OS MÍSTICOS E SÁBIOS ESTÃO LOUCOS , BALBUCIANDO NA FRENTE DO ABISMO ?



"Ter fé é dançar na beira do abismo."
                                        Nietzsche

Os místicos e os sábios estão loucos? Porque todos eles contam variações da mesma história, não é? A história de acordar uma certa manhã e descobrir que você é Um com o Todo, de uma maneira sem tempo, eterna e infinita. Sim, talvez eles estejam loucos, esses tolos divinos. Talvez sejam idiotas balbuciando na face do Abismo. Talvez precisem de um bom e compreensivo terapeuta. Sim, tenho certeza que ajudaria. Mas, então, me pergunto. Talvez a sequência evolucionária realmente seja da matéria para o corpo para a mente para a alma para o espírito, cada um transcendendo e incluindo, cada um com uma profundidade maior e com uma consciência maior e uma abrangência mais ampla. E nos alcances mais altos da evolução, talvez, apenas talvez, a consciência individual toque de fato o infinito – a abrangência total do Cosmos – uma consciência Cósmica que é o Espírito desperto para sua própria natureza. É no mínimo plausível. E, me diga: é essa história, cantada pelos místicos e sábios pelo mundo afora, em qualquer sentido mais louca do que a história do materialismo científico, que é aquela em que a sequência inteira é uma fábula contada por um idiota, cheia de som e fúria, significando absolutamente nada? Escute muito cuidadosamente: qual dessas duas histórias realmente soa totalmente insana?
 -Ken Wilber, em “A Brief Story of Everything” (1996)




Fonte:Nando Pereira-http://dharmalog.com/