ATMA (ALMA) - O EU DIVINO - Sathya Sai Baba


“Tanto a forma (swarupa) como a natureza (swabhava) do Atma são de tal maneira que não são afetadas e influenciadas por nada que seja efêmero. A alma não tem nascimento ou morte, fome ou sede, dor ou ilusão! Nascimento e morte são características do corpo; dor e ilusão são aflições da mente. Não atribua qualquer status para estes; reconheça-se como o Atma, o Eu Divino. Abandone toda ilusão e torne-se desapegado. Não seja como o papel poroso absorvente que se contamina com tudo o que entra em contato com ele. Seja como a flor de lótus no lago pantanoso de samsara (existência mundana); não se suje com a lama em torno de você. Esteja no mundo, mas fora dele.”

                      Sathya Sai Baba

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA