ENCARNAÇÃO NOS DIFERENTES MUNDOS




Encarnação nos Diferentes Mundos
 
A encarnação nos diferentes mundos obedece a um critério de progresso moral.
 
Quando em um mundo, os Espíritos hão realizado a soma de progresso que o estado desse mundo comporta, deixam-no para encarnar em outro mais adiantado, onde adquirem novos conhecimentos.
 
Os Espíritos que encarnam em um mundo não se acham a ele presos indefinidamente.
 
O Espírito elevado é destinado a renascer em planetas mais bem dotados que o nosso. A escala grandiosa dos mundos tem inúmeros graus, dispostos para a ascensão progressiva das almas, que os devem transpor, cada um por sua vez.
 
A encarnação em mundo inferior àquele em que o Espírito viveu em sua última existência pode ocorrer em dois casos:
 
a) em missão, com o objetivo de auxiliar o progresso;
 
b) em expiação, para aqueles Espíritos renitentes no mal. Pode ser degredados para mundos inferiores, para que, através do sofrimento e das dificuldades, eles se reeduquem.
 
A Transformação da Terra
 
Informam, os Espíritos superiores, que são chegados os tempos marcados pela Divindade, em que grandes acontecimentos se vão dar para regeneração da humanidade.
 
O nosso globo, como tudo o que existe, está submetido à lei do progresso. Progride fisicamente, pela transformação dos elementos que o compõe e, moralmente, pela depuração dos Espíritos encarnados e desencarnados que o povoam.
 
De duas maneiras se executa esse duplo progresso: uma lenta, gradual e insensível; a outra caracterizada por mudanças bruscas, a cada uma das quais corresponde um movimento ascensional mais rápido, que assinala os períodos progressivos da humanidade.
 
Estamos vivendo, hoje, uma dessas mudanças bruscas, em que o orbe terráqueo vai sofrer profundas transformações quanto às populações de Espíritos vinculadas a ele, pois, informam-nos os diversos autores espíritas que, no próximo milênio, a Terra vai deixar de ser um Mundo de Provas e Expiações e alçar-se-á a categoria de Mundo de Regeneração.
 
Esta transformação admirável do planeta, consequência mesmo da força das coisas, foi predita em várias passagens do Evangelho. Sob forma figurada, às vezes com expressões duras, os evangelistas e os apóstolos puderam pressentir que esse momento não lhes estava longe.
 
"O meu reino ainda não é deste mundo." (Jesus)
"Bem aventurados os mansos porque herdarão a Terra..." (Jesus)
"Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus." (João Batista)
"Nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão avarentos, egoístas, arrogantes, etc., todavia eles não irão avante". (Paulo a Timóteo)
 
Assevera, Allan Kardec "que aqueles que esperarem ver as transformações por efeitos maravilhosos, serão decepcionados", porque esse processo de evolução espiritual do planeta, vai desenrolar-se sem cataclismos, sem traumas físicos, sem abalos ou comoções no orbe. Não haverá guerras exterminadoras, flagelos gravíssimos, epidemias cruéis, grandes desastres ecológicos. A transformação é puramente espiritual e vai desenvolver-se paulatinamente.
 
Kardec ensina:
 
"Uma mudança tão radical como a que se elabora não pode realizar-se sem comoção: haja luta inevitável entre as ideias. É, pois da luta das ideias que surgirão os graves acontecimentos anunciados, e não de cataclismos ou catástrofes puramente materiais. Os cataclismos gerais eram a consequência do estado de formação da Terra, hoje não são as entranhas do globo que se agitam, são as humanidades. A geração atual desaparecerá gradualmente, e a nova lhe sucederá do mesmo modo, sem que nada seja mudado na ordem material das coisas."
 
Segundo Kardec, o que ocorrerá é uma seleção de Espíritos: Espíritos endurecidos no mal, recalcitrantes no erro, insensíveis ao convite para a renovação moral não mais se reencarnarão no globo, sendo degredados para mundos inferiores. Por outro lado, a Terra estará recebendo Espíritos sensíveis, conscientes da necessidade de se esforçarem na conquista do bem comum. Este processo segundo os benfeitores deverá concretizar-se durante o terceiro milênio.
 
Sinais Sugestivos de Transformação da Terra:
 
• Fundação de instituições protetoras, civilizadoras e emancipadoras.
• Leis penais impregnadas de sentimentos mais humanos
• Enfraquecimento dos preconceitos
• Supressão de barreiras que separam os povos
• Repulsão às ideias materialistas
 
O Papel do Brasil
 
O Brasil, segundo informam os benfeitores espirituais, especialmente Humberto de Campos [Brasil, Coração do Mundo e Pátria do Evangelho], foi o país determinado por Jesus para sustentar espiritualmente essa transformação. Será o berço moral da humanidade; a base educativa para todos os povos. O cristianismo redivivo através do Espiritismo partirá do Brasil em direção aos outros povos, convidando-os a "permanecerem" na Terra através da reformulação interior.
 
As evidências dessa tarefa espiritual estão nos próprios fatos relacionados ao movimento espírita brasileiro: o Brasil é o maior país espírita do mundo, onde as ideias espíritas são aceitas com maior tranquilidade (75% dos brasileiros se dizem reencarnacionistas; mais ainda acreditam na comunicação dos Espíritos); onde se concentra o maior número de aparelhos mediúnicos do globo; e o mais importante, onde o Espiritismo é mais cristão, com a mediunidade amplamente gratuita, e com o centro de seus interesses na prática do bem, na caridade em sua feição mais pura.
 
Fortalecendo, em nosso país, a mensagem renovadora do Espiritismo, estaremos dando passos seguros no sentido de que o processo de transformação da Terra desenvolva-se o mais rapidamente possível, fazendo com que a paz, a concórdia e a solidariedade estabeleçam raízes entre nós.
 
 
Bibliografia:
 
a) Livro dos Espíritos - Allan Kardec
b) O Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec
c) A Gênese - Allan Kardec
d) Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho – Humberto de Campos

Fonte: CVDEE

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA