DEZ SINAIS DE UM DESPERTAR ESPIRITUAL


DEZ SINAIS DE UM DESPERTAR ESPIRITUAL

A lista seguinte descreve os dez sinais do despertar espiritual, encontrados em pessoas que escolheram superar as limitações humanas para alcançar a verdade interior inata.

1 – AUTO-CONTROLE – Quando não se depende de experiências sensoriais ou da influência de hábitos passados, pode-se exercer o verdadeiro livre arbítrio e experienciar a felicidade inerente da alma. Considerando que a norma é agir com base no que se está acostumado a fazer, em vez de seguir os verdadeiros desejos, uma pessoa comprometida espiritualmente se afasta dos maus hábitos que oferecem um prazer temporário, antes que finalmente tragam o sofrimento, e escolhe a satisfação duradoura do espírito, encontrado através do autocontrole.

2 - HUMILDADE – Um despertar espiritual é cultivado pela vontade de aprender e de mostrar compreensão, esforçando-se pelo bem-estar dos outros e contribuindo com o meio ambiente, dando um exemplo admirável, sem falar da própria grandeza. Uma vez que se percebe que o eu é algo bem além do corpo, que a alma é um microcosmo do Grande Espírito, atua-se com a intenção de ser um instrumento desta força benevolente para se expressar. Em vez de assumir o crédito pelas boas ações do ponto de vista egoísta, é possível apresentar sucessos como ofertas ao aspecto divino do eu, mantendo a gratidão, em vez do orgulho, pelos atributos e realizações com que se é abençoado. Quando os pensamentos estão centrados no bem-estar dos outros, a verdade se manifesta.

3 – AMOR INCONDICIONAL ALTRUÍSTA – O amor é a força motriz atrativa que dá vida e propósito à existência. O Mestre Espiritual Sri Yukteswar disse que o amor comum é egoísta e se baseia em desejos e gratificação pessoais, enquanto que o amor divino é ilimitado, imutável e incondicional. Os seres espiritualmente despertos vivem em harmonia com a natureza e com outras pessoas, amando igualmente a toda a humanidade e mantendo indiscriminadamente a compaixão, independentemente do credo, nacionalidade, ação ou qualquer limite. O amor implica em grande liberdade, mas só vem quando a mente é tranquila e altruísta. Somente o amor, a misericórdia e a boa vontade que se desenvolvem em cada indivíduo, podem trazer a paz e a estabilidade, tanto em uma escala pessoal, quanto global.

4 – CALMA E CONCENTRAÇÃO - As pessoas desenvolvidas espiritualmente têm formado um grande poder de concentração para atingir os seus objetivos. Se compararmos o verdadeiro Eu com o fundo de um lago, ele é somente visível quando as ondulações de pensamentos foram abrandadas e a água está tranquila. Se a água estiver turva, ou agitada, o fundo não pode ser visto. Eventos, memórias, preocupações e desejos tentam invadir incessantemente o dia de uma pessoa. Se os pensamentos estiverem intensamente ligados às emoções, eles são ainda mais difíceis de serem liberados. As técnicas da concentração e da meditação treinam a mente para impedir que pensamentos inquietos turvem e obstruam a experiência de verdadeira natureza espiritual.

5 – DESAPEGO – Parte do despertar espiritual é a liberdade mental das posses. Ao praticar o desapego, pode-se desfrutar das coisas e executar as ocupações materiais com um sentido de serviço e não de ganho pessoal. O ego quer se apegar aos objetos, idéias, juventude e outros aspectos da experiência do mundo. Ao deixar ir estas coisas graciosamente quando elas serviram em seu tempo, a paz interior é fortalecida.

6 – INTUIÇÃO – A Intuição é uma fonte inesgotável e resoluta de sabedoria e orientação para quem é receptivo ao seu conselho sutil. Quando se liga a este recurso através da entrega e da meditação diária, o indivíduo tem a capacidade de ouvir e de confiar em qual é o curso correto de ação para realizar os seus melhores interesses. Todos têm esta qualidade e com o despertar crescente e a clareza, torna-se uma fonte de crescente percepção e segurança.

7 – AUTO-CONHECIMENTO – Aqueles comprometidos com um caminho espiritual se examinam constantemente, a fim de progredirem e de fazerem as mudanças necessárias. O Mestre Espiritual J. Krishnamurti afirma que sem saber quem se é realmente, não há um ponto de partida para o pensamento correto, de modo que não pode haver transformação. Ao estar consciente, em cada momento presente dos pensamentos, intenções e desejos, pode-se começar a eliminar qualidades pessoais indesejadas e dar vida a novas características que levam ao triunfo sobre si mesmo.

8 – DISCERNIMENTO – Com o aumento da compreensão espiritual vem a sabedoria para saber com certeza o curso correto de ação e da decisão de não permitir que algo impeça de se sustentar uma escolha. Isto não implica em teimosia ou impulsividade, mas sim em um estado de autoconsciência que consiste em se manter fiel às convicções e a ter a humildade de admitir quando se está errado.

9 – FELICIDADE – Todos se esforçam por ser felizes. Tornam-se dedicados ao caminho espiritual para encontrar uma paz imutável e uma felicidade que é ilusória nas coisas materiais. Paramahansa Yogananda explica que nunca se pode ser verdadeira e permanentemente feliz, até que se busque a satisfação na evolução espiritual e evite que influências inibam esta transformação. Quando se chega a isto, a prova absoluta do despertar espiritual é uma felicidade real, incondicional e infinita.

10 – LIBERDADE – Somos individualmente responsáveis pelos nossos próprios hábitos, erros e resoluções. Uma vez que o Grande Ser seja encontrado na alma com dedicação e fé, atinge-se a liberdade e a vida que é verdadeiramente bela. O Bhagavad Gita diz: “Desapegado do mundo sensorial, o yogi experiencia a alegria sempre nova de Ser. Sua alma envolvida em união com o Espírito atinge a Felicidade indestrutível.”

O despertar espiritual é uma ocorrência importante na vida das pessoas, porque ele revela um propósito para a existência. Resolver o labirinto da vida, ver a maravilha na experiência cotidiana, cumprir o desejo da alma de união e, finalmente, encontrar o caminho do lar, é o verdadeiro significado do despertar espiritual.


Fonte: http://lilyseymour.blogspot.com.br/search/label/Spirituality
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA