A IRMANDADE DA ESTRELA





A IRMANDADE DA ESTRELA


Junho 19, 2015

Este post será sobre o segundo grupo positivo, que secretamente tem trabalhado nos bastidores para o benefício da Humanidade e da libertação do planeta.

Obtive acesso a um dos textos esotéricos escrito por um membro desse grupo que agora estou publicando em sua integra, com a total permissão do grupo.



“A Irmandade da Estrela, é um posto planetário avançado da Loja Azul de Sirius, que está conectada com Sirius, via Júpiter e o Comando Júpiter. O objetivo da Irmandade da Estrela é orientar a evolução do planeta, sob a orientação de Sanat Kumara. O círculo interior da Irmandade da Estrela é formado por Mestres e Arhats que atingiram sua Ascensão neste planeta. Já o círculo exterior da Irmandade é uma Irmandade Esotérica composta de discípulos de Mestres Ascensos, que atingiram o sétimo subdegrau da terceira Iniciação. A âncora física da Irmandade da Estrela fica no vasto reino subterrâneo de Shamballa, onde a grande escola de mistérios da Irmandade Trans Himalaiana opera, sendo que a Irmandade Esotérica representa sua antecâmara.

Himalaia - Everest (foto ilustrativa)


Irmandade da Estrela nunca foi pública desde os tempos de Atlântida. Trabalha secretamente por meio de seus discípulos, que compreendem a Ordem da Estrela, que é uma comunidade, uma mandala com 144.000 seres estelares de primeira, segunda e terceira Iniciação, encarnados neste planeta com a finalidade da triangulação oculta da Luz e escuridão. Seus membros têm influenciado a situação do mundo, com base na orientação telepática da Fraternidade da Estrela.


Fizeram com que o florescimento da cultura greco-romana fosse auxiliado com impressões telepáticas da Fraternidade da Estrela. Foram ativos como sacerdotes Druidas na cultura Céltica. Como Essênios, estiveram colaborando no projeto da Ascensão de Jesus e Madalena/linhagem da família do Graal, como contrapeso da XIII linhagem da nobreza negra. Fundaram a Ordem Iniciática Sufi. No século 12, fundaram os movimentos Cátaros e Albigenses, que reavivaram os mistérios da Deusa, através da poesia Troubadour, também revivendo os mistérios do Cristianismo gnóstico desde os tempos anteriores ao culto Cristão de Constantino. No século 13, fundaram a Ordem Templária, baseada na descoberta de textos esotéricos Isisianos, numa cripta sob o Templo de Salomão. Informações contidas em pergaminhos permitiu o renascimento dos antigos mistérios Egípcios da estrela e a formação da franco maçonaria. Com base num impulso da Irmandade da Estrela, lojas cátaras ocultas provocaram a Renascença, por volta de 1450 em Florença, que deu forma a nossa civilização ocidental como a conhecemos atualmente, reunindo as condições para a chegada dos primeiros representantes da Irmandade Esotérica na Europa, a partir dos subterrâneos do Tibet.


Santo Graal (foto ilustrativa)

Desde então, uma frente de algumas dezenas de representantes da Irmandade Esotérica, está trabalhando secretamente nos bastidores na Europa. No século 16, estiveram ativos, principalmente em Florença, Veneza e Verona, no século 17, principalmente em Londres e também em outros lugares na Inglaterra e, no século 18, principalmente em Paris. A Irmandade Esotérica transmitiu o impulso espiritual para o início do movimento Iluminista para a Ordem da Estrela e esta remodelou o século 18, definindo as bases para a revolução científica e tecnológica.


A Irmandade Esotérica provocou a criação da escola de mistério, através do Conde de Saint Germain, em Paris, em 1775. Esta escola secreta de mistérios, esteve ativa por cerca de 100 anos para, em seguida provocar a criação da Sociedade Teosófica, através de HP Blavatsky, em 1875. Através de impressões telepáticas, a Irmandade Esotérica tem guiado o progresso da ciência, especialmente através de Nikola Tesla.


Atualmente, a Irmandade Esotérica não está envolvida na matriz do sistema no planeta Terra, vivendo em locais não revelados na superfície do planeta.


O Símbolo exotérico da Irmandade da Estrela é a Pedra Celestial de Sirius, Joia Chama, Cintamani, Lapis Ex Coelis, que representa a joia do nosso verdadeiro Eu (atma-buddhi-manas).


Pedra Cintamani

Símbolo esotérico da Ordem da Estrela é um cálice de Moldavita, uma pedra celestial das Plêiades, o Santo Graal, Sangreal, que representa nosso corpo causal e a Nobreza da Estrela, uma mandala de 144.000 seres estelares de Luz.

Santo Graaal (imagem ilustrativa)


Amor Vincit Omnia!"


A Irmandade da Estrela é o último puro remanescente das escolas de mistérios de Luz de Atlântida. A cabala tentou infiltrar-se, sem sucesso, pois têm regras muito rígidas de admissão. Infelizmente, a cabala foi muito mais bem sucedida, infiltrando-se em escolas de mistérios mais públicas, como os jesuítas foram capazes de fazer com a franco maçonaria, no início de 1800 e com a Sociedade Teosófica, depois da morte de Helena Blavatsky, quando seus ensinamentos foram mal utilizados pela cabala. Isto tem sido causa de muita confusão entre os Trabalhadores da Luz, todavia seus verdadeiros ensinamentos serão restaurados em breve, como parte da Operação Dreamland.

Madame Blavasky com os Mestres Kuthumi, El Morya e Saint Germain
Origem (e credenciais) da foto desconhecida



Por essa razão, outros membros da Irmandade da Estrela poderão me contatar através de meu endereço cobraresistance@gmail.com


Vitória da Luz!


Autor: COBRA

Fonte : Portal 2012


Tradução:  Candido Pedro Jorge 


Publicação : Sementes das Estrelas




Repostagem : Mostradores da Luz 

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA