POLÍTICA E ILUMINAÇÃO - OSHO

A política é mundana - os políticos são os servidores do lixo. Os iluminados são sagrados - eles são os guias para o crescimento espiritual das pessoas. Certamente, no que se refere a valores, a política é o mais baixo e a iluminação o mais elevado. Elas estão separadas.
      Os místicos e os iluminados tem elevado a consciência humana durante séculos. Tudo que o homem é hoje, por menor que seja sua consciência, todo crédito vai para os Budas, os Jesus, os Franciscos, Os Krishinas. A política tem sido uma praga, uma calamidade. E a política é responsável por tudo o que é feio na humanidade.
      Mas o problema é que a política tem poder. Os iluminados tem apenas amor, paz e a experiência do divino. A política pode facilmente interferir com os místicos, e ela interferiu o tempo todo, a tal ponto que destruiu muitos valores religiosos que são absolutamente necessários à sobrevivência da humanidade e da vida sobre a terra. Os iluminados não tem poder mundano como armas nucleares, bombas atômicas e armas de fogo; multas; decretos; impostos sua dimensão é totalmente diferente. A iluminação não é o desejo pelo poder: é a busca da verdade, de Deus. E a própria busca torna o homem religioso humilde, simples, inocente.
      A política tem todas as armas destrutivas e a religião é completamente vulnerável. A política não tem coração e os iluminados são puro coração, é como uma linda rosa - sua beleza, sua poesia, sua dança fazem a vida digna de ser vivida, dão significado à vida. A política é como uma pedra -está morta. Mas a pedra pode destruir a flor, e a flor não tem defesa alguma. A política é agressiva.
      Durante séculos a política só matou e destruiu pessoas, toda a história da política é a história de criminosos, de assassinos. Em três mil anos os políticos criaram cinco mil guerras. Parece que no político o instinto bárbaro é muito poderoso; seu único prazer é o de destruir, de dominar.
      O misticismo cria um problema para isso, porque deu ao mundo seus mais altos picos de consciência... um Gautaya Buda, um Jesus, um Chuang Tzu, um Nanak, um Kabir. Esses são o próprio sal da terra. O que a política deu ao mundo? Genghis Khan? Tamerlão? Nadir Shah? Alexandre? Napoleão? Ivan, o Terrível? Josef Stalin? Adolf Hitler? Benito Mussolini? Mao Tse-Tung? Ronald Reagan?... Todos eles são criminosos. Em vez de estarem no poder, deveriam estar atrás das grades. Eles são desumanos.
      E são pessoas espiritualmente doentes. O desejo de poder, de dominar, surge apenas numa mente doentia. Surge a partir de um complexo de inferioridade. Pessoas que não têm complexo de inferioridade não se importam com o poder. Todo seu empenho é pela paz, porque o sentido da vida só pode ser conhecido na paz - o poder não é o caminho. Paz, silêncio, gratidão, meditação esses são os constituintes básicos da religião.
      Não se pode permitir que a consciência seja dominada pelos estúpidos políticos. A situação é como se pessoas doentes tentassem dominar os médicos, definindo o que devem e o que não devem fazer. É verdade que elas estão em maioria, mas isto não significa que o médico deva ser dominado pela maioria. Ele pode curar as feridas, pode curar as doenças da humanidade. A iluminação é o médico. Os políticos causaram mal o suficiente; estão dirigindo toda a humanidade a um suicídio global. Não apenas o ser humano, mas os pássaros inocentes e seu canto, as árvores silenciosas e suas flores tudo que está vivo.
      Os políticos conseguiram criar um poder destrutivo suficiente para destruir toda a vida da Terra. A política como um todo depende de mentiras.
      Os políticos vivem de mentiras, de promessas, mas essas promessas jamais são cumpridas. Eles são as pessoas mais desqualificadas no mundo. Sua única qualidade é a de enganar as massas pobres.
      Em países pobres eles podem comprar seus votos, e uma vez no poder, esquecem completamente que são servidores do povo.
      Na minha maneira de ver, todos os políticos deveriam ser meditadores, deveriam conhecer algo do mundo interior, ser mais conscientes, mais compassivos, deveriam conhecer o sabor do amor, a experiência do silêncio da existência, a beleza deste planeta e as dádivas da existência; é deveriam aprender a ser humildes e gratos. Os iluminados deveriam ser os mestres de todos políticos.
      Não sou um político. Nunca votei em minha vida e jamais irei votar, porque qual o sentido em escolher entre dois chimpanzés, apenas porque estão segurando bandeiras diferentes? Apenas porque têm símbolos diferentes? Chimpanzés são chimpanzés.
      As pessoas iluminadas estão fazendo todo esforço para elevar a humanidade-sua consciência; seu amor, sua compaixão-a um nível em que as guerras se tornem impossíveis, onde os políticos não possam enganar as pessoas, onde suas mentiras e suas promessas possam ser expostas. A política é algo que pertence às sarjetas. A mística e os Iluminados pertence ao céu aberto e limpo - como um pássaro voando ao sol para atingir o próprio centro da existência.
      Certamente as pessoas iluminadas não podem ser participantes da política, mas os políticos deveriam aprender a ser humildes. Seu poder não deveria cegá-los. O poder corrompe é o poder absoluto corrompe absolutamente, e todos os políticos são corrompidos pelo seu poder. E qual é o poder que têm? Eles podem matá-lo - seu poder é o poder do açougueiro, nada glorioso, nada respeitável.
      O homem iluminado tem uma qualidade de poder totalmente diferente: está em sua presença, em seu grande amor e reverência pela vida, em sua gratidão à existência.
      Para a consciência religiosa, quanto mais feliz você for, quanto mais amoroso, quanto mais celebrativo... Ela deseja que sua vida seja uma canção e uma dança. Porque essa é a única maneira pela qual deveríamos venerara fonte da vida - com nossa alegria, nossas canções e nossas danças.
      O político é doente, psicologicamente doente, espiritualmente doente.
      Fisicamente pode estar perfeitamente bem. Geralmente os políticos estão fisicamente bem; toda sua carga recai sobre a psique. Você pode perceber isso. Quando um político perde seu poder, começa a perder sua saúde física. Estranho... quando estava no poder, cheio de ansiedades e tensões, estava fisicamente perfeito.
      E qual é a doença? A doença é o complexo de inferioridade.
      Qualquer um que esteja interessado em poder está sofrendo de um complexo de inferioridade; bem no fundo ele se sente sem valor, inferior aos outros. E é assim mesmo, Inferior a tudo e a todos.

Fonte:http://www.humaniversidade.com.br/
                                                                               

Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA