YANGSHUO-CHINA-UM CENÁRIO NATURAL DE TIRAR O FÓLEGO

 

Visão geral de Yangshuo

No nordeste da província de Guangxi e a sudeste da cidade de Guilin, Yangshuo oferece um cenário de tirar o fôlego, especialmente às margens do Rio Li, ladeado por montes. As ruas em Yangshuo foram mantidas em seu estilo original, preservando o desenho da antiga cidade. Especialidades locais como o peixe cozido na cerveja e os pomelos shatian são servidos na Rua Oeste, uma das mais animadas da cidade.
Depois de descermos o rio Li, boquiabertos com os montes que rodeiam o curso de água, chegamos a Yangshuo

Trata-se de uma pequena cidade, entalada entre os montes e o rio, muito popular entre os turistas de mochila, com ruas muito movimentadas e onde quase todos os locais falam inglês.

Mas o encanto de Yangshuo são os arredores, com imensos arrozais, que ainda são trabalhados por arados puxados por búfalos de água, como se vê na foto.



Sinto um cheiro diferente percorrendo o autocarro onde me encontro. Não é de todo estranho! Reminiscências fugazes passeiam veloz à minha volta.
Recordo tempos de outrora… Lembro o Volvo antigo, gigante, de um vermelho pálido, que rasgou incansável essas estradas de alcatrão gasto. Portugal de lés-a-lés. Quando a sorte do calendário assim permitia, folgava às aulas, prometia ao meu pai mais empenho nas lições, a troco de me deixar embarcar nessas aventuras nocturnas.
O cheiro da liteira do velho Volvo, veio-me agora à memória! Onde estarás tu depois desse destino trágico?
Rumo agora ao interior da China, numa mais que improvável viagem de 14 horas de autocarro! Deitado numa cama quase a tocar o tecto, o velho “bus” dá início à sua marcha, lenta, aos solavancos, mas consistente…
Rápidas paragens em “amontoados” de urina e outras coisas mais, disfarçados de casas-de-banho, são o suficiente para perder a vontade de sair do autocarro nas paragens seguintes!

As montanhas pontiagudas, bem características da paisagem das margens do rio Li, aparecem sorrateiras envoltas num manto de névoa esbranquiçada… encantador. Um belo amanhecer!
Mulher vendendo tecidos na milenar aldeia de Xingping
Gulin merece uma paragem rápida, o suficiente para encontrar um guia e alguém que venda bilhetes de barco até Yangshuo, o verdadeiro destino. Se geneticamente os portugueses estão predispostos para o comummente chamado “desenrascanso”, viver na China e viajar pela Ásia, aguça o engenho e faz despertar um outro sentido: a intuição! Raramente falha.


 
VÍDEOS :

Recosto-me ao bambu que forra as cadeiras da jangada, descendo o rio. Sinto o vento fresco na cara e a água refrescante que me dá até ao tornozelo! À minha volta, apenas montes (ok, e o som insuportável do motor improvisado da jangada). Invade-me uma letargia agradável, precisava de abandonar a confusão e a selva de betão!
YangShuo, é por estes dias o paraíso para turistas, “climers” e viajantes… vive-se uma atmosfera agradável.

Fonte : Blog os meus TRILHOS