RETRATA-ME AO ACASO...- AGLAÉ

  1. Retrata-me ao acaso. Pinta-me com as cores que você vê em mim. Serei uma flor vermelha, paixão certeira, sangrando amor. Ou, quem sabe...serei uma paisagem nua, quase branca..à espera de uma primavera que reinvente a cor.
    1. [imagem: Jover]














    1. Entre um beijo e outro, todo o silêncio
    2. que me caberia dali em diante: um vasto território
      a percorrer a poesia que me vinha de você.
      E entre o enlace de mãos e o desenlace,
      o sentimento inteiro - quanto caberia mais em mim?
    [imagem: via abril.com.br]
  1. Em muitos momentos, a palavra é uma escultura que um cinzel
    atônito trabalha com a intuição, como se fora sangue em suas veias - se sangue tivesse, se gente fosse.
    Toma forma nas mãos da balada antiga que canta dentro de mim.
    E vagueia nas brumas de minha memória.
    Em muitos momentos, no entanto, é apenas ela -a palavra - que esculpe, a mim.
    ___________[Imagem: via Danni Macgrovey]



    1. ._ Leia em mim todas as palavras que você não diz.

      Aglaé.

      [imagem: Ronit Bigal.]