BALI - UMA ILHA E UM PARAÍSO NA INDONÉSIA







Mapa de Bali na Indonésia
Bali é uma das 13 667 ilhas da Indonésia, bem como uma província daquele país. Integrante das Pequenas Ilhas de Sonda, encontra-se entre as ilhas de Java, a oeste, e Lombok, a leste. A capital provincial é Dempassar.
A ilha abriga a quase totalidade da pequena população hindu da Indonésia e é o principal destino turístico do país. É conhecida pelas suas manifestações culturais, como a dança, a escultura, a pintura, o trabalho em couro e metais e a música.
Faz parte de um arquipélago com quinhentas e quarenta e sete ilhas distribuidas em nove grandes grupos.
Etimologia
A palavra Bali, com a qual a ilha foi batizada no século IX, deriva da palavra Wali. Wali ou Wari era o termo com o qual os nativos, que muito veneravam seus deuses, chamavam o ato de adoração. Wali é uma palavra do sânscrito que significa "sacrifício oferecido ao deus", "adoração", "culto" ou "oferenda".[1]

História

Bali foi povoada antes da Idade do Bronze, por volta de 3000 a.C.. Inscrições em pedra datadas do século IX são os registros humanos mais antigos já encontrados na ilha.
O centro da cultura de Bali eram o cultivo de arroz e os rituais. Um dia, comerciantes indianos que haviam se perdido no Oceano Índico chegaram à ilha. Depois de algum tempo, eles realizaram a introdução do hinduísmo em Bali, Java, e outras ilhas da região.
Entre 1019 e 1042, na Ilha de Java, os javaneses estavam lutando para recuperar o reino perdido do Rei Airlanga. Durante a luta, a mãe do rei fugiu para Bali, levando para lá o idioma de Java, chamado kavi. O kavi era usado em Bali pela realeza. A prova do uso desse idioma são as rochas talhadas encontradas em Gunung Kavi, próximo a Tampaksiring. Elas relacionam a cultura de Bali e Java do século IX. Após o século XIII, várias dinastias javanesas governaram Bali.
Em 1478, o islamismo chegou a Java. Uma vez que os javaneses resistiam a mudar suas crenças, houve um êxodo deles para Bali.
Há quem acredite que o primeiro europeu que chegou a Bali, em 1292, tenha sido o célebre italiano Marco Polo na conhecida descrição lendária da sua viagem à volta do mundo.
No entanto seriam os portugueses os primeiros que aí se estabelecerem, quando, em 1585, um navio português naufragou na costa de Bukit e estes entram ao serviço dos Dewa Agung, titulares da realeza local[2].
Entretanto o reino de Portugal entra para o domínio filipino e em 1597 o holandês Cornelis de Houtman, numa atitude de guerra que o seu país tinha contra Espanha (Guerra dos Oitenta Anos), desembarca lá e reclamou-a para a coroa holandesa pela qual lutava. No início do século XVIII, Bali já tinha estatuto de colónia holandesa, que substituíra os portugueses no comércio, principalmente o de especiarias. Nessa altura estabeleceram para tal um importante entreposto da Companhia Holandesa das Índias Orientais entretanto criada. Em seu benefício, os balineses foram obrigados a trabalhar nas plantações.
No ano de 1904, os holandeses ainda controlavam a porção norte do território de Bali, mas desejavam dominar toda a ilha. Com esse objectivo e sob vários pretextos, eles promoveram, no mesmo ano, um massacre. Eles tentaram, em vários momentos, render os nativos com o uso de armas de fogo. Porém, os balineses resistiram e enfrentaram os colonizadores com adagas. O final dessa luta desigual foram aproximadamente 4 mil pessoas assassinadas.[1]
Em 12 de outubro de 2002, um conjunto de atentados terroristas (ver atentados de Bali de 2002) provocou a morte de mais de 180 pessoas, em sua maioria turistas. O caso foi que um carro-bomba explodiu em frente à boate Sari Club, na área turística de Kuta Beach, na cidade de Kuta. Outra bomba próxima ao consulado dos Estados Unidos da América explodiu simultaneamente.[3] Outros ataques ocorreram em 1 de outubro de 2005.

 Geografia

A superfície da ilha é repleta de montanhas, em sua maioria vulcões e alguns deles ativos. O ponto mais alto de Bali é o Monte Gunung Agung, um vulcão cuja última erupção ocorreu no ano de 1963. A quantidade de vulcões traz um solo rico em nutrientes e sais minerais. A junção disso e de um ótimo sistema de irrigação transforma Bali em um dos melhores lugares para cultivo de arroz. As porções leste e central são mais férteis do que a porção oeste, onde se localiza o Parque Bali Barat, o maior parque nacional da ilha.[4]

 Área

A ilha de Bali possui aproximadamente 5 620 km².[4]

 População

Bali possui aproximadamente 2,9 milhões de habitantes, segundo o censo 1995. Com 5 620 km² de área, tem-se uma densidade demográfica de 508 habitantes por km².[4]

Referências

  1. a b "A Origem dos Nomes dos Países", OTERO, Edgardo, São Paulo: Panda Books, 2006, pág. 200-201
  2. Willard A. Hanna (2004). Bali Chronicles. Périplo, Singapura. ISBN 0-7946-0272-X p.32
  3. Atentado na ilha de Bali deixa mais de 180 mortos.
  4. a b c Bali - Ásia Online
Fonte:Wikipédia

VÍDEOS