O VATICANO E OS EXTRA-TERRESTRES


        Base de Exploração Espacial do Vaticano, em Tucson, Arizona.


Desde os tempos antigos, os papas fundaram três observatórios:

Observatório do Colégio Romano (1774 -1878)
Observatório de Capitólio (1827 – 1870)
Especulação do Vaticano (1789 -1821).
Depois, em 1891, o Papa Leão XIII fundou formalmente a Especulação do Vaticano, o Observatório do Vaticano, em uma versão mais moderna, que foi construído por trás da Basílica de São Pedro. Nos anos 30, o observatório de São Pedro mudou-se para o Castel Galdonfo, uma cidade localizada a 35km de Roma.
Por um lado, o Vaticano, tinha um interesse científico tradicional no universo e confecção de calendários. Mas, além disso, como as civilizações antigas, como os maias, astecas, egípcios, etc .., sempre professou a mesma religião com culto às estrelas, e tem estudado a ciência da astrologia.
Após o envolvimento do Vaticano na conspiração do segredo extraterrestre, guardando silencio sobre o caso Roswell e o encontro entre o presidente Eisenhower e uma delegação alienígena em 1954, em conjunto com as Comissões Secretas do Governo dos Estados Unidos, o Vaticano desenvolve um programa secreto de extraterrestres e exploração espacial.
Por ordem do Papa Pio XII, os bispos James Mc Intyre, Los Angeles e Edward Mooney de Detroit, organizaram a criação da SIV, o Serviço de Inteligência do Vaticano, para tratar da coordenação de informações sobre a questão extraterrestre, em colaboração com as Comissões Secretas do
Desde então, a partir de Roma, se destinam fundos milionários a estes programas secretos do Serviço de Inteligencia do Vaticano para assuntos espacias e extraterrestres.
Em 1993, a VORG, Grupo de Pesquisa do Observatório do Vaticano, em colaboração com o Observatório Steward, terminaram a construção do Telescópio do Vaticano no Monte Graham, Tucson, Arizona, com a tecnologia VATT,  Tecnologia Avançada do Vaticano, um dos mais importantes centros astronômicos do mundo .
O VATT do Arizona, é o primeiro telescópio infravermelho. Esta Base de Exploração Espacial do Vaticano em Tucson, Arizona, tem a tecnologia de infravermelho mais avançada  e sofisticadas do planeta. A visão infravermelho do céu é fundamental para detectar energias sutis e interdimensionais ou presenças de origem desconhecida.
Curiosamente O MGIO, Monte Graham Observatório Internacional, Arizona, está localizado no meio do caminho entre a Área 51, no Estado de Nevada e Roswell, no Estado do Novo México, áreas com maiores casos de UFOS dos Estados Unidos.
O  Telescópio do Vaticano (VATT) está sob os cuidados de científicas da Ordem dos Jesuítas, em colaboração com  profissionais astrônomos.
Programas “Secretum Omega” do Vaticano
Outro observatório da VORG, Grupo de Pesquisa do Observatório do Vaticano, com tecnologia vaticana avançada, VATT, mais de carácter Ultra secreto, se encontra localizado no estado Norte Americano do Alaska, com uma construção camuflada, para evitar ser identificado pela população como uma Base de Observação Espacial.
Alem dessas bases espaciais secretas, a princípios de que na década de 1990, o Vaticano participou, junto com as agencias secretas governamentais da EEUU, em um programa secreto chamado “Siloé”, que lançou uma sonda secreta que leva o mesmo nome do projeto “Sonda Siloé , para fotografar um grande planeta misterioso próximo ao nosso Sistema Solar, que reguarda o suposto planeta Nibiru, cuja existência é defendida pelo investigador Zacarías Sitchin.
A sonda Siloe foi construída na Área 51 e foi colocada em orbita por uma nave secreta do tipo Aurora (Aviões supersecretos que podem sair e entra no espaço)
Precisamente os dados da Sonda Siloé foram recebidos em 1996 no Observatório Secreto Espacial do Vaticano no Alaska.
Como vemos, os artefatos dos programas espaciais envolvendo o Vaticano são fabricados na base Secreta da Área 51 e lançados ao espaço através de aviões utra-secretos espaciais “Aurora”. Enquanto a recepção dos dados das naves vaticanas são enviados as bases secretas do Vaticano no Alaska. Todo um esquema para manter o máximo de segredo, evitando todo o contato com a Nasa, já que na Agencia espacial-militar Norte-Americana trabalham muitos profissionais civis que podem deixar vazar informações ao publico comum.
Estes últimos projetos secretos do Vaticano, foram classificados como Secretum Omega ou seja estão na categoria “Top Secret” do Vaticano.
O Observatório VATT, através do VORG, assim como o SIV, recebem orçamentos anuais da Santa Fé em Roma. Mas também tem financiamentos privados. Assim foi criado a Fundação Observatório do Vaticano(VOF), livre de impostos.
SPT, Telescópio da Nasa no Polo Sul, seguindo o curso de Nibiru

Desde o SPT, Telescópio do Polo Sul, o Governo dos Estados Unidos, através da Agencia Militar Nasa, está seguindo, em segredo, permanentemente o caminho do Planeta X, Nibiru, em aproximação com órbita da Terra. Está missão astronômica na base de observações espaciais da Antártida começou em 16 de fevereiro de 2007.
                         O Padre Jesuíta, Malachi Martin.

Em 1997, o padre jesuíta Malachi Martin, um sacerdote cativado e bem relacionado, conhecedor do Terceiro Segredo de Fátima e com acesso ao Papa, explicou em algumas entrevistas, que o planeta Hercóbulus causaria milhões de mortos dentro de uma década.
Mas o padre Martin faleceu subitamente em 1999 e muitos pensam que quiseram silenciar o jesuíta  pois o Terceiro Segredo de Fátima poderia estar relacionado com o planeta X.
O Vaticano conta com seu próprio telescópio espacial, similar ao Hublle.

Poucas pessoas sabem que o Telescópio espacial Hublle tem um irmão gêmeo secreto, o “12SkyHole”. Mas este é apenas um dos segredos do Vaticano.
O Vaticano realiza o acompanhamento dos movimentos do Hércóbulus, principalmente a partir de duas bases secretas vaticanas de exploração espacial, convenientemente camuflada. Uma no Chile e outra no Alaska. Estes dois observatórios secretos vaticano são tratados exclusivamente por científicos astrônomos da Ordem dos Jesuítas.
No tempo do Papa Pio XII, o SIV(Serviço Secreto Vaticano) estava ciente da aproximação de Terra em um planeta que implicava em sérios perigos.
Foi por está razão que nos primeiros anos da década de 1990, o Vaticano lançou o Programa Espacial “Siloe”, uma missão secreta que fazia parte de um grande projeto espacial vaticano chamado, “Kerigma”.
Para o programa secreto espacial do Vaticano “Siloe”, foi construída em segredo uma nave sonda dentro da Área 51, fora de vista de cientistas e civis da NASA, que poderiam divulgar as informações ao publico.
Para o lançamento da sonda vaticana “Siloe” ao espaço, com a missão de procurar o Planeta X, não foi utilizado qualquer foquete da NASA, mas foi levada ao espaço por um avião militar super-secreto “Aurora”, que é um tipo de aeronave que pode sair da atmosfera da Terra e viajar ao espaço.
Avião utra-secreto Aurora.

O avião espacial super-secreto “Aurora” é utilizado para as missões “Secretum Omega” do Vaticano. Então saiu para o espaço a nave-sonda vaticana “Siloe” sem passar pela NASA. O projeto utra-secreto Aurora tem seu próprio departamento militar e seu próprio orçamento, dentro do governo dos EUA, ao mais alto nível.
O objetivo da nave Siloe foi se aproximar a Nibiru e fotografar seu corpo celeste. Um vez realizada a primeira fase da missão, a nave Siloe voltou a Terra, para transmitir as imagens para a base espacial de observação do Vaticano no Alaska, que começou a receber informações da Siloe em outubro de 1995.
As fotografias da nave vaticana revelaram a realidade de um planeta de dimensões enormes, parecido com a Terra. Estas informações secretas se consideraram muito perigosas, por isso foi ordenado a classificação de “secretum omega” com nivel 1, ou seja, o Vaticano registrou Niburu.
É Hercóbulus uma intoxicação vaticana e as sociedades secretas?
A tentativas de associar o Planeta X com Wormwood, um corpo celeste que se fala na Bíblia no livro de Apocalipse. Mas em Apocalipse Wormwood está descrito como um meteoro grande que cai na Terra e não como um planeta. Ambos os casos não correspondem o mesmo caso.
De fato, nos relatos da SIV(Serviço Secreto do Vaticano) durante o pré-embarque da nave Siloe, falava-se que este planeta, Hercóbulus, estava habitado por seres extraterrestres.
Mas se o Planeta X, tem sido descrito como um corpo tóxico, muito quente, que chove bolas de fogo e nuvens de poeira vermelha venenosa, pedras e rochas, então não tem como este planeta abrigar qualquer tipo de civilização. Está contradição, bem como a origem da fonte, o Vaticano pode estar guardando em segredo informações sobre o Planeta X.
O que está profetizado na Bíblia é a queda de um grande meteoro chamado, Wormwood, mas é um caso diferente do Planeta X.
Astrônomo do Vaticano cita possibilidade de extraterrestre ‘irmãos’.
Astrônomo-chefe do Vaticano diz que não há conflito entre acreditar em Deus e na possibilidade de extraterrestre “irmãos” talvez mais evoluídos que os humanos.
“Na minha opinião, essa possibilidade existe”, disse o reverendo José Gabriel Funes, diretor do Observatório do Vaticano e um conselheiro científico do Papa Bento XVI, referindo-se a vida em outros planetas.
“Como podemos excluir que a vida se desenvolveu em outro lugar”, disse ele em uma entrevista com o jornal do Vaticano L’Osservatore Romano. O grande número de galáxias com seus próprios planetas torna isso possível, observou ele.
Perguntado se ele estava se referindo a seres semelhantes aos humanos ou até mais evoluídos do que os seres humanos, ele disse: “Certamente, em um universo tão grande você não pode excluir essa hipótese.”
Na entrevista intitulada “O extraterrestre é meu irmão”, ele disse que não via conflito entre a crença em tais seres e fé em Deus.
“Assim como existe uma multiplicidade de criaturas na Terra, pode haver outros seres, até mesmo inteligentes, criados por Deus. Isso não está em contraste com nossa fé porque não podemos colocar limites à liberdade criadora de Deus”, disse ele.
“Por que não podemos falar de um ‘irmão extraterrestre’? Ainda seria parte da criação.”
Funes, que dirige o observatório que é baseado sul de Roma e no Arizona, estendeu a possibilidade de que a raça humana poderia realmente ser a “ovelha perdida” do universo.
Não poderia haver outros seres “que permaneceram na amizade plena com seu criador”, disse ele.
Os cristãos têm sido às vezes em desacordo com os cientistas sobre se a Bíblia deve ser lida literalmente e questões como o criacionismo versus evolução tem sido debatida há décadas.
A Inquisição condenou Galileu, no século 17 por insistir que a Terra girava em torno do sol. A Igreja Católica Romana não reabilitá-lo até 1992.
Funes disse que o diálogo entre fé e ciência poderia ser melhorado se os cientistas aprenderam mais sobre a Bíblia e a Igreja se manter mais em dia com o progresso científico.
Ele disse acredita como um astrônomo que a explicação mais provável para o início do universo foi o “Big Bang”, a teoria de que ele saltou para a existência de matéria densa bilhões de anos atrás. Mas ele disse que isso não estava em conflito com a fé em Deus como criador. ”Deus é o criador”, disse ele. ”Há um sentido para a criação. Nós não somos filhos de um acidente.”
Ele acrescentou: “Como astrônomo, eu continuo a acreditar que Deus é o criador do universo e que nós não somos o produto de algo casual, mas filhos de um bom pai que tem um projeto de amor em mente para nós.”
Fonte: http://www.segredos.org/o-vaticano-e-os-extraterrestres

DEUS TAMBÉM VIGIA OS EXTRATERRESTRES E VATICANO ADMITE QUE OS ETS SÃO NOSSOS IRMÃOS !!!

Crédito Imagem: Rafael Amorim

Numerosos representantes da Igreja Católica têm defendido ao longo da história da existência de vida extraterrestre.
"Uma vez que o poder de Deus é ilimitado, não apenas possível, mas provável que existam planetas habitados". Estas palavras foram ditas por Corrado Balducci, um padre italiano e próximo ao Papa João Paulo II pessoa. Membro da cúria do Vaticano, Balducci, que morreu em 2008, aos 85 anos e que também serviu como um exorcista, é considerado um dos maiores expoentes da crença de vida extraterrestre dentro da Igreja Católica.

                                      Corrado Balducci

 "É possível que haja o que chamamos de UFOs e os personagens podem ser tripulantes destas naves, que não só a ciência, mas também para a nossa própria capacidade natural superior", disse ele em outra ocasião
Geralmente, ao longo da história, a Igreja tem na ponta dos pés para a possível existência de vida alienígena. No entanto, quando ele se referiu a ele, não houve uma ruptura da frente com o dogma católico tanto como uma corrida e outra seria criar o mesmo poder divino, argumentou.
Antes Balducci outras figuras eclesiásticas defendeu a possibilidade de vida extraterrestre é dado e, em alguns casos deu alguma antecedência. Cardeal Nicolau de Cusa (1401-1464), considerado um precursor de Copérnico, argumentou que "não há nenhuma estrela que estamos autorizados a excluir a existência de seres, seja totalmente diferente de nós." Pensamentos de Cardeal foram coletadas e estendido 150 anos mais tarde pelo frade dominicano Giordano Bruno (1548-1600). De acordo feito isso, o sol é apenas uma estrela entre os muitos e há universo habitado mundos infinitos. Esta e outras teorias, como a de que Jesus Cristo era apenas um mágico fantástico, você deveria convicção de Bruno por heresia e queimado na estaca morrer. 400 anos depois de João Paulo II "lamentou profundamente" a morte do dominicano.


                              Observatório do Vaticano

O Vaticano tem seu próprio observatório astronômico-o Observatório do Vaticano, onde o italiano-denominação, através do qual um grupo de pesquisadores, todos os jesuítas, perscruta as profundezas do universo. Sua cabeça, o padre argentino José Gabriel Funes, argumenta que seres extraterrestres "que pode se relacionar com Deus, como temos feito, e sua existência não seria lidiada com a existência de Jesus Cristo." "Não vejo dificuldade na fé católica", justifica respeito.
Como curiosidade há que afirma ter visto um UFO sobre o Vaticano durante a eleição do Papa Francisco. E, dizem, os alienígenas não perde a oportunidade de observar em primeira mão os acontecimentos mais significativos na história da humanidade.

Vaticano  Admite que os Alienígenas São nossos Irmãos, nós não estamos sozinhos em um universo infinito, seríamos muito privilegiados sendo nós os únicos.  Felizmente, há muitas evidências de que há seres em outros planetas com tecnologia muito avançada e vieram aqui  definitivamente para  nos salvar da nossa própria destruição.  Algo que o homem poderia fazer, destruir seu próprio planeta com tantos testes químicos e nucleares. Apenas com o desejo de ser cada vez mais poderoso. 
Fontes:www.abc.es 

                            Veja os Vídeos Abaixo:


                                          Fonte:MysteriesHunter


                                          Fonte:Freddy Puente

VATICANO ADMITE EXISTÊNCIA DE SERES EXTRATERRESTRES!!

O Vaticano já admitiu a existência de seres extraterrestre e mencionou que não devem ser mais demonizados.
E se um dia você verificar que é real existência desses seres?
Que aconteceu em passagens relatada na Bíblia?
Com certeza vai mudar muito sentido, já que vários milagres poderiam ser sustentadas com os poderes dos seres extraterrestre.
As evidencias estão por toda parte, basta estar com a mente aberta e observar melhor.
Os céticos querem uma prova real de contato explicito, divulgado pela mídia mundial, governos, religiāo e ciência. Mas como isso pode acontecer se todos estes estāo manipulando as informações e evidencias. Acredito que nāo vai demorar para que o contato em nível mundial aconteça. A partir dai em que os céticos vāo se apoiar ?
Mas enquanto isso não acontecer os seres extraterrestre e suas naves são apenas uma teoria, loucura, imaginaçāo e ficçāo. E assim os seres humanos continuarāo a serem enganados e sustentados na fé, como Cristianismo.
"Os espíritos diabólicos sairão aos reis da Terra e ao mundo inteiro, para segurá-los no engano, e forçá-los a se unirem a Satanás em sua última luta contra o governo do Céu." - Eventos Finais, Pág. 214.
Especialistas consideram aparições de ETs e de Nossa Senhora fenômenos idênticos.
O monsenhor Corrado Balducci é um religioso diferente. Amigo íntimo do papa João Paulo II, respeitado e admirado em todo o mundo católico e noutras searas, recentemente causou grande agitação no meio ufológico com declarações que arrepiaram a ala conservadora da Igreja. Entre outras coisas, Balducci admitiu num congresso de Ufologia que é "real a possibilidade de que outras criaturas inteligentes vivam na imensidão do espaço". 
Para ele, tal existência seria um sinal inequívoco da glória de Deus. Até aqui tudo bem - para nós, ufólogos. Mas, um monsenhor fazer tal afirmação é no mínimo uma revolução. Com suas afirmações, o teólogo coloca ainda mais em evidência um assunto que há anos é debatido por alguns grupos de pessoas e ignorado por outros tantos.
Talvez as opiniões de Balducci não fossem levadas tão a sério se não fosse ele uma das personalidades mais próximas ao papa. "A Bíblia não se refere diretamente a extraterrestres, mas também não os exclui. A realidade dos UFOs é muito provável no infinito mistério da criação", explicou o religioso, escancarando um tema que sempre foi mantido a sete chaves pelos governos da Terra e pelo próprio Vaticano. Mas sua intervenção na Ufologia não é a única atividade bizarra que realiza - Balducci é considerado o exorcista oficial da Santa Sé. Sua confirmação da existência dos UFOs durante o Simpósio Mundial de Ufologia de San Marino, na Itália, ocorrido em maio deste ano 2012, foi uma peculiaridade a mais em seu currículo [Do Brasil participou do evento o conferencista e editor de UFO, A. J. Gevaerd].
"Monsenhor Balducci é um homem sincero e culto, que não poderia ficar alheio à questão dos discos voadores," disse Roberto Pinotti, organizador do Simpósio, ao apresentar o teólogo à platéia de San Marino. Por sua vez, em sua concorrida palestra - provavelmente a primeira de uma autoridade católica em todo o mundo -, o monsenhor fez questão de dizer que não é o único a pensar dessa forma no Vaticano. "Os religiosos também são abertos a este tema e muitos deles tiveram experiências com objetos não identificados," disse, mostrando uma posição que afirmou ser pessoal e não oficial da Igreja. "A vida fora da Terra é evidente e sua existência não pode ser ignorada," arrematou. Mas o padre vai mais longe ao criticar as pessoas que não acreditam no fenômeno, fazendo referência ao grande número de contatos e de testemunhos que há em todo o mundo - inclusive de católicos. Ele respeita o empenho de pesquisadores em desvendar o enigma dos UFOS, mas deixa claro que o Vaticano ainda não se envolverá com a questão.
A estrutura da Igreja tem recebido muitas informações sobre observações de extraterrestres e suas relações com humanos, tanto que, em outubro de 1998, a Igreja divulgou uma nota em que informava estar prestes a construir um dos maiores e mais bem equipados observatórios astronômicos da Terra, no deserto do Arizona (EUA). 
         Base de Exploração Espacial do Vaticano, em Tucson, Arizona.

O objetivo será o de contribuir na busca de planetas capazes de sustentar algum tipo de vida. O diretor do futuro centro de pesquisas, frei George Coyne, disse à época que "a Igreja tem que participar desse esforço científico internacional de procura de vida no espaço." Balducci concorda e enfatiza a posição de sua congregação. "Não podemos ficar alheios à estas descobertas, que têm grande significado para a Humanidade!"
Na verdade, a Santa Sé conhece a realidade dos UFOs há vários séculos. A Enciclopédia Católica, editada pelo Vaticano e porta-voz do pensamento oficial da Igreja de Roma, trata deste assunto no capítulo intitulado Habitacional dos Mundos. O texto diz que a doutrina apostólica não afirma nada explicitamente sobre a existência dos UFOs, mas esclarece que se um dia a Ciência conseguir provar que em outros planetas ou estrelas existem seres racionais como os humanos, serão todos obras divinas. E ainda afirma que "a Filosofia explicará a origem destes homens do mesmo modo que elucidou a nossa, recorrendo ao argumento da causalidade que postula o Ser Criador. E a Teologia nos convidará a glorificar a grandeza, bondade e prodigalidade infinita de Deus."
Há mais de 75 anos, no entanto, os UFOs já eram assunto de discussão de influentes sacerdotes da Igreja Católica. O padre Secchi, que era astrônomo da chamada Companhia de Jesus, e o padre Montsabré, à época um pregador dominicano de grande influência em Roma, admitiram a possibilidade da existência de criaturas racionais em outros mundos - mas de forma bem mais comedida que Balducci. Afirmavam a existência de seres extraterrestres acrescentando a suposição de que estes também seriam pecadores. Assim, mostravam que seria possível que Deus tivesse estendido a eles, como para nós, os méritos de Cristo. Dessa modo, não confirmavam totalmente o Fenômeno UFO e nem o negavam…
Sem meias palavras, um importante decano da Faculdade de Teologia da Universidade Católica da América, em Washington (EUA), pronunciou-se a respeito do assunto em 1952. Era o padre Francis Connel, que acreditava na vida extraterrestre. "Não há nada de contrário à fé admitir que existam criaturas racionais em outros corpos celestes. Os estudiosos não podem estabelecer um limite para a onipotência de Deus", disse ele à época, citando o documento Dieu Créator, minuciosamente erigido pelo teólogo George van Noort. Mas suas declarações não foram levadas muito à sério. Pelo menos, não tanto quanto as de Balducci, que goza de prestígio incomum junto à cúpula católica - e em especial o próprio papa. "É hora de se derrubarem certos dogmas e de se falar abertamente," declarou.
Somente em sua versão do ano passado, entretanto, é que o Dicionário do Vaticano fez referência aos objetos voadores não identificados, traduzindo-os com a expressão "res inexplicata volans". Já a Bíblia, segundo Balducci, menciona intrigantes passagens sobre a vida de certos profetas e importantes mensagens em que, entre outras coisas, há descrições de observações de UFOs. O arrebatamento de Enoque, a destruição das cidades de Sodoma e Gomorra e até a ressurreição de Jesus Cristo tem interpretação ufológica. Uma das passagens bíblicas que melhor expressam a existência do Fenômeno UFO, entretanto, é aquela que mostra que Deus é Pai de outras civilizações espalhadas pela imensidão cósmica:
                      "A casa de meu Pai tem muitas moradas."
Como não considerar polêmico e curioso um trecho dessa importância escrito na Bíblia? Isso sem se falar nas constantes aparições da Virgem Maria ainda nos dias de hoje, que muitos ufólogos bem informados - e alguns teólogos também - crêem ser uma manifestação ufológica. E não é só a Escritura que deixa os pesquisadores intrigados: o período renascentista também gerou inúmeras perguntas através de pinturas que simbolizam passagens bíblicas. O quadro Anunciação é um exemplo. Ele retrata a concepção de Jesus Cristo de maneira bastante intrigante, pois mostra um raio de luz direcionado para a Virgem Maria [Veja em UFO 65]. Há outros escritos históricos, tão ou mais antigos que a Bíblia, que também contêm intrigantes descrições de acontecimentos ufológicos. O texto hindu Mahabarata, por exemplo, descreve discos voadores observados na Índia há 4.000 anos atrás. Porém, como uma das mais antigas e tradicionais religiões do planeta, a Igreja Católica é a que mais tem a esconder sobre o tema. Talvez, a partir de agora, esse quadro comece a mudar…
Além de Balducci, outro importante teólogo do Vaticano que defende a realidade alienígena é o padre Piero Coda. Ele declarou que, se existirem seres inteligentes e livres no Universo, eles também foram criados por Deus.
Monsenhor Corrado Balducci                          padre Piero Coda


 "Dessa maneira, tendo falhas, estas criaturas necessitam da redenção através das palavras salvadoras de Jesus Cristo," teoriza. Para Coda, a solidariedade religiosa fará com que os extraterrestres conheçam o caminho da salvação de Deus, podendo até haver algum enriquecimento cultural para nossa civilização, como aconteceu no passado, quando a cultura européia descobriu outros continentes. Já Balducci acha que os ETS estão num estágio intermediário entre os humanos e anjos. "Estes são espíritos e nós muito mais corpo que espírito," explicou, garantindo ainda que o homem é algo frágil, feito de alma e matéria, levado freqüentemente a fazer o mal em vez do bem. Em sua opinião, os UFOS seriam o elo de ligação com anjos, e consequentemente com Deus. "Os alienígenas não são entidades demoníacas, porque a misericórdia de Cristo não permitiria."
Para o monsenhor, os ETS são superiores aos terráqueos e, portanto, poderiam ajudar-nos em nossos caminhos - inclusive no sentido espiritual. E completa, com um leve sorriso: "Certamente são melhores que nós. É difícil imaginar alguma coisa pior que os seres humanos." Como exorcista consagrado, Balducci deixa mais evidente ainda sua posição frente ao Fenômeno UFO ao afirmar que faz parte de uma comissão do Vaticano que trabalha com a possibilidade de um dia contatar alienígenas, e que busca um modo de promover a aceitação do restante do clero e dos católicos quanto ao assunto. Essa compreensão da comunidade cristã viria, talvez, pelo fato do padre dizer que os extraterrestres também possuem uma alma, "como todas as criaturas feitas à imagem e semelhança de Deus."
Balducci também condena certos cientistas que menosprezam o Fenômeno UFO, suas testemunhas e pesquisadores. Ele diz que não se deve destruir o relato de pessoas que viveram esse tipo manifestação, pois elas procuram a disponibilidade de acreditar no inacreditável baseando-se na vida e na religião. "Que diferença faz se os anjos em vez de asas tiverem astronaves? Se existem, não são uma ameaça", completa. De qualquer modo, o monsenhor e os demais membros da equipe de padres-astrônomos que participa do projeto de construção do observatório nos EUA estão buscando realizar o que João Paulo II disse:
                                  "Procurem as digitais de Deus."

Fontes:

POLÊMICA : Vaticano Admitir o Relacionamento com os Aliens !!!


A polêmica mundial foi gerada após o lançamento de satélite do Vaticano em busca de vida extraterrestre. 
Assim, as palavras foram resgatados Monsenhor Corrado Balducci , teólogo do Vaticano , que descobriu a relação entre a Cúria Romana e os extraterrestres.

Papa João XXIII manteve contato com ETs

Em 1961, o Papa Roncalli, João XXIII, teve uma reunião e conversa com um ser extraterrestre nos jardins da residência de verão papal de Gastelgandolfo

Em 23 de julho de 1985, o jornal britânico The Sun ecoa um jornalísticos relatos de que o Papa João XXIII teve uma conversa com um extraterrestre na residência de verão do Gastelgandolfo, por um tempo estimado de 20 minutos foi feita. Antes da conversa estranha o Papa se ajoelhou em reverência diante do visitante.

Há evidências de que, em 1935, o então bispo Angelo Roncalli, e tinha sido envolvido em um encontro secreto como Rosacruz ocultista channeler médio, e uma voz estranha havia se mudado para essas mensagens de entidades desconhecidas.

Roncalli, também conhecido como "O Bom Papa", um título similar que recebeu o matou o Papa João Paulo I, feito durante a sua vida um monte de maravilhas e estranhas paranormais "milagres".

João XXIII foi o Papa da Igreja Católica 1958-1963. Seu antecessor no mesmo escritório papal, foi o Papa Pio XII, que governou o Vaticano 1.939-1.958.

O Papa Pio XII, com o nome Giovanni Pacelli, já realizou reuniões semelhantes com os extraterretres, geralmente contra o pano de fundo os extensos jardins da Residência papal, tanto no Vaticano e Gastelgandolfo, onde uma agência do Vaticano que tem um observatório está localizado Espaço.

Foi precisamente pontífice Pio XII romano que recebeu informações secretas dos EUA sobre o caso Roswell, em 1947, e era apenas ele, aconselhado pelo governo do Vaticano segredo, o núcleo mais íntimo e mais influente Cúria Católica, que ordenou total silêncio sobre a questão alienígena, o custo necessário.

Em 1954 participou de uma delegação do Vaticano acreditava que era a primeira reunião entre o Governo dos Estados Unidos-Vaticano e Aliens na área experimental reservado e Área 51 em Nevada.


Balducci confirma que não é definitivamente superior a nós seres em termos de espiritualidade e tecnologia : o fato de que existem seres de outros lugares no universo continuamente visitar nosso planeta torna claro que estes seres têm superar momentos difíceis de sua história que este lhes deu o oportunidade de mudar ainda mais e entender a mecânica do universo. A crítica mais severa não pode negar ou desacreditar totalmente a presença de UFOs, como tendo atualmente tais incidentes no mundo inteiro de divulgação relacionada , eles devem ter uma certa coisa .

O erro , de acordo com Corrado Balducci , é negar a existência de UFOs à evidência atual. 
Entre pensando que estamos sozinhos no Universo é uma atitude de ignorância de nossa espécie e de surpresa , dizendo que " não devemos esperar a ciência para confirmá-la ou dizer. "

Segredos do VATICANO: Contatos com ETs e Sonda Espacial, matérias de revista UFO Noticiário da Itália.

Além disso, ele vai mais longe , fazendo um pedido específico para os sacerdotes do mundo para a posição atual da Igreja, para a possibilidade de vida extraterrestre é verificado, não necessariamente pelo fato de que a Bíblia não fala de vida extraterrestre significa que estamos sozinhos no universo , a Bíblia não faz a vida extraterrestre existe, mas não existe, simplesmente foi escrito por razões " mais rigorosa reflexão " .

                           NOS PORÕES DO VATICANO

O que esses restos representam? Há uma boa razão do por que os Papas autorizassem enterrar Extraterrestres neste lugar para serem esquecidos?
Muitos crânios alienígenas foram encontrados durante um projeto de restauração na Biblioteca do Vaticano.
Esqueleto semelhante aos "alienígenas" foram encontrados quando foram feitas as escavações no piso do porão de um cofre secular sob a Biblioteca do Vaticano.
A Biblioteca estava passando por uma grande restauração em seus "cofres subterrâneos, dos quais estavam ainda sobre pisos de terra ainda contidos não se sentiam um pé humano a mais de 500 anos.

Veja a aparência do crânio encontrado nas escavações e simulação de foto quando vivo.
(Note como a entrega se parece exatamente com o chamado "Greys", que são pensados para abduzir os seres humanos em UFO literatura.)


Fontes:
http://lafanesca.com 
https://ecoturismoesoterico2.wordpress.com 
http://buraconegrobr.blogspot.com.br 

Mais um post by: UFOS ONLINE 
                                       
                        Veja os Vídeos Abaixo:


                                                Fonte:ELIAS EL TISBITA


                                            Fonte:ADGUKNEWS

FIM DO DOMÍNIO ILLUMINATI, CRISE NO VATICANO E SEU INTERESSE PELOS ALIENÍGENAS!!!

Investigando a fundo estes delicados temas de grande interesse mundial, além do ritualístico "número 11" utilizado pelos astutos manipuladores dos "dois bandos-facção", da influência "alienígena Illuminati-Réptil" e "dos terríveis atentados encobertos das Torres gêmeas de N.Y.", também saiu à luz uma enorme "fraude econômica" que envolve muitas "Instituições Governamentais" e privadas.

Justamente desde "o final de 2012" seus planos nefastos começaram a "retroceder" de maneira irrevogável, existe um "poder-energia superior e cósmico" que está ativando "seus Aliados terrestres" para "desmascarar-revelar" de maneira "contundente e rápida" todos "os encobrimentos" que estavam escondidos há muitos anos.

Neste caso, estaríamos falando de certas "irregularidades de crises financeiras" ocorridas em grandes bancos de prestígio, como "HSBC, Barclays, Banco Santander, J.P. Morgan, Banco Vaticano, Banco Ambrosiano, Royal Bank of Scotland, Goldman Sachs" e em muitos outros. Será que suas "redes" e terríveis descalabros econômicos já estão "saindo à luz"?

Mas esta "enorme rede" terá algo a ver com os últimos "escândalos dentro do Vaticano" que destituíram o conhecido "Banqueiro de Deus", Ettore Gotti Tedeschi, e outros altos funcionários? 
E esse não terá sido também "o estopim" para que o Papa Bento XVI renunciasse seu trono em "11 de fevereiro", uma renúncia jamais vista na história da Igreja Católica? S. Malaquias, há vários séculos, prognosticou que haveria "112 pontífices" antes do fim desta civilização e da "Igreja Católica".

Mas quem é esse último Papa? Será que ele mostra "a cara visível" que todos já conhecemos ou a "da sombra" que se oculta muito bem? E o que significa Jorge Mário Bergoglio (Francisco I) ter sido o "primeiro Papa jesuíta na história"? E que precisamente no momento da "apresentação" do recém-eleito Papa, "vários óvnis" tenham sido observados sobre a Praça de São Pedro no Vaticano?
E qual é o motivo do Catolicismo "se envolver" em temas de "existência de vida em outros mundos"? E por que o Teólogo Corrado Balducci, um dos mais importantes "exorcistas e demonólogos" do Vaticano, e também "jesuíta", falou com muita ênfase sobre a existência "dos óvnis e dos extraterrestres"?
E por que "2 cometas anunciadores" com dois pontífices, um "emérito" e outro "em exercício", nestas mesmas datas? Serão maus "augúrios ou tratar-se-á de uma profunda renovação" em toda parte para, assim, iniciar "a nova Era de Luz fotônica"?
Fonte: ALCYON

        Veja o Vídeo em Vários Idiomas Abaixo:
                                 
                                                 Português


                                       Fonte:http://ufosonline.blogspot.com.br/search?q=VATICANO

Vaticano Continua com suas Pesquisas para Descobrir vida Extraterrestre!!!

“Ninguém mais acredita que apenas os seres humanos (aqui da Terra) são a única vida inteligente nesta galáxia“, muito menos o Vaticano!!!


O Telescópio Binocular Grande, chamado de Lúcifer, ou LBT (Large Binocular Telescope), empoleirado no topo do Mount Graham Observatório Internacional no sudeste do Arizona, contém uma ferramenta extremamente poderosa que permite que astrônomos possam observar os objetos mais tênues e mais distantes nos céus da nossa Galáxia.
O LBT-Grande Telescópio Binocular no Monte Graham, no Arizona-EUA, abriga as câmeras infravermelhas, um telescópio chamado de LÚCIFER !!

Técnicos instalam os dispositivos do LBT-LUCIFER (Foto: Universidade do Arizona)
Esses objetos podem ser detectados com a ajuda de Lúcifer – um conjunto bestial de câmeras super-resfriadas, próximas do infravermelho também conhecido como Large Binocular Telescope Utility Near-Infrared com Câmera e Unidade de Campo Integral Unificado para pesquisa extragaláctica (Camera and Integral Field Unit for Extragalactic Research).


A primeira câmera, a LUCIFER I, foi montada no telescópio em 2010. 
LUCIFER II está previsto para ser instalado.
Mas por que os cientistas escolheram o apelido amplamente conhecido de Satanás (Lúcifer) ao nomear esse novos instrumentos óticos?
E quais são os rumores do (também) grande envolvimento do Vaticano com Lúcifer?



                            Veja o Vídeo Abaixo:


                                             Fonte:claudiadosf

http://ufosonline.blogspot.com.br/search?q=VATICANO

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA