SUTRA GUIRLANDA DAS FLORES - FABRICAÇÕES MENTAIS

Sutra Guirlanda de Flores:

Analise o corpo interior:
Quem aqui dentro é o “eu”?
Quem consegue pensar desse modo
Compreenderá a existência ou não do eu.
Este corpo é uma configuração temporária
E não tem local de residência;
Quem compreende este corpo
Não terá nenhum apego a ele.
Considerando o corpo cuidadosamente,
Todas as coisas serão vistas claramente:
Sabendo que todos os elementos são irreais,
A pessoa não irá criar fabricações mentais.
Baseada em quê a vida surge,
E baseada em quê ela desaparece?
Como uma roda de fogo girando,
Seu começo e fim não podem ser determinados.
O sábio pode observar com insight
A impermanência de todos os fenômenos;
Todas as coisas são vazias e sem eu,
Sempre independentes de todos os rótulos.
Todas as consequências nascem de ações;
Como sonhos, não são verdadeiramente reais.
De momento a momento elas continuamente vão morrendo,
Tanto antes quanto depois.
De todas as coisas vistas no mundo
Apenas a mente é a hospedeira;
Ao se apegar a formas conforme sua interpretação
Ela fica iludida, sem correspondência com a realidade.
[...] Pelo poder da relação entre percebedor e objeto percebido
Nascem todos os tipos de coisas;
Elas logo passam, não permanecendo,
Morrendo instante a instante.


“Um bodisatva pede esclarecimento”
Sutra Guirlanda de Flores (Avatamsaka), livro 39“Flower Ornament Scripture”

FONTE : http://samsara.blog.br/