SIKHIS – “ Devotos incondicionais de Deus”

Templo de Ouro, lugar mais sagrado para os Sikhis
O sikhismo ou siquismo, importante religião da Índia,  foi fundada em fins do século XV no Punjab (região atualmente dividida entre o Paquistão e a Índia) pelo Guru Nanak (1469-1539).
Patio Interno do Templo
O Sikhismo, é uma religião monoteísta e embora  seja habitualmente retratada como o resultado de um sincretismo entre elementos do hinduísmo e do misticismo do islã (sufismo), apresenta contudo elementos de originalidade especiais para professar as suas crenças..
purificação
A oração principal do sikhismo é o texto do Mul Mantar, em alfabeto gurmukhi.  O termo sikh significa em língua punjabi “discípulo forte e tenaz”.
Ritual com a água
A doutrina básica do sikhismo prega uma mensagem de igualdade racial, justiça social e devoção incondicional a Deus e nos ensinamentos dos Dez Gurus do sikhismo, recolhidas no livro sagrado dos sikhs. O Guru Granth Sahib, considerado o décimo – primeiro e último Guru.
 Para o sikhismo, Deus é eterno e sem forma, sendo impossível captá-lo em toda a sua essência. Ele foi o criador do mundo e dos seres humanos e deve ser alvo de devoção e de amor por parte dos humanos. 
o "altar" templo em Old Delhi
O principal templo sikh, Harimandir Sahib (o Templo de Ouro, em Amritsar), é um lugar de peregrinação  O fundador do sikhismo, o Guru Nanak, nasceu em 1469 na aldeia de Talwandi, localidade que é hoje conhecida como Nankana Sahib. Pertencia a uma família hindu da casta comerciante dos Khatri.
O Guru Nanak instituiu o sistema do langar (“cozinha” ou “refeitório comunitário”) que se perpetuou até aos nossos dias.
A refeição onde todos sentam juntos independente de castas e crenças
O objetivo desta instituição foi fomentar a fraternidade e a igualdade entre os seres humanos. No langar prepara-se o karah prasad, uma refeição sagrada feita à base de farinha, açúcar e manteiga batida.
Na Índia onde o sistema de castas  é rígido , todos os participantes , em uma cerimônia religiosa  do templo Sikhi, recebem este alimento, sem distinção de casta, nível econômico ou crenças religiosas.
Devoto Sikhi
Após a morte do Guru Nanak sucederam-se nove gurus. Cada um deles contribuiu para a consolidação da religião e da identidade sikh.  Os templos sikhs recebem o nome de gurdwaras (anglicização de gurdvârâ, “a porta do Mestre”). Neles ocupa um lugar de privilégio ( o altar) o livro sagrado, o Guru Granth Sahib.
Guarda do Palácio
A arquitetura destes templos reflete um estilo mongol tardio influenciado pelo estilo hindu. Não existem neles estátuas e estes não têm qualquer orientação especial. 
eu e os sikhis
Visitar diariamente o gurdwara é um dever religioso de todos os sikhs. Está aberto a pessoas de outras religiões, mas todos os visitantes devem trazer a cabeça coberta, descalçar os sapatos e lavar os pés antes de nele penetrarem.
A tradição e a tecnologia
Após o nascimento de uma criança sikh é hábito levá-la a um gurdwara, onde se abre o Guru Granth Sahib numa página ao acaso para escolher um nome. O nome da criança começará pela primeira letra da primeira palavra da página do lado esquerdo, na parte em que o livro foi aberto. 
Uma das cerimônias mais importantes do sikhismo é a iniciação na ordem Khalsa. Os sikhs que participaram na cerimônia amrit (ou seja, na cerimônia onde bebem a bebida açucarada mexida por um sabre de dois gumes).
Os homens sikhs utilizam o apelido (sobrenome) Singh (“Leão”) depois do nome próprio. As mulheres utilizam Kaur (“Princesa”) como segundo nome.
O "altar"
A não aceitação pelos sikhs do sistema de castas reflete-se no fato de muitos sikhs preferirem evitar o uso do apelido, muito ligado à identificação das castas, utilizando somente o seu nome individual seguido de Singh ou Kaur.
 Homem sikh obrigatoriamente deixam os cabelos crescerem e usam barba e turbante. Seguram o cabelo com um turbante (que pode ser branco ou de cor), enquanto que as mulheres utilizam um lenço.
Aqueles que cortaram o cabelo ou a barba são chamados pelos ortodoxos patit, isto, é “decaídos” ou “renegados”. Devem , tradicionalmente permitir  seu cabelo crescer naturalmente como um símbolo de respeito pela perfeição da criação de Deus.
Durante uma cerimônia de casamento sikh (Anand Karaj) os noivos devem dar quatro voltas em torno do Guru Granth Sahib, sendo cada uma dessa voltas acompanhada pelo canto de um hino religioso. A cerimônia é conduzida por um homem ou mulher que foi iniciado na Khalasa. Esta pessoa explica aos noivos os seus deveres matrimoniais.
 Os rituais funerários dos sikhs consistem na recitação de hinos até o corpo estar pronto para a cremação. Uma oração final é dita momentos antes de se cremar o corpo. As cinzas são em geral colocadas nos rios, como o Ganges.
O número de sikhs no mundo é estimado em cerca de 23 milhões, o que torna o sikhismo a quinta maior religião mundial em número de seguidores. Desse total de adeptos, estima-se que cerca de e 19 milhões vivem na Índia, concentrados, em sua maioria, no estado do Panjabi.

eu , entre nosso motorista Sikhi e o Guia
 Dois fatos importantes na história dos Sikhis: Uma intervenção de tropas indianas ordenada por Indira Gandhi no início dos anos 80 levou à revolta dos sikhs e ao assassinato da primeira-ministra indiana em 1984.
Dança Sikhi
Atualmente o primeiro ministro da Índia é um Sikhi . Após as eleições indianas de 2004, o Dr. Manmohan Singh tornou-se o primeiro sikh a assumir o posto de Primeiro Ministro da Índia. É também o primeiro não hindu a ocupar o cargo.
O Primeiro Ministro da Índia - Manmohan Singh
 
Fonte : http://viagensculturais.wordpress.com/

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA