10 LUGARES INACREDITÁVIEIS AO REDOR DO MUNDO

Canyon de gelo, na Groenlândia,  (Foto: Reprodução)

 

 

10 lugares inacreditáveis ao redor do mundo

 

Você vai olhar as fotos e pensar "isso é montagem". Mas acredite, é tudo real!



Pode até parecer aqueles virais que você recebe em apresentações de slides no e-mail, geralmente de procedência duvidosa, mas não é. Há lugares no planeta que desafiam a compreensão de qualquer um. Não acredita? Veja as peças que a natureza prega e tente entender como é possível um visual desses.

Túnel Wisteria, Japão

As vinhas de Wisteria formam um arco colorido sobre a cabeça dos visitantes (Foto: Reprodução)
 
A cidade de Kitakyushu é um destino turístico incrível nos meses de abril e maio. Isso porque, durante a primavera, os jardins Kawachi Fuji formam um arco de wisteria - uma tradicional vinha oriental - de várias cores. O resultado é espetacular.

Floresta curvada - Polônia

Floresta curvada, na Polônia, é um mistério até hoje (Foto: Reprodução)
 
Localizada na divisa noroeste da Polônia com a Alemanha, um bosque com cerca de 400 pinheiros surpreende todos com a base de seu tronco curvado. Pouco sabe-se sobre como aquilo foi feito, mas há registros que elas surgiram em 1930, por meio de manuseio humano A técnica, entretanto, permanece desconhecida.

Túnel do amor, Ucrânia

Túnel do amor, na Ucrânia, recebeu este nome devido aos encontros de jovens casais no local (Foto: Reprodução)
 
Bastou um túnel de trem abandonado e a ação da natureza para o distrito de Kleven, na Ucrânia, ganhar esta maravilhosa paisagem. O nome, Túnel do amor, é uma menção aos jovens casais locais, que vão se "encontrar" lá.
Canyon de Gelo, Groelândia
Canyon de gelo, na Groenlândia,  (Foto: Reprodução)
 
Descoberta em 2013, essa barreira de gelo formada por atividade da água tem o dobro da extensão do Grand Canyon, nos Estados Unidos. Vista de cima, é uma das paisagens mais incríveis do planeta.
Pirâmide arredondada, Austrália
Pirâmide arredondada, próxima à Austrália, é o maior penhasco oceânico do mundo (Foto: Reprodução)
 
Essa formação rochosa é datada de 7 milhões de anos atrás, quando era um vulcão. Agora, é o maior penhasco oceânico, com 562 metros de altura. Um lugar digno de QG de vilão do James Bond. Ao fundo, é possível ver a ilha Lorde Howe, arquipélago australiano localizado no Oceano Pacífico.

Parque Nacional dos Lagos de Plitvice - Croácia

Os lagos croatas (Foto: Reprodução/Flickr)
 
A reserva natural mais antiga do sudeste da Europa é praticamente Pandora, o satélite onde é ambientado Avatar, sucesso de bilheterias de James Cameron. Essa mistura de quedas d' água e vegetação gera um visual de outro planeta.
Praia Vermelha de Panjin - China
Ação da natura transforma a cor do litoral de Panjin  (Foto: Reprodução)
 
Uma espécie de alga sofre um processo de superpopulação em certos períodos do ano nesta cidade ao sudoeste da China, deixando uma parte do litoral vermelho. O que era para causar problemas, já que as plantas deixam a água quase sem nutrientes, acabou virando atração turística.
Penhasco de Etretat - França
Penhascos de Etretat são perfeitos para uma foto. Só cuidado ao pedir um passo para trás (Foto: Reprodução/ Flickr)
 
Etretat era um território da Normandia. Sabendo isso, não é difícil de imaginar que o próprio Odin talhou à mão este penhasco, um ponto adorado por fotógrafos que vão ao norte da França. Cada detalhe, da textura do paredão de rocha ao formato recortado pelo desgaste da águas, tornam a vista especial.

Atlantic Ocean Road - Noruega

Obras da Atlantic Ocean Road começaram em 1984 e só terminaram em 99 (Foto: Divulgação)
 
O relevo da Noruega é um verdadeiro problema para quem mora lá. Principalmente em seu litoral, a costa dá lugar a uma série de pequenas ilhas. Então, para se deslocar de uma ponta a outra, foi criada uma rodovia de 8,3 quilômetros. Cheia de curvas, ela demorou 15 anos para ficar pronta. Os corajosos gostam de fazer a viagem de  Vevang a Utheim no outono, quando ondas soberanas quebram nas pontes.

Antalope Canyons - Estados Unidos

Antalope Canyons, nos Estados Unidos (Foto: Divulgação)
 
Um dos canyons estreitos mais visitados do mundo, fica dentro do território do povoado Navajo, uma das mais antigas comunidades indígenas dos Estados Unidos. Além da rica coloração das paredes e da fina areia dos desertos do Arizona ao chão, as luzes solares incidem sobre as frestas ao topo, gerando um verdadeiro espetáculo.

Fonte:http://gq.globo.com/Prazeres/Turismo/noticia/2013/11/10-lugares-inacreditaveis-ao-redor-do-mundo.html