10 FATOS DRAMÁTICOS SOBRE A SITUAÇÃO DAS CRIANÇAS NA GUERRA DA SÍRIA

Um rebelde carrega o seu filho pelas ruas de Aleppo, na Síria (dezembro de 2012)

10 fatos sobre a situação das crianças na Guerra da Síria

Segundo um novo relatório da ONU, há mais crianças refugiadas que na escola

 
Um estudo publicado nessa sexta-feira (29) pelo pelo Alto Comissariado dasNações Unidas para os Refugiados (ACNUR) revelou que 1,1 milhão de crianças sírias estão refugiadas por conta da guerra civil no país, iniciada em janeiro de 2011.
Esse número corresponde a 52% do total de sírios refugiados, que chega a 2,2 milhões. Há mais crianças que tiveram de fugir do país com suas famílias que frequentando a escola regularmente.
 
Uma criança síria posa com uma arma de brinquedo em Bekaa, na fronteira com o Líbano (novembro de 2013)
75% das crianças refugiadas têm menos de 12 anos.

 
Uma garota síria alauita em Istambul, Turquia (setembro de 2013)
Cerca de 3700 crianças que se refugiaram na Jordânia e no Líbano estão vivendo sem um dos pais ou sem ambos. Ou eles morreram ou enviaram as crianças para o exílio, mas tiveram de permanecer na Síria.
Um menino brinca com uma arma de brinquedo em Aleppo, Síria (outubro de 2013)
Por conta dos traumas psicológicos, a ONU já deu assistência para 250 mil crianças na Jordânia e no Líbano.
Fatma (11), uma refugiada síria em um acampamento em Tripoli, no Líbano. Ela morava em Aleppo, Síria (outubro de 2013)
Segundo dados de setembro de 2013, 100 mil crianças sírias refugiadas na Jordânia não estavam na escola. No Líbano, a previsão é de que 200 mil crianças estarão fora da escola até o fim de 2013.
Duas crianças sírias tomam sorvete em um acampamento de refugiados próximo à fronteira com o Iraque (outubro de 2013)
Muitas crianças sírias recém-nascidas estão ficando sem certidão de nascimento. No Líbano,77% dos 781 recém-nascidos estavam sem certidão. Já na Jordânia, entre janeiro e outubro de 2013, apenas 68 certidões foram emitidas.
Uma criança síria carrega um galão de água em um acampamento de refugiados em Majdal Anjar, no Líbano (novembro de 2012)
Na Jordânia, 49% das 3500 crianças sírias em idade escolar não estão estudando.
Mulheres sírias com seus filhos em um quarto que dividem com outras dez família refugiadas, em Beirute, no Líbano (novembro de 2013)
Enquanto os meninos trabalham, a maioria das meninas ficam em casa sozinhas e reclamam de solidão. 29% disse que ficam sozinhas ao menos uma vez por semana.
Uma refugiada Síria em Sofia, Bulgária. O país abriga uma comunidade com 1300 sírios (outubro de 2013)
80% das crianças refugiadas na Líbano não estão na escola. Entre as que estavam recebendo algum tipo de educação, 20% abandonaram os estudos após um período.
Crianças refugiadas sírias posam para fotografia am Ankara (outubro de 2013)
Desde o início do conflito, 11 mil crianças morreram (entre 115 mil pessoas, no total). 128 teriam sido vítimas de armas químicas e 289 de franco-atiradores

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA