LIDANDO COM A NEGATIVIDADE : COMO SE LIVRAR DE SITUAÇÕES NEGATIVAS






Lidando com a Negatividade
  


Como se desligar de situações negativas


Em alguns momentos das nossas vidas, passamos por situações negativas das quais temos dificuldade em nos desligar. Discussões, acidentes, eventos traumáticos, término de relacionamentos, pessoas que nos desequilibram, enfim, são muitos os pontos que alimentam sintonias negativas em nosso campo áurico. A verdade é que sabemos identificar essas questões, mas, nem sempre, conseguimos nos desligar delas, cortando os laços que alimentam a negatividade e o mal estar pessoal. Por não conseguirmos fazer esse corte, seguimos alimentando a situação e a conexão negativa que nos causa desequilíbrio em outras áreas da nossa vida. Então eu lhe pergunto, como nos desligar desses fatos, situações ou pessoas?

Penso que todos os conflitos pelos quais passamos e que nos despertam sentimentos negativos nos acometem para que aprendamos uma lição. Essas situações têm um propósito em estar acontecendo e devemos identificar o que precisamos aprender com elas. Olhe a questão com carinho e reflita, percebendo o que a vida quer lhe mostrar. Identifique qual o sentimento negativo que ela desperta em você. Essa é a sua lição! Aprender a lidar com essa inferioridade. Ciúmes, raiva, medo, orgulho, vaidade, insegurança, cada uma dessas sintonias despertadas nos mostram o caminho do melhoramento pessoal. Sem culpas ou cobranças, olhe para si mesmo, compreendendo o que é possível mudar. Nesse momento, não importa o outro ou quem tem razão. O foco é você e o sentimento despertado. Em uma discussão com o vizinho, por exemplo, o que lhe feriu mais? A vaidade? Sua baixa autoestima? Esse é o sentimento que precisa ser observado e curado.

É claro que ter essa percepção não é tão simples assim por isso que a escrita ajuda a organizar os sentimentos e pensamentos em relação à situação negativa. Tire de dentro de você esse mundo de sentimentos e pensamentos que lhe afligem em relação ao problema. Escreva, organize seus emoções. Quando iniciar esse processo, peça auxílio ao plano espiritual para qu eles lhe ajudem a perceber o que o seu ego não consegue ver. Escreva, bote para fora, materialize através das palavras essa energia e liberte-se dela. Depois que fizer esse desabafo, reflita sobre os insight´s que ocorreram e queime esse papel pedindo que a espiritualidade lhe ajude a transmutar essa situação em aprendizado e crescimento. Esse processo não é fácil porque temos que despir o nosso ego, assumindo as responsabilidades que nos cabem.
Encerre esse ciclo e pare de falar, comentar ou relatar novamente o acontecido para as pessoas com as quais convive. Cada vez que você fala sobre o assunto, está alimentando as energias negativas que o conectam com a situação ou pessoa. Faça essa escolha: alimentar ou se sentir bem? Se você deseja realmente encerrar essa conexão em seu campo de energia pessoal, então para de comentar! Quando alguém vier lhe questionar, fale a verdade. Diga:

- Esse assunto me faz tal mal que decidi parar de falar nele.

Quando você fechar essa porta, estará também deixando de alimentar as correntes energéticas nocivas que lhe ligam ao fato.

Crie mantras que lhe ajudem a transmutar a energia e repita todas as vezes que a lembrança vier a sua mente. Faça uma afirmação positiva em relação a situação, por exemplo:

- Senhor, ajude-me a transmutar essa raiva, me mostrando o que preciso aprender com esse sentimento.
No início, você irá repetir o mantra várias vezes por dia, seguidamente até. À medida que for reforçando a sua intenção em relação ao fato, essa energia que lhe envolve também se transformará, cortando a negatividade que se sobresai cada vez que a lembrança vier a sua mente. Repita os mantras e confie. Os resultados virão!

As terapias vibracionais e holísticas são também uma excelente ferramenta para quebra de amarras e desprogramação de traumas. Um terapeuta holístico consegue transmutar as energias negativas, trazendo para o seu consciente o que precisa ser compreendido com a situação. Reiki, uso de cristais, meditações guiadas, respiração, fitoenergética e outras técnicas vêm se mostrando muito eficientes nesses casos, trazendo melhoras significativas para a pessoa.

Muitos são os caminhos para libertar-se de uma sintonia negativa. O ideal para cada um de nós pessoa é uma escolha pessoal. Identifique a sua e comece esse processo de libertação. Manter-se conectado com situações inferiores suga a nossa energia pessoal, baixando a nossa vibração energética. Essas conexões criam bloqueios em nosso campo áurico, desequilibrando os chacras, os pensamentos e emoções, abrindo caminho para obsessões. A escolha de se desligar é sua, assim como a responsabilidade da ação. Então, nesse momento, eu lhe pergunto: você deseja mesmo se desligar ou prefere permanecer no papel de vítima? Pense nisso!


Karina Sensales

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA