LIBERDADE TOTAL DA ILUSÃO - NYOSHUL KHENPO RINPOCHE


Nyoshul Khenpo Rinpoche


O que estamos vivendo é como um longo sonho, um sonho mais longo do que os sonhos comuns do sono, mas se forem dez minutos ou uma vida inteira, a natureza ilusória dos sonhos é a mesma. Quando conhecemos e vivenciamos o longo sonho desta vida, então depois de morrer teremos outro longo sonho: o de nascer em outro estado de existência. Assim, um longo sonho irá se seguir a outro, enquanto a ilusão permanecer.
A qualidade extraordinária do Buda Darma é que ele nos dá os meios para reconhecer que esta vida é apenas como um sonho, que falta a ela existência verdadeira, e todos os nossos objetivos samsáricos centrados no ego são relativamente sem sentido e improdutivos — que eles não têm nenhum essência e realidade verdadeira.
Iremos não apenas chegar a entender isso, mas o Darma também nos dá a chance de ver que há um modo de dispersar nossa ilusão e, através de meios hábeis, chegar à realização última da natureza buda, que é liberdade total em relação à ilusão, liberdade perfeita e paz transcendental.

Nyoshul Khenpo Rinpoche (Tibete, 27 de agosto de 1932 – França, 1999):
“Natural Great Perfection”, loc. 342