A ARTE DA FELICIDADE - UM MANUAL PARA A VIDA - SUA SANTIDADE,O DALAI LAMA E HOWARD C.CUTLER

Livro a arte da felicidade - dalai lama

A Arte da Felicidade – Um Manual para a Vida

Este é um livro de Sua Santidade o 14º Dalai Lama.
É muito interessante a forma como o Dalai Lama aborda, os assuntos como felicidade, sofrimento, compaixão e amor. Ele usa uma linguagem simples e direta, com exemplos do cotidiano e com um bom humor de um jeito que só ele tem e que quando você lê, ri e se diverte junto. Para quem já assistiu alguma entrevista do Dalai Lama no youtube, sabe o quanto ele é divertido e quando dá gargalhadas não tem como segurar, você ri junto. Ele transmite uma felicidade muito contagiante.
Livro a arte da felicidade - dalai lama
Acredito que o objetivo da vida seja a busca da felicidade. Isso está claro. Quer se acredite em religião ou não, todos nós buscamos algo melhor na vida.
Neste livro, o Dalai Lama explica basicamente que todos os seres aspiram a felicidade e tentam se afastar do sofrimento, que esse é o propósito da vida, a busca pela felicidade. Em meio a meditações, bate-papo e histórias, ele explica como derrotar a ansiedade, solidão, insegurança e o que nos causa sofrimento no dia-a-dia. Junto com o Doutor Howard Cutler, um psiquiatra, o Dalai Lama conversa e explica vários pontos de vista sobre o cotidiano, relacionamento, perda e busca de riqueza e explica como superar os obstáculos relacionados a estes assuntos.
Este livro transcende religião e tradições espirituais e ajuda o leitor a encontrar a própria felicidade e como superar os próprios obstáculos.
Os principais tópicos do livro são: O propósito da vida, O calor humano e a compaixão, A transformação do sofrimento, A superação de obstáculos e por fim Reflexões finais sobre como levar uma vida espiritual.
Se você já leu e gostou comente, se não gostou comente também.
 Que todos os seres sejam felizes e superem os sofrimento. Que encontrem as verdadeiras causas da felicidade e superem as causas do sofrimento.
Fonte:http://sobrebudismo.com.br/a-arte-da-felicidade-um-manual-para-a-vida/
Neste Livro precioso Dalai Lama busca mostrar como derrotar a ansiedade e a insegurança, a contrariedade e o desânimo do dia a dia. Junto com o Dr. Cutler, ele explora facetas do cotidiano, entre elas os relacionamentos, a perda e a busca da riqueza, procurando mostrar como transpor os obstáculos da vida através de uma fonte permanente de paz interior.
"Um aspecto que caracteriza todas as emoções destrutivas é a tendência de distorcer nossa percepção da realidade. Elas estreitam nossa perspectiva de modo que não conseguimos ver determinada situação em seu contexto mais amplo.
Por exemplo, quando estamos sentindo um tipo extremo de apego — como desejo intenso, luxúria ou cobiça — frequentemente estamos projetando um nível de atraência no objeto que desejamos muito maior do que ele realmente tem. Ficamos cegos até mesmo para defeitos bem óbvios, e em nosso apego obsessivo criamos um tipo de insegurança em nós mesmos, um sentimento de que precisamos obter nosso objeto de desejo e de que somos incompletos sem ele."
(Dalai Lama)

"Da mesma forma, se enfrentarmos nossos problemas em vez de evitá-los, estaremos em melhor posição para lidar com eles.
Esse modo de enfocar nossos problemas era nitidamente razoável, mas eu quis aprofundar um pouco mais a questão.
- É, mas e se enfrentássemos um problema de frente e descobríssemos que não há solução para ele? É algo bem difícil de encarar.
- Mas ainda assim acho que é melhor encarar essa realidade - respondeu ele, em tom marcial."
(A Arte da Felicidade - Dalai Lama)

Você é feliz? 
O que é felicidade para você? 
O livro "A arte da felicidade" traz em uma mescla de religião, psicologia e auto-ajuda várias dicas sobre como ter uma vida mais feliz. O psicólogo Howard C. Cutler entrevista sua santidade, o Dalai Lama, sobre como levar uma vida com maior satisfação e bem estar. Quais os fatores importantes para conquistarmos a felicidade, bem estar e paz de espírito, e como colocá-los em prática na nossa vida. Uma rica conversa entre um psicólogo ocidental e um monge budista sobre fatos pertinentes à condição humana, como a dor, o sofrimento, a perda, a raiva, os problemas... Como lidar com essas situações e torná-las menos significativas na nossa vida.
Apesar da sua formação budista, o livro não é baseado apenas na religião, O Dalai Lama tem uma visão mais ampla, se mostra um profundo conhecedor da mente humana e do nosso comportamento perante as adversidades. Suas técnicas são baseadas no treinamento da mente, condicionando-a à um pensamento mais positivo, assim como as técnicas de psicoterapia e terapia comportamental que a ciência usa para combater vícios e maus hábitos. O Dalai Lama vai um pouco além desse conceito científico e acrescenta a importância de cultivarmos atributos positivos como o amor, a paciência, a compaixão, a generosidade, tendo em vista a ideia de que os estados mentais negativos são obstáculos para nossa felicidade e devem sempre ser substituídos por pensamentos e atitudes positivas, além da importância de termos bons relacionamentos humanos e desenvolvermos empatia.

"Se for possível, servir aos outros. Se não for possível, ao menos procurar não prejudicá-los. O propósito da nossa vida precisa ser positivo. Não nascemos com a finalidade de causar problemas ou prejudicar os outros. Para que nossa vida tenha valor, creio que devemos desenvolver boas qualidades humanas; o carinho, a bondade, a compaixão. Com isso nossa vida ganha significado, e se torna mais tranquila, mais feliz." (Dalai Lama)

O livro é realmente um manual para a vida como sugere o subtítulo, e nos faz refletir a cada página, nos faz enxergar que somos cúmplices dos nossos problemas e que muitas vezes somos nós quem os criamos. Um bom exemplo disso é a história citada a baixo:

"Na sua primeira consulta, um senhor de meia idade, bem tratado, trajando com elegância um austero terno escuro Armani, sentou-se com uma atitude educada, porém reservada e começou a relatar o que o trazia ao consultório. Falava bastante baixo, com voz controlada, comedida. Percorri a lista de perguntas normais, descrição da queixa, idade, formação, estado civil...
-Aquela vagabunda! Gritou ele, de repente, a voz espumava de raiva. - A peste da minha mulher. EX-mulher agora. Ela estava tendo um caso em segredo! Depois de tudo que eu fiz por ela! Aquela piranha!
Sua voz foi ficando mais alta, mais furiosa e mais cheia de veneno, enquanto ele repassava queixas e mais queixas contra a ex mulher ao longo dos vinte minutos seguintes.
A sessão estava chegando ao final, percebendo que ele estava ganhando ímpeto e que poderia facilmente continuar a falar daquele jeito por horas, tentei redirecioná-lo:
-Bem, a maioria das pessoa tem dificuldades para se ajustar a um divórcio recente, e sem dúvidas esse é um assunto do qual poderemos tratar em sessões futuras. Disse eu, em tom conciliador. -Por sinal, há quanto tempo está divorciado.
-Há dezessete anos. Completos em maio."
(Howard C. Cutler)


Mais do que um livro de auto-ajuda, de psicologia humana, ou de ensinamentos religiosos. O livro traz uma leitura que nos ajuda a crescer como seres humanos, que nos ajuda a refletir sobre nosso dia a dia, que nos ajuda a lidar melhor com as situações que nós encaramos como um problema.

Fonte:http://dicasdeboaleitura.blogspot.com.br/2014/03/a-arte-da-felicidade-um-manual-para-vida.html

A Arte da Felicidade - Um manual para a vida (Brasil) / Um Guia para a Vida (Portugal)é um livro da autoria do Dalai Lama em co-autoria com Howard C. Cutlerpsiquiatra dos dos Estados Unidos da América. Foi publicado por Riverhead Books em fevereiro de 1998, sob o título The art of happiness.

Co-autoria

O livro foi escrito por Cutler, baseado em conversas que teve com o Dalai Lama e em palestras ministradas pelo líder espiritual. Os relatos das conversas e das palestras são feitos de forma a tornar o conteúdo mais compreensível ao leitor, portanto não seguem a ordem cronológica dos fatos e nem se tratam de transcrições literais. No entanto, o Dalai Lama respaldou tanto a forma quanto o conteúdo.
O psiquiatra não apenas narra o conteúdo do discurso do líder budista, mas faz também análises e interpretações baseadas em seus conhecimentos científicos. Além disso, o livro descreve a pessoa do Dalai, sua personalidade, suas atitudes, seus gestos e o modo como se relaciona com as pessoas.

O cerne do livro

O tema central do livro é a busca universal da felicidade. O livro apresenta o ponto de vista oriental, nomeadamente do budismo, a respeito de sofrimento e felicidade, apresentando-se como um guia prático para o ser humano encontrar a felicidade. Não se trata de um manual doutrinário ou catecismo religioso, nem de um livro de auto-ajuda, mas sim de uma análise racional de como eliminar o sofrimento.

Estrutura do livro

O livro está dividido em cinco partes, as quais são subdivididas em capítulos. Cada parte foca em um dos aspectos que compõem o escopo da tese do Dalai sobre a felicidade.
  • Primeira parte: O propósito da vida
  • Segunda parte: O calor humano e a compaixão
  • Terceira parte: A transformação do sofrimento
  • Quarta parte: A superação de obstáculos
  • Quinta parte: Reflexões finais

Citação

Acredito que o objetivo da nossa vida seja a busca da felicidade. Isso está claro. Quer se acredite em religião ou não, quer se acredite nesta religião ou naquela, todos nós buscamos algo melhor na vida. Portanto, acho que a motivação da nossa vida é a felicidade.
Dalai Lama

Outras obras do Dalai Lama

  • A Policy of Kindness1990
  • Freedom in Exile - the Autobiography of the Dalai Lama1991
  • The Good Heart - A Buddhist Perspective on The Teachings of Jesus1996
  • The four noble truths1998

Ver também

Ligações externas

Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Art_of_Happiness



Viagem para India e Nepal em 2012.
Audio extraído do audiobook "A Arte da Felicidade" por Dalai Lama.
Produção e Finalização: Samir Bernardes
Narração: Ernest Aduba

Que a felicidade esteja sempre com você.



Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA