A GRATIDÃO PODE MUDAR SUA VIDA PARA MELHOR


Receba as coisas com o coração agradecido, 
assim você se enche de sentimentos positivos.
Foto: Getty Images

A gratidão pode mudar sua vida para melhor


A ciência comprova: a gratidão faz bem. Então, que tal começar a reconhecer as bênçãos recebidas e valorizar o que faz bem a você?


Após se debruçar sobre o tema gratidão e realizar um programa de pesquisas, o professor de psicologia Robert A. Emmons, da Universidade da Califórnia (EUA), constatou que as pessoas que registram ou expressam os motivos pelos quais são gratas apresentam doses bem altas de bom humor e otimismo. E não é só: o sono e a disposição para praticar exercícios físicos melhoram, a pressão arterial fica estabilizada e os níveis de depressão e estresse diminuem. No caso de doença, o corpo se recupera rapidamente. Ao entrevistar familiares, amigos e parceiros das pessoas que utilizou como base do seu estudo, Emmons concluiu ainda que os mais gratos são boas companhias.

Os tempos modernos quase nos obrigam a viver no piloto automático, com isso, não prestamos atenção nas coisas que recebemos. Está se dando conta de que não anda agradecendo na proporção que deveria? Calma, você tem a chance de desenvolver essa capacidade com as dicas a seguir. Incorpore-as no dia a dia e colha bons frutos!
 

Só por hoje seja grata

Se para você a tarefa de expressar a sua gratidão todos os dias parece árdua e distante, experimente fracioná-la, como fazem os terapeutas reikianos. “Um dos ensinamentos é ‘só por hoje, seja grata’. Ser grata a vida toda parece mesmo difícil, mas até o final do dia todo mundo sente que consegue”, sugere a terapeuta holística Simone Kobayashi, de São Paulo.
 

Substitua o “obrigada”

Para dar mais atenção ao ato de agradecer, faça esta modificação simples, como ensina Simone: “Comigo funcionou muito trocar a palavra que uso. Não digo mais ‘obrigada’, até porque se alguém me fez algo digno de agradecimento, foi de livre e espontânea vontade. Falo ‘sou muito grata’. Para fazer essa substituição, tenho que pensar na situação, avaliar como me afetou positivamente, e evito agradecer por educação”.
 

Faça um diário

Experimente manter um diário de gratidão, registrando nele coisas boas que aconteceram com você. O hábito favorece enxergar as dádivas que passam despercebidas.
 

Agradeça por dar

Sim, você pode ser grata (mesmo que mentalmente) a quem aceitou o seu carinho ou a sua ajuda e permitiu que você se alegrasse por poder exercitar atitudes como atenção e generosidade.
 

Melhore suas relações

Torne gratificante todas as relações pessoais e profissionais. Pergunte-se a si mesma: “o que eu recebi hoje de pessoas com quem convivo?”; “o que eu dei?”; “causei alguma dificuldade a alguém?”.
 

Expresse a gratidão

Declare-se ou escreva bilhetes. Basta uma frase para valorizar os pequenos e grandes favores ou gentilezas que recebemos. Ela será mais uma bênção compartilhada.
Fonte:Conteúdo MÁXIMA