ESPALHE SEMENTES - ISAIAS COSTA

O-semeador

Espalhe suas sementes

Por Isaias Costa


Outro dia li uma pequena parábola de autoria desconhecida e que me fez refletir bastante sobre os valores distorcidos desta nossa sociedade atual. Vivemos em um sistema CAPITALISTA que nos incentiva o tempo todo a COMPETIÇÃO, sendo que o melhor caminho para o crescimento pessoal e da sociedade como um todo é através da COOPERAÇÃO.
“Um fazendeiro ganhava todos os prêmios dos concursos de milhos. Joaquim, jornalista entrevistou-o e descobriu que ele compartilhava as suas sementes de milho com os vizinhos. Curioso perguntou: – Como compartilha as suas melhores sementes de milho com seus vizinhos se está a competir com eles? – Por que? Não sabes ? O vento apanha pólen do milho maduro e o leva através do vento de campo para campo. Se meus vizinhos cultivam milho inferior, a polinização degradará continuamente a qualidade de meu milho. Para continuar a cultivar milho bom tenho que ajudar meus vizinhos a cultivarem milho bom.” 
Autor desconhecido
Esta parábola possui uma simbologia muito bonita, na realidade ela pode até mesmo ser comparada a famosíssima parábola do semeador, da bíblia sagrada dos cristãos. Nela, as sementes que foram jogadas em terra boa, deram frutos 30 por 1, 50 por 1 e 100 por 1. O que isso quer nos dizer? Vou lhe explicar.
Quando pegamos as sementes boas que existem dentro de nós e as espalhamos para os outros, acontece como nessas duas parábolas, elas atingirão diferentes tipos de terrenos, e esses terrenos somos nós mesmos, cada um com a sua individualidade, algumas pessoas tem um terreno pedregoso, outras tem um terreno raso e com pouca possibilidade de infiltração das raízes e outras tem um terreno todo encoberto por espinhos. Qual é o seu terreno? Já se fez essa pergunta?
Essas parábolas vêm nos instigar a refletirmos profundamente sobre isso. Eu penso exatamente como se diz nelas, se nós espalhamos para as outras pessoas as nossas melhores sementes, sem ficarmos com medo de que percamos nossos próprios frutos para os outros, acontece exatamente o contrário, os nossos frutos se multiplicam 30 por 1, 50 por 1 e 100 por 1. Está compreendendo qual é a mensagem que Jesus quis nos deixar, mas quase ninguém entende?
Essas estórias vêm nos falar sobre uma das principais LEIS DO UNIVERSO, a lei do DAR E RECEBER. Tudo aquilo que eu dou, volta pra mim de uma forma ou de outra. Se dou amor, carinho, compreensão, concórdia, amizade, ternura etc. é isso que receberei de volta. Com relação ao conhecimento, logicamente não poderia ser diferente. Porém, estamos inseridos em uma sociedade tão doente, que implantam em nossas mentes o seguinte: “Se o outro aprender aquilo que você sabe, ele tomará o seu lugar e você ficará em nada”. Já pensou que pensamento idiota e hostil! Não queira fazer parte desse grupos de pessoas absolutamente medíocres. Se possível, até mesmo se afaste delas, pessoas assim não vale a pena ter por perto…
Inclusive isso que estou falando agora a respeito do conhecimento, compartilhei em um outro texto falando sobre o que acontece na nossa vida quando aprendemos a colocar em prática a ARTE DE TROCAR IDEIAS [link aqui]. Essa arte incrível é ensinada pelos grandes mestres desde a antiguidade até os dias de hoje. Lembra do Sócrates, por exemplo? Se ele pensasse que os outros roubariam o seu imenso conhecimento para tentarem derrubá-lo, não teríamos até hoje uma das maiores contribuições no ramo da Filosofia que se tem registro e nem tantas linhas de pensamento que guardam na essência seus ensinamentos. O mesmo pode se dizer de tantos outros sábios que compartilharam sua sabedoria e essas sementes caíram em terra boa, geraram muito frutos e esses frutos foram desenvolvendo pessoas cada vez mais humanas, mais íntegras, mais honestas e mais sábias também.
Portanto. Espalhe as suas sementes, não tenha restrições, espalhe suas sementes por onde for, em qualquer lugar. Tenha sempre em mente a certeza de que você se deparará sempre com terrenos de diversas naturezas (lê-se humanos!!), mas que pode ser apenas um único terrenos no qual elas germinarão, no entanto, isso já é uma vitória, pois esse único terrenos vai gerar frutos 30 por 1, 50 por 1 e 100 por 1. E desta forma, você sem nem perceber, vai estar construindo a CORRENTE DO BEM. Transformando o seu mundo e com seu empenho, transformando o mundo todo. Pense sobre isso…

Fonte:https://paralemdoagora.wordpress.com/2015/07/27/espalhe-suas-sementes/