A FÉ É O NOSSO FERMENTO

img_20140821_171836

A fé é o nosso fermento

Por Isaias Costa

Outro dia li um pequeno texto da escritora Marcely Pieroni Gastaldi que me fez refletir bastante sobre a FÉ. Algo que está em falta nesse nosso mundo. Leia com bastante atenção…
“Se a vida da gente fosse uma receita de bolo, acredito que o ingrediente chave para o sucesso seria a fé. Substitua a função do fermento por ela e você entenderá. Você pode acrescentar amor, carinho, tolerância, respeito e paciência, se faltar fé tudo pode desandar. Se você não acreditar que tem feito o seu melhor, de nada adianta todo o resto. Se você não acreditar que tudo dará certo é melhor nem começar. Costumamos criar empecilhos antes mesmo deles se concretizarem e quando nos damos conta páginas deixaram de ser escritas e sonhos desbotaram pelo meio do caminho. É a fé quem dá liga, quem sustenta e nos mantém de pé. Se falta fermento, o bolo não cresce. Se faltar fé a gente enfraquece. Às vezes Deus muda a nossa receita e só lá na frente entendemos o porquê. Pode ser que o bolo fique amargo, sem cor e sem gosto, mas com a medida exata de fé ganhamos sabedoria para prosseguir.”
 Marcely Pieroni Gastaldi
***********
Concordo plenamente com essas palavras. A fé sem dúvida alguma é o nosso fermento. Quanto mais fé nós temos, mais crescemos internamente. É como a associação com a árvore que sempre gosto de colocar em meus textos. A fé é como uma árvore frondosa que vai crescendo por dentro. Por fora, ninguém consegue enxergá-la, mas as pessoas conseguem senti-la, entende?
Uma pessoa que tem uma fé inabalável e forte atrai naturalmente as pessoas para perto. Elas olham e pensam: “Gosto dessa pessoa! Ela tem uma energia tão legal! Tão bacana!…”.
Essa frase lhe soa familiar? Já a ouvi muitas vezes e eu mesmo a pronuncio muitas vezes quanto conheço gente nova que vibra na frequência do amor e da paz.
Nessa hora preciso voltar a falar da LEI DA ATRAÇÃO. Com relação à fé é a mesma coisa. Ela nos ajuda a atrair melhores situações e pessoas na nossa vida. É a fé que nos dá aquela força interior de romper com o passado e saltar com otimismo para um presente e um futuro com muito mais significado.
Eu sou prova viva de tudo que estou colocando aqui. Tive alguns anos em minha vida que não era plenamente feliz, por causa das escolhas equivocadas que tinha feito, mas sempre mantive e deixei crescer a fé de que mudaria para melhor e me tornaria um ser humano exemplar.
Aos poucos isso foi se tornando realidade e hoje vivo todos os dias com uma alegria imensa e com a certeza de estar cumprindo a minha missão de vida como professor e escritor.
O fermento da fé cada vez mais está atuando no meu interior e estou podendo levar essa alegria para muitas outras pessoas.
É engraçado que esse fermento nunca tem fim, ele só tende a crescer cada vez mais. Lembra as belíssimas palavras do mestre dos mestres Jesus Cristo? “Aquele que tiver a fé do tamanho de um grão de mostarda poderá ordenar aquela árvore que saia e se plante no mar ou poderá mover montanhas”, ou em outra passagem na qual ele diz: “aquele que acredita na minha palavra fará as coisas que eu faço e as fará ainda maiores”.
Quer exemplo maior do que esse? Podemos fazer obras grandiosas como as de Jesus através desse amor e dessa fé.
Mas é preciso lembrar que essa busca é diária, como o próprio mestre nos fala: “Orai e vigiai…”. Sem o fermento o bolo não cresce! Esse fermento deve estar presente todos os dias sem trégua. Sabe o que podemos fazer para sempre manter esse fermento presente? A prática do silêncio, da quietude, das orações, da meditação etc.
Não é à toa que Jesus e todos os grandes mestres da humanidade constantemente se recolhiam em silêncio meditativo para se renovarem interiormente.
Para facilitar seu entendimento, vou voltar à metáfora da árvore. O recolhimento é para nosso equilíbrio e saúde emocional o que a água é para as árvores. Esta água rega e faz com que os sais minerais contidos no solo sejam absorvidos pelas suas raízes, levando esta árvore a crescer e gerar frutos.
Assim somos nós também. Para mantermos sempre a fé viva e verdadeira é preciso a oração, a meditação, o silêncio, a paz de espírito. E isso se conquista no dia a dia, aos pouquinhos, sem pressa e na alegria de viver o momento presente.
Que essa breve reflexão tenha feito você pensar um pouco sobre como anda a sua fé e busque alimentar seu interior desta presença de Deus que traz o fermento da fé e nos preenche de amor…
Paz e luz…

Fonte:https://paralemdoagora.wordpress.com/2015/07/27/a-fe-e-o-nosso-fermento/