O CABALION : OS PRINCÍPIOS HERMÉTICOS



O Caibalion (Kybalion) é um livro esotérico e ocultista sobre os Princípios Herméticos, foi publicado pela primeira vez em 1908 em inglês. O livro foi escrito por três indivíduos auto-intitulados Os Três Iniciados, e segundo eles contêm a essência dos ensinamentos de Hermes Trismegistus tal como ensinado nas escolas herméticas do Antigo Egito e da Grécia
Existem especulações de que a obra foi criada por William Walker Atkinson.
O título Caibalion se refere a uma palavra hebraica que significa "Tradição ou preceito manifestado por um ente de cima" e compartilha a mesma raiz da palavra Qabala. Muitas das ideias apresentadas neste livro anteciparam conceitos relativamente modernos da Lei da Atração e do Movimento do Novo Pensamento

 Os sete princípios

  • O Princípio de Mentalismo
O Todo é Mente, O Universo é Mental. A criação divina se dá mentalmente e fazemos todos parte de uma única mente universal.
  • O Princípio de Correspondência
O que está em cima é o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima. Existe relação entre a mente universal e nossa própria mente humana.
  • O Princípio de Vibração
Nada está parado, tudo se movimenta, tudo vibra.
  • O Princípio de Polaridade
Tudo é Duplo; tudo tem Polos; tudo tem seu Oposto; o Igual e o Desigual são a mesma coisa; os Opostos são idênticos em Natureza, mas diferentes em Graus; extremos se tocam; todas as verdades são meias-verdades; todos os Paradoxos podem ser reconciliados.
  • O Princípio de Ritmo
Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés; tudo sobe e desce, tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda, o ritmo é a compensação.
  • O Princípio de Causa e Efeito
Toda Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; O acaso é simplesmente o nome dado a uma Lei desconhecida; há muitos Planos de Causalidade, porém nada escapa à Lei.
  • O Princípio de Gênero
O Gênero está em tudo; tudo tem seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o Gênero se manifesta em todos os planos da existência.

Ligações externas

  • [tudosobremagiaeocultismo.blogspot.com/p/o-caibalion.html Site com o livro online em português ]
Os Sete Princípios Herméticos


A palavra Caibalion (ou Kybalion) tem a mesma origem de Cabala (Qabala), e significa revelação ou tradição superior. É um tratado escrito por três filósofos herméticos sobre os sete princípios que regem o universo e são a base da magia. Essas leis demonstram como funciona o universo e como refletem diretamente nos fatos da vida cotidiana. As origens dos ensinamentos do Caibalion, supostamente, estão associadas ao filósofo Hermes.
Acredita-se que a origem de Hermes seja indo-européia, e que teria ensinado a arte da alquimia, astrologia e algumas práticas mágicas, além das bases de Verdades Universais em várias partes do mundo. Conhecido pelos egípcios como Toth e pelos romanos como Mercúrio, Hermes também é chamado de Logos (verbo-de-Deus-feito-carne), e alguns cristãos atribuíram a Jesus algumas de suas características. Também é representado entre os nativos norte-americanos como um corvo, coiote ou lebre. Acredita-se até mesmo que a química, a astronomia e a física surgiram através de suas mãos.
Pitágoras, assim como dizem que os druidas também, era versado nos princípios herméticos. Os romanos acreditavam que os druidas tinham aprendido com Pitágoras sobre hermetismo. Porém, alguns estudiosos encontraram provas de que Pitágoras tinha sido instruído pelas sacerdotisas druidas da Tracia (?). Supõe-se que na Idade Média, Deus reaparece como Hermes Trimegisto (o Três Vezes Sábio).


Os sete princípios herméticos são:


I - PRINCÍPIO DO MENTALISMO
"O Todo é Mente. O Universo é Mente."

II - PRINCÍPIO DA CORRESPONDÊNCIA
"(Quod superius est sicut quod inferius...) O que está em cima é como o que está embaixo..., é análogo, é correspondente, mas não igual ou semelhante."

III - PRINCÍPIO DA VIBRAÇÃO
"Nada há parado. Tudo se move e tudo vibra."

IV - PRINCÍPIO DA POLARIDADE
"Tudo tem pólos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são o mesmo. Os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados."

V - PRINCÍPIO DE RITMO
"Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o Ritmo é a compensação."

VI - PRINCÍPIO DA AÇÃO OU REAÇÃO, CAUSA E EFEITO
"Todas as coisas têm o seu Efeito, todo Efeito tem sua causa. Tudo acontece de acordo com a Lei. O Acaso é simplesmente um nome dado a uma lei não reconhecida, porém nada escapa à Lei."

VII - PRINCÍPIO DO GÊNERO
"O Gênero está em tudo. Tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino. O Gênero se manifesta em todos os planos."

 Fonte:http://www.spectrumgothic.com.br/ocultismo/livros/caibalion.htm

Caibalion
(Clássico do Hermetismo, escrito por três Iniciados anônimos)

Os lábios da Sabedoria estão fechados,
exceto para os ouvidos do Entendimento.
Oh ! não deixeis apagar a chama !
Mantida de século em século
Nesta escura caverna, neste Templo sagrado !
Sustentada por puros ministros do amor !
Não deixeis apagar esta divina chama !
Quando os ouvidos do discípulo estão preparados para ouvir,
então vêm os lábios para os preencher com a Sabedoria.
Em qualquer lugar que estejam os vestígios do Mestre,
se abrirão completamente os ouvidos
daquele que estiver preparado para receber seus Ensinamentos.
O Paradoxo Divino
Os falsos sábios, reconhecendo a irrealidade comparativa do Universo,
imaginaram que podiam transgredir as sua Leis;
estes tais são vãos e presunçosos loucos;
eles se quebram nas rochas e são feitos em pedaços pelos elementos,
por causa de sua loucura.
O verdadeiro sábio, conhecendo a natureza do Universo,
emprega a Lei contra contra as leis, o superios contra o inferior;
e pela Arte da Alquimia transmuta aquilo que é desagradável,
naquilo que é agradável, e deste modo triunfa.
O Domínio não consiste em sonhos anormais; em visões,
em vida e imaginações fantásticas,
mas sim no emprego das forças superiores contra as inferiores,
escapando assim das penas dos planos inferiores, pela vibração nos superiores.
A transmutação não é uma denegação presunçosa,
é uma ofensiva do Mestre.
Os Sete Princípios Herméticos
Os princípios da verdade são Sete;
aquêle que os conhece perfeitamente,
possui a Chave Mágica
com a qual todas as portas do Templo
podem ser completamente abertas ...
Mentalismo
O Todo é Mente,
O Universo é Mental.
Correspondência
O que está em cima é o que está em abaixo,
e o que está em baixo é como o que está em acima.
Vibração
Nada está parado,
tudo se movimenta,
tudo vibra!
Polaridade
Tudo é Duplo; tudo tem Polos; tudo tem seu Oposto;
o Igual e o Desigual são a mesma coisa;
os Opostos são idênticos em Natureza, mas diferentes em Gráu;
os extremos se tocam;
todas as Verdades são meias-verdades;
todos os Paradoxos podem ser reconciliados.
Rítmo
Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés;
tudo sobe e desce, tudo se manifesta por oscilações compensadas;
a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda,
o rítmo é a compensação.
Causa e Efeito
Toda Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa;
tudo acontece de acordo com a Lei;
O acaso é simplesmente o nome dado a uma Lei desconhecida;
há muitos Planos de Causalidade,
porém nada escapa à Lei.
Gênero
O Gênero está em tudo;
tudo tem seu princípio masculino e o seu princípio feminino;
o Gênero se manifesta em todos os planos.
Axiomas
A posse do Conhecimento
sem ser acompanhada de uma manifestação ou espressão em Ação
é como um amontoado de metais preciosos, uma coisa vã e tola.
O Conhecimento é, como a riqueza, destinado ao Uso.

A Lei do Uso é universal,
e aquele que viola esta Lei,
sofre em conflito com a Natureza.
A Mente, assim como os Metais e os Elementos,
pode ser transmutada de estado em estado,
de gráu em gráu, de condição em condição,
de polo a polo, de vibração em vibração.
A verdadeira Transmutação Hermética é uma Arte Mental.
Para modificar a vossa disposição ou vosso estado mental,
mudai vossa vibração !
Para destruir uma desagradável ordem de vibração mental,
ponde em movimento o Princípio da Polaridade e
concentrai-vos sobre o Polo oposto qo que desejais suprimir.
Destruí o desagradável, mudando sua Polaridade.
O hermeticista avançado polariza-se pelo Polo Positivo do seu Ente: o polo "Eu Sou", ao contrário do Polo da Personalidade, e pela recusa e negação da ação do Rïtmo, eleva o seu próprio plano de consciência, e firme em sua manifestação, deixa o pêndulo mover-se no plano inferior sem mudar sua polaridade!
Os Sábios servem no plano superior, mas governam no inferior
Obedecem as lei que vêem de cima deles,
mas no seu próprio plano e nos inferiores,
eles governam e dão ordens.
E assim fazendo, formam uma parte do Princípio, sem oporem-se a este.
O Sábio concorda com a Lei, e compreendendo o seu movimento,
ele o opera em vez de agir cegamente como escravo.
De modo análogo procede o hábil nadador em seu caminho,
utilizando a correnteza de acordo com a sua vontade,
sem ser como a barca que é levada para cá e para lá;
assim é o sábio em comparação com o homem ordinário;
e, contudo, o nadador e a barca, o sábio e o ignorante,
todos eles estão sujeitos à Lei !
Aqueleque compreende isto,
está no caminho do Domínio.
Caibalion
Tradição ou Ensinamento manifestado por um Ente superior
Qabbalah (Qibal / Qibul) = Tradição
+
Ion (hebraico) - ou Eon (grego, dos Gnósticos) =
o Ente passado da Potência ao Ato - o Ente Manifestado


Fonte:http://www.casadobruxo.com.br/textos/caibalion.htm

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA