamento da amizade ou da parceria. Porém, na prática, suas preocupações ou exigências nem sempre devem ser atendidas. Por usar a tática da vitimização de modo cada vez mais engenhoso, é favorável dar um basta com toda a gentileza do mundo: distanciando-se por um tempo, mostrando que as coisas não são como se imagina e, também, explicando que dar-se muita importância é uma tática previsível de dominação. Mesmo havendo carisma, as intenções da "Imperatriz" podem ser extremamente egoístas.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



O IMPERADOR

QUEM É

Regendo os amigos que fomentam contatos importantes, "O Imperador" pode representar aqueles que agem de acordo com as convenções sociais: família, poder aquisitivo e influência profissional. Típicas amizades em que a imagem pública está sempre em jogo, assim como as conveniências de um grupo bastante seleto de amigos que se ajudam, mas que principalmente dependem de um líder. Já que ele mesmo se considera este líder, o amigo "Imperador" comanda desde os costumes até determinadas atitudes do seu grupo. Por isso mesmo demonstra não apenas liderança, mas também responsabilidade, um pressuposto necessário para lidar com desafios e desabafos dos amigos. Sabe gerenciar os problemas e pode oferecer soluções para a maioria deles, mesmo que radicais. Sua postura é séria, embora muitas vezes seja parcial. Toma partido do que lhe convém. Fomenta soluções que favorecem o grupo como um todo. É o tipo de amigo(a) com o(a) qual não se deve brigar, simplesmente por querer medir forças e argumentos com quem vai contra.

COMO LIDAR

Encarar a força de uma amizade regida pelo "Imperador" significa dar conta de mandos e desmandos, assim como administrar qualquer postura prepotente sem levar para o lado pessoal. A(O) amiga(o) regida por este arcano pressupõe um nivelamento gradativo de influências: você é tão grande quanto quem impera. Mostre o seu tamanho sem precisar ofender ou diminuir ninguém. Deixe claro o quanto você é responsável, podendo tomar decisões para si. Ao mesmo tempo, ressalte que você tem vida própria, com seus gostos, opiniões e reservas. Enfrente este tipo de amigo(a) para questionar toda e qualquer autoridade. Amigo(a) de verdade não impõe nada aos outros.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.





O SACERDOTE

QUEM É

E quando aquele amigo ou aquela amiga é o guru da turma? "O Sacerdote" rege aquelas pessoas que ajudam aqueles que mais amam com ensinamentos e aprendizados. Fidelidade, apoio incondicional e naturalidade em ver o que há de melhor e mesmo de pior um no outro: esta carta do Tarot simboliza as pessoas que valorizam as amizades, independente dos seus altos e baixos.

COMO LIDAR

Esta é a carta das lições de ouro. Lidar com um amigo "Sacerdote" significa ouvi-lo sempre que ele se predispõe a falar, já que ouvir você é o que ele faz de melhor. Convém silenciar a mente e perceber o quanto esta pessoa pode oferecer clareza e mesmo inspiração para trilhar situações de modo coerente, em paz e harmonia. Celebre este tipo de amizade, aparentemente tão rara hoje em dia.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



OS ENAMORADOS

QUEM É

Sabe aquele amigo sempre indeciso? Ou aquela amiga que custa para se decidir entre uma coisa (ou pessoa) e outra? Esse tipo, geralmente marcado por dúvidas existenciais e por uma alta capacidade de apaixonar com rapidez e facilidade, se encaixa perfeitamente no perfil desta carta. São amigos amorosos, meigos e queridos, mesmo que suas ideias, opiniões e concepções mudem com uma frequência absurda. Mesmo assim, indicam também admiração e a escolha do amor acima de qualquer valor. Pode indicar, também, amigos que se apaixonam por amigos.

COMO LIDAR

Atenção não basta - há de se ter um pulso firme para não permitir que o amigo ou a amiga do tipo "Enamorados" se perca em seus devaneios afetivos. Ajudar a clarear as ideias e testar seu poder de decisão é uma boa medida para não ficar no olho do furacão ou no meio do caminho em sua companhia. As dúvidas existenciais podem ser sanadas na medida em que você demonstra afeto e consideração pelos interesses deste amigo. Aja com amor, mas sem se perder em seu sonhos ou em suas ideias mirabolantes.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



O CARRO

QUEM É

Quando a sétima carta do Tarot rege um(a) amigo(a), saiba que não tem para ninguém: esta pessoa vai direto ao ponto, sem fazer curvas. A decisão bem demarcada, a perseverança estampada nas atitudes e a alta capacidade de realização pessoal pressupõem que as companhias acompanhem seu ritmo. Caso não o alcancem, o amigo "Carro" segue caminho do mesmo jeito. Simboliza pessoas resolutas, marcadas pela sede de vitória e mesmo de adrenalina. Ainda que se porte de modo egocêntrico, é o clássico companheiro de estrada - aquele que progride, muda-se de cidade, estado ou país, mas conhece suas origens e seus afetos mais antigos.

COMO LIDAR

Este é o tipo de amizade que lhe instiga a criar e a seguir seu próprio caminho, por mais que pareça fácil para esse(a) amigo(a) e difícil para você. Lidar com o exemplo de uma vida promissora pode ser inspirador, por isso vale acompanhar este(a) amigo(a) que ainda pode lhe ajudar a pegar determinados atalhos ou lhe mostrar as melhores estradas. O amigo "Carro" conhece as vias de entrada e de saída, por isso é favorável mudar os rumos de acordo com seus conselhos e experiências. Aja de modo normal, com serenidade e consideração, mesmo que seus ritmos sejam absurdamente diferentes. Independentemente da distância ou do status, o que prevalece é a amizade.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



A JUSTIÇA

QUEM É

Um arcano ativo e reativo na mesma medida. Um amigo que ouve tudo com absoluta atenção e fala com toda a clareza que pode haver neste mundo. É assim que o(a) amigo(a) regido(a) pela "Justiça" age: opinando, aconselhando e mostrando os prós e os contras das situações apresentadas. É, provavelmente, a pessoa mais comedida do seu grupo de amizades, aquela personalidade que preza pela moral e que atua pelo seu próprio bem e pelo bem de quem mais ama. Pode parecer frio(a), enigmático(a) ou mesmo reticente, mas sua quietude esconde generosidade, consideração e vigília sobre aqueles que moram em seu peito. É um(a) amigo(a) justo(a) e sério(a). Uma companhia para poucos.

COMO LIDAR


Embora haja a tendência de saber das consequências de todos os atos, a voz do(a) amigo(a) "Justiça" deve ser ouvida de modo tranquilo - afinal, nem sempre uma pessoa nos aconselha a agir da melhor maneira possível, não é mesmo? Considere a ponderação deste tipo de amizade e se aproxime de modo calmo. Pessoas regidas por este arcano costumam agir da mesma maneira como agem para com elas, embora prefiram a indiferença em vez de violência. Toda essa aparente antipatia, causada pelo peso das responsabilidades e dos deveres, pode ser desmontada com uma postura sensata de sua parte: leve em conta a natureza e o fardo dessa pessoa.
Demonstre sua verdade, não seus medos. Mostre que você é um ser humano, assim você enxergará o ser humano por trás dessa fortaleza de reservas e opiniões formadas sobre tudo.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



O EREMITA

QUEM É

Um dos arcanos mais sábios do Tarot é também aquele que rege os amigos ranzinzas, metódicos e implicantes. Aquela amiga que aparenta ter muito mais idade do que realmente tem geralmente é a mais sensata da turma. Assim como o amigo mais sistemático pode ser um dos mais generosos e experientes. Por ter vivido inúmeras situações, das mais adversas às mais prazerosas, os amigos do tipo "Eremita" geralmente têm algo a dizer sobre tudo, desde que solicitados. Sabe aquele amigo que é seu amigo e não amigo dos seus amigos? É geralmente visto em um grupo bem seleto de pessoas, já que evita tumulto e pessoas estranhas em sua roda. Se retira com incrível facilidade ou nem aparece, a menos que seja exigida ou necessária a sua presença. É comum serem os mais isolados e sumidos do grupo, mas ainda assim os mais queridos.

COMO LIDAR


Pode-se contar com um(a) amigo(a) "Eremita" para tudo - exceto baladas. É um cúmplice ou uma testemunha confiável nos momentos mais sérios, arriscados ou importantes. São avessos a badalações, por isso é crucial evitar qualquer tipo de insistência. Vale a pena respeitar seu ritmo tão peculiar e celebrar a amizade com visitas e programas em que o foco sejam vocês, não um grande número de pessoas. Demonstre o quanto sua sabedoria lhe inspira a refletir sobre sua vida, suas escolhas e suas atitudes.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



A RODA DA FORTUNA

QUEM É

No olho do furacão! Amigos regidos pelo décimo arcano do Tarot estão sempre com pressa, com seus altos e baixos a todo vapor. São inconstantes e geralmente conversam com os amigos pensando em outras coisas que já deveriam ter feito ou concluído. A displicência do(a) amigo(a) "Roda da Fortuna" é vista de longe: a correria o(a) consome e também consome as relações mais queridas, fazendo com que tudo seja programado, rápido e mesmo inconsistente. Esse tipo de amizade conhece muito bem seus laços afetivos, mas se atropela com tantos afazeres que assume para não perder tempo. Com isso, perdem oportunidades de estar com quem gostam e comemorar as conquistas.

COMO LIDAR


A pessoa regida por esta carta tem facilidade em conhecer pessoas, mas só firma amizade com quem realmente entende seus horários, suas necessidades e sua natureza. A rotina apressada pode atrapalhar o convívio, mas você pode se fazer presente de gota em gota - deixando uma mensagem despretensiosa, convidando para um jantar com mês de antecedência ou apenas exigindo notícias. A simples predisposição a procurar um(a) amigo(a) "Roda da Fortuna" já demonstra sua amizade. Celebre essa relação de modo leve, como deve ser.

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.



A FORÇA

QUEM É

Pessoas firmes, fortes e magnéticas. Aquelas que chamam a atenção pela bravura, pela sensualidade e pela liberdade pessoal. São os(as) amigos(as) regidos pela "Força" que lhe fazem questionar medos, inseguranças e opiniões retrógradas. Esse tipo de amizade provoca mudanças significativas no comportamento do grupo, mesmo causando certo espanto, já que tonifica a força de vontade e o posicionamento diante das dificuldades. É alguém com destreza para convencer, persuadir e provar que a vida pode ser mais prazerosa do que se imagina, mesmo havendo impasses e desafios constantes. Um(a) amigo(a) arrojado(a), intuitivo(a) e esperto(a) cuja transgressão não quer necessariamente ferir alguém, mas mostrar que pode haver liberdade e firmeza para seduzir o mundo e atrair o melhor da vida. Uma companhia instigante que incita a reconsiderar suas atitudes, sua perseverança e suas verdades.

COMO LIDAR


O amigo "Força" pressupõe uma cabeça aberta às novidades e à ressignificação do que é considerado tabu ou pecado. Confiar na sua naturalidade é favorável, pois assim você passa a ver a vida de uma forma mais livre, bonita e confiante. Respeite sua natureza, suas escolhas e também suas medidas. Por mais ousadas que sejam, podem ser benéficas para os amigos mais queridos - os quais esse tipo de amigo defende com unhas e dentes quando pressente que o afeto é verdadeiro.


E então? Quantos amigos você já encontrou nessas primeiras 11 cartas do Tarot? É sempre bom lembrar que um amigo não se resume a determinados atributos dessas imagens, mas é inquestionável que você pode identificar alguns padrões e lidar com eles da melhor maneira possível.

A orientação que o Tarot oferece, mais que qualquer previsão de futuro, é o que há de mais importante para haver harmonia em sua vida. Em breve você poderá conferir as descrições e as sugestões táticas para lidar com os 11 últimos arcanos. Seguir essas diretrizes pode fazer com que você passe a valorizar de verdade as pessoas mais próximas e a entender que elas são um universo próprio, com suas leis, suas verdades, suas fraquezas e suas riquezas. Celebre seus amigos! E até logo!

Imagem: The Tarot of Prague, de Karen Mahony & Alex Ukolov. Magic-Realist Press, 2004. Todos os direitos reservados. Fotos de Leo Chioda.


Fonte:http://www.personare.com.br/tarot-revela-como-sao-seus-amigos-m6359?utm

Sobre o Tarot


Usar o Tarot é mergulhar no vasto oceano dos arquétipos. É entrar num estado de receptividade absoluta. É saber escutar os seus segredos com o coração, é mergulhar na própria alma.

Nos Arcanos do Tarot encontram-se mistérios que somente são revelados quando o coração se abre ao Amor, isto é, o Tarot revela-se ao todo somente quando sente nossa alma cristalina, aberta e receptiva ao amor e, por conseguinte, ao Tarot.

Consideramos que os 22 Arcanos Maiores do Tarot constituem o alfabeto da Alma. Conhecer esta linguagem simbólica e sagrada nos permite ter acesso aos mistérios de nossa vida. Cada arcano do Tarot representa uma etapa da vida, uma experiência a ser vivida, um caminho, uma direção, um avanço, um recuo, um arquétipo, uma força escondida, contendo uma verdade para revelar, uma mensagem para ser transmitida.

Quando uma pessoa consulta o Tarot deve-se fazê-lo com respeito, abrir o coração e escutar com amor a mensagem que os Arcanos têm para nós.

Podemos querer interpretar um dado momento na nossa vida, querer orientação sobre uma escolha, querer conselhos sobre a nossa vida familiar, afetiva, profissional, espiritual ou mesmo sobre a nossa saúde, afinal o Tarot tem esse “poder” de mergulhar em nossa alma e trazer à tona resposta, por vezes, se não sempre, obrigando-nos a rever os nossos padrões de vida, de comportamento, as nossas escolhas, decisões e atitudes.

As respostas nem sempre são de acordo com os nossos desejos, expectativas ou intenções, porque o Tarot não cede a caprichos, nem a egos inflamados. Ele fala a secreta e antiga linguagem da alma, aquela que hoje estamos tão afastados que mal a escutamos, mas o Tarot está aqui para isso para nos auxiliar na escuta e interpretação das mensagens de nossa alma, claro, sem nunca esquecer que cabe a nós escrever a nossa história, pois o Tarot como qualquer outro oráculo, não irá determinar a nossa história de vida, apenas nos fazer olhar mais profundamente a situação ...      
Fonte:http://sacerdotisadaluayohana.blogspot.com.br/2013_02_01_archive.html