AS CORES DO OUTONO

 
















“O outono é um caminhante melancólico e gracioso que prepara admiravelmente o solene adágio do inverno.” (George Sand)




A palavra equinócio vem do Latim, aequus (igual) e nox (noite) e significa "noites iguais", ocasiões em que o dia e noite duram o mesmo tempo - isso se dá quando a Terra atinge uma posição em sua órbita onde o Sol parece estar situado exatamente na intersecção do círculo do Equador Celeste com o círculo da Eclíptica; ou seja, instante em que o Sol no seu movimento anual aparente pela Eclíptica, corta o Equador Celeste, apresentando declinação de 0º. As estações do ano são opostas nos dois hemisférios e as denominações se invertem e pode haver variação de um ou dois dias nas datas descritas.

Os equinócios ocorrem nos meses de março e setembro quando definem mudanças de estação. Em março, o equinócio marca o início da primavera no hemisfério norte e do outono no hemisfério sul. Em setembro ocorre o inverso, quando o equinócio marca o início do outono no hemisfério norte e da primavera no hemisfério sul.

Aprecie as sábias citações e lindas imagens de Outono nesta graciosa apresentação!


Melhor visualização na tela cheia (full screen)
Formatação: Lise Tardif
Citações: www.evene.fr 
Fundo Musical: l’Adieu, Chopin

O trecho abaixo faz parte do ótimo site Euterpe, Blog de Música Clássica, que traz a análise da obra “Vivaldi, O Outono”.  Vale conferir!

Outono é tradicionalmente a época da colheita, e para celebrá-la, temos a Dança e canto dos camponeses.
O violino imita os deslizes e os risos alegres do camponês exagerando no vinho, ou seja, O ébrio.
E depois de muito vinho… eis o ébrio que dorme. Os mais atenciosos irão reparar que a melodia do violino se assemelha ao barulho de alguém roncando.
Fim de festa, os ébrios adormecidos se juntam para tirar uma soneca.
O concerto termina descrevendo com detalhes a caçada, com o violino solo imitando o som de trompas de caça.
E os caçadores encontram a fera que foge.
Ao final, a fera fugindo morre, para alegria do caçador.


               Yolanda Hollaender


 
Fonte:http://www.pontodopowerpoint.com/