sábado, 7 de setembro de 2013

OS SETE PRÍNCIPES DO INFERNO : CONHECENDO CRIATURAS MITOLÓGICAS

 
Conforme as mitologias vão sendo desvendadas, mais e mais monstrosmitológicos surgem na história, por isso, como estamos conhecendo a cada semana algumas mitologias, vamos mostrar nesta série quais monstros fazem parte de qual mitologia e o que eles representam. É claro que alguns deles nós já conhecemos, e por incrível que pareça há relatos históricos de algumas pessoas dizendo já terem visto alguns desses seres na Antiguidade. Que tal conhece-los?
Pois bem, como estamos para começar a mitologia cristã, nos próximos posts desta série falaremos justamente dos principais seres mitológicos contidos no cristianismo: anjos e demônios, a começar pelos demônios.
Antes de tudo, vale lembrar que os primeiros demônios são, na verdade, anjos que foram expulsos do céu e que receberam a alcunha de caídos, sendo que os sete principais são chamados de príncipes do Inferno que são responsáveis, cada um, por um pecado capital. Por isso que vamos começar com o primeiro e mais conhecido deles.
 

Lúcifer

lucifer
Lúcifer é considerado como o ser angelical mais elevado que liderou uma rebelião celestial contra Deus, juntamente de vários outros anjos e que, depois de ser derrotado, foi banido para o que conhecemos como sendo o inferno cristão. Um fato curioso é que a palavra Lúcifer não aparece na bíblia, o que aparece, na verdade, é o termo anjo de luz. É também o príncipe responsável pelo Orgulho.
 

Asmodeus

images
É o demônio da Luxúria e também considerado como um dos sete príncipes do Inferno, estando somente abaixo do próprio Lúcifer.
 

Belzebu

belzebu
Além de ser a representação do mal, Belzebu é responsável pela Gula. Não se sabe ao certo, mas devido a algumas características da mitologia cristã, ele é visto como um ser que é metade humano e metade bode que tem o pentagrama invertido em seu corpo.
 

Mammon

mammon
Existem fontes que dizem que Mammon é mais um termo para riqueza e a Avareza do que um demônio em si, entretanto, outras ainda o consideram como sendo justamente um dos príncipes infernais. Tomando as segundas como base, temos Mammon representado por um nobre com aparência disforme.
 

Belphegor

belphegor
Seu nome significa Senhor do Fogo, e além de ser o demônio das descobertas e dos inventos, é também responsável pela Preguiça. Algo que você deve ter achado estranho é o fato de  que a ele são atribuídas as descobertas e os inventos, mas, antes de tudo, não devemos esquecer que estes demônios antes eram anjos que foram criados por Deus, por isso, alguns deles possuem sim características que podemos considerar como sendo boas.
 

Azazel

azazel
É o demônio da Ira. Não há uma definição exata de quem ele seja, mas acredita-se que dele veio a expressão bode expiatório, já que ele é assim tratado em um dos livros da Bíblia cristã.
 

Leviathan

leviathan
Por fim, temos o demônio da Inveja que é visto como um tipo de dragão marinho que reina pelos mares.
 
Por Nandy Martins