ALERTA : CERCA DE 175 PRODUTOS QUÍMICOS PERIGOSOS PARA A SAÚDE,FORAM ENCONTRADOS NA EMBALAGEM DE ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS

Alerta: Cerca de 175 produtos químicos perigosos para a saúde foram encontrados nas embalagens de industrializados 

Um estudo realizado pela Packaging Food Forum encontrou cerca de 175 produtos químicos, que estão diretamente ligados ao câncer e a problemas de fertilidade.

 Prontamente, a Food Standards Agency tranquilizou seus consumidores, explicando que as embalagens possuem produtos químicos sim, mas são totalmente inócuos, pois estão dentro das restrições impostas pelo padrão estabelecido.

Porém, o que o estudo, que foi publicado na revista Food Additives and Contaminants, encontrou foi uma realidade um tanto diferente. As substâncias detectadas interferem na produção do esperma, podem causar malformações genitais e interromper a geração de hormônios em todo o corpo.
A Dra. Jane Muncke, diretora-gerente da Packaging Food Forum, disse: "Do ponto de vista do consumidor, é certamente indesejável e também inesperado encontrar produtos químicos tão prejudiciais sendo usados intencionalmente em materiais que ficam em contato com os alimentos”.

A lista desses produtos inclui tanto aqueles que se acumulam no ambiente como no corpo humano. Um exemplo encontrado foram os ftalatos, substância amplamente usada como plastificante, que pode provocar a infertilidade masculina e desenvolver o câncer.
Benzofenonas e compostos organoestânicos, encontrados em tintas de impressão e nos revestimentos dos invólucros de alimentos, também foram identificados. Os pesquisadores descobriram também que alguns recipientes de armazenamento liberam essas substâncias a níveis baixos, porém, quando a pessoa ingere diariamente, pode gerar graves consequências.

Dra. Muncke disse que a maioria dos produtos químicos identificados no estudo preenchem os critérios de “substâncias de elevada preocupação”, criado pelo REACH (Registration, Evaluation, Authorisation and Restriction of Chemicals). Sob as regras europeias, as substâncias que vêm sob este critério tem de ser registradas e autorizadas para uso, porém as orientações não restringem as embalagens de alimentos.

Ela acrescenta: "Como consequência, os produtos químicos com propriedades altamente tóxicas podem legalmente ser usados na produção de materiais que entram em contato com alimentos, mas não de outros produtos de consumo, como computadores, têxteis e tintas. Essa regra existe mesmo que essa contaminação da comida seja muito mais relevante”.
O relatório alega que materiais de contato com os alimentos são uma possível fonte de contaminação intensa da comida. A lista desses materiais passa de 6 mil substâncias, regulamentadas ou não, que estão envolvidas com doenças crônicas.

Um porta-voz da Food Standards Agency afirma: "Os consumidores não devem se preocupar com a presença desses produtos químicos em materiais em contato com alimentos, pois são usados dentro de limites ou restrições estabelecidos para a sua utilização".

Fonte: DailyMail Foto: Reprodução / Fentonpackaging / Cflhomeless
http://www.jornalciencia.com/meio-ambiente/diversos/4135

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA