SOBRE A ILUMINAÇÃO - J.TENZIN PALMO

 
Sobre a Iluminação

P:Gostaria de perguntar o que significa para Srª. Iluminação? Penso que iluminação seria talvez estar no momento presente – de um crescente sentimento de estar ciente – um sentimento de beleza. Talvez a Srª. pudesse nos falar sobre a iluminação e seu significado.

R: Estar no momento presente despojado de qualquer pensamento conceitual é um ótimo avanço. É muito útil. Mas em si não é iluminação. Claro, iluminação é a palavra que atiramos para cá e para lá, e de uma certa forma, prefiro a palavra realização. Mente realizada é aquela que tem a visão da natureza última da mente. Nossa mente é normalmente muito dualista. Estou tentando simplificar para que você possa entender.
...

Eu vejo um relógio. Há sujeito, verbo e objeto. Isso porque nossas mentes são condicionadas. Quando pensamos, sempre pensamos com idéias, conceitos, condições e padrões. Contudo, há um nível da mente, do ser consciente, que não é dualístico, não é conceitual, que é pela sua própria definição, além do pensamento. Não pode ser pensado nem conceitualizado, mas pode ser realizado. Então, essas realizações, esses momentos de apreensão da natureza incondicionada da mente são comumente como “flashes”. Assim, a idéia é aumentar o número de episódios de “flashes”, prolongá-los e tornar eventualmente esses momentos de percepção não dualista constantes e ininterruptos. Iluminação é um nível diferente de estar ciente que todos nós possuímos e que é nossa verdadeira natureza.

Jetsunma Tenzin Palmo
(via Flávio Shunya)