A CULTURA HEDONISTA DA SOCIEDADE ATUAL



Os pais desta geração estão se vendo atormentados e perdidos na educação dos seus filhos. A geração do tudo é permitido, mais o incentivo da mídia consumista a qual apenas valoriza bens materias e atributos físicos, está corroendo a noção de valores éticos e morais na atualidade.A enxurrada de informações sem gerenciamento do que é bom ou ruim já não mais existe e esta era, já declara estado de calamidade pública.

O que faremos daqui a algum tempo? apesar de muita gente achar que a Bíblia é um compêndio de fábulas, existe um trecho muito intrigante no livro de 02 Timotéo no Capítulo 3 Versículo 1a 9 que diz o seguinte:

1 Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
6 Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
7 Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
8 E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
9 Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles.

Logo no primeiro versículo notamos que o momento atual não é dos melhores. Estamos numa crise econômica mundial, a segurança pública não consegue conter o avanço da violência nas cidades, a saúde pública não tem estrutura para conter as epidemias , viroses "paracetamonianas", tratamentos especias enfim, está ficando cada dia mais complicado sofreviver nesta selva chamada sociedade. Continuando vemos uma referência ao egoísmo e à apologia ao ser "esperto"; o qual joga com as pessoas, em todas as áreas da vida ao seu bel-prazer, de acordo a necessidade que melhor lhe aprouver.A relação de troca de bens e serviços saiu do setor econômico e se instalou no convívio das relações humanas.Isto não te lembra nada ? Chama-se P-O-L-I-T-I-C-A.

Brigamos por tudo e com todos , intolerância , mau-humor , chateação , gênio difícil de lidar , a incapacidade de perdoar pelo mínimo que seja.Vemos pessoas já em idade madura que "ficam de mal" com o outro; você acredita nisso? mas existe, infelizmente.Todos em busca do conhecimento para serem melhores do que alguém em alguma área e mostrarem para alguém que somos alguém. E você , sabe me dizer quem realmente é, onde vai chegar e como vai fazer isso? Ou você sabe quais estratégias irá usar para atingir tal objetivo só em nome do seu ideal sem se importa com quem esteja perto?

Isso aqui não é um manual de conversão religiosa de nenhuma denominação, mas para um texto que foi escrito há tanto tempo com tamanha identificação com os acontecimentos atuais ,seria mesmo apenas mera coincidência? Se o homem é um ser social, e não conseguiria sobreviver sozinho porque necessita da ajuda de um outro, por que o tem tratado de modo tão hostil sem se importar se uma palavra irá ofender, traumatizar ,chorar , irritar?. Fingimos sim a piedade sobre as pessoas menos assistidas, porque no fundo não nos importamos com isso, pois estamos com pressa para pegar o ônibus e ir ao trabalho.

O prazer é a moeda de troca onde tudo acontece em torno da vontade.A impulsividade em consumir uma droga ilícita, fazer sexo pelo sexo sem afeto natural,mentiras, desejo exacerbado por dinheiro,abrir mão de uma grande amizade dentro da empresa por causa de um cargo melhor, injustiças para com os justos. Estamos na era mau-humor coletivo e do farinha pouco meu pirão primeiro.

Só Deus sabe o destino desta humanindade mesquinha. Quanto a mim, resta aprender a lhe dar com isso para sobreviver nesta selva.