INCENSO-O SOPRO DE VIDA

Incensos  conheça mais sobre eles

Incenso (do latim: Incendere, "queimar") é composto por materiais aromáticos chamados bioticos (originado por seres vivos no caso plantas)que liberam fumaça perfumada quando queimado. O "incenso" refere-se a substância em si, mais do que o cheiro que ela produz. Ele é usado em cerimônias religiosas, ritual de purificação,aromaterapia, meditação, Para a criação de um estado de espírito, e para mascarar algum mal odor. O uso do incenso se originou no Antigo Egito, onde as resinas de goma e resinas oleosas de árvores aromáticas foram importadas das costas da Arábia e Somália para ser usado em cerimônias religiosas.
Incenso é composto de materiais provenientes de plantas aromáticas, muitas vezes combinados com óleos essenciais. As formas do incenso tem mudado com os avanços da tecnologia, as diferenças de cultura subjacente, e da diversidade nas razões para queimá-lo.Os dois principais tipos geralmente podem ser divididos em "queima indireta" e "queima direta". O incenso de queima indireta, também chamado de "incenso não-combustível", requer uma fonte separada de calor, uma vez que não é capaz de queimar-se. O incenso de queima direta, também chamado de "incenso combustível", é acesso diretamente por uma chama e depois se espalha, a brasa do incenso irá arder e liberar a fragrância. Exemplos de incenso queima direta são varas de incenso (incenso) cones ou pirâmides.
O incenso, representa o «sopro divino», ou o «sopro da vida».Assim se entende que este «sopro de vida» é eterno, que este sopro de vida é o «espírito» que sobrevive á morte do corpo.   O incenso, tem assim a função de representar este misterioso e milagroso «sopro de vida», ou o espírito. Por isso, se a vela contem o fogo, que é a forma como um espírito se manifesta junto de nos, a incenso é o meio que transporta os nossos desejos, pensamentos, orações  e mensagens para o mundo celestial. Também nos textos sagrados ficamos sabendo que o incenso traduz uma substancia aromática que é agradável aos espíritos , sendo que o mesmo quando queimado , ( usando uma combinação com o elemento do fogo, que no ritual magico se encontra simbolizado nas velas. Os egípcios são dos mais ancestrais produtores de incenso, assim como usaram o incenso para fins religiosos e espirituais antes mesmo dos Hebreus.
O incenso egípcio resultava de uma combinação de 16 ingredientes, que eram processados de acordo com fórmulas místicas. O Incenso egípcio era feito com ingredientes como mel, vinho, passas, resina, e servia para fins tanto místicos com medicinais.
Os incensos têm como objetivo, energizar e transmutar as energias dos ambientes e das pessoas. São, por excelência, purificadores e condutores de vibrações, atuando nos locais e nos indivíduos onde são usados.
Perfumam os ambientes e renovam a carga energética estagnada e/ou negativa, não havendo qualquer contra-indicação, exceto para os alérgicos aos aromas, é claro.
Seu campo de atuação não se restringe apenas aos inanimados, ativando também nossa sensibilidade.
Existe um tipo e uma essência específica a ser utilizada para cada necessidade. Acenda um em cada ambiente de sua casa, sempre que sua intuição recomendar.
Os incensos são encontrados em diversas formas: em pastilhas, palitos, pó, etc.
Os incensos sempre estiveram presentes nos rituais sagrados. Usados como oferenda, eles possuem duas funções: a primeira de agradar e homenagear os deuses e a segunda de fazer seus pedidos chegarem mais rápido até eles.
Símbolo do desapego e da purificação, na Roma antiga, ele estava presente nos templos e alguns sacerdotes ou sacerdotisas só o utilizavam com a finalidade de ter visões ou fazer profecias. Já os judeus, consideram a sua fabricação um exercício sagrado, pois o incenso só é queimado nos altares pela manhã e ao pôr-do-sol.
Na índia o uso do incenso é empregado na adoração de seus deuses e durante a cremação dos mortos. Foram os indianos que modificaram a sua forma, modelando sua massa em pauzinhos, como conhecemos hoje.
Aos poucos seu uso chegou aos países asiáticos como Nepal, Ceilão, Burma, China e Japão. E, hoje, ele possui ligação direta as práticas do budismo, pois é o símbolo da generosidade e do desprendimento. É um dos elementos que representam os prazeres sensoriais, no caso, o olfato.
Na religião católica o incenso também se faz presente. Embora não se saiba ao certo de qual religião foi herdado, os sacerdotes sempre fizeram o uso de defumadores durante as missas. Também não podemos esquecer do incenso e a mirra ofertados no nascimento do menino Jesus pelos três Reis Magos, colocando-os em igualdade com o ouro, que tinha valor por sua raridade para os povos antigos.
Tabela de Incensos:
Alecrim - Estimulante mental, ativa a memória dispersando o cansaço da mente, estimula a consciência, animador, anti-depressivo.
Alfazema - Atua no plano astral eliminando maus fluidos e as energias negativas nos ambientes.
Almíscar - Afrodisíaco, ativa a sensibilidade, revitalizante mental.
Arruda - Proteção. Usado a noite, garante um sono mais tranqüilo. Importante filtro contra espíritos negativos, mau olhado, inveja e má sorte. Usado na limpeza contra energias negativas.
Benjoim - Limpa e descarrega ambiente, neutraliza inveja, mau olhado e etc. Propicia a serenidade e purificação espiritual.
Calandre - Ativa a concentração, desperta o interesse pelo desconhecido. Harmoniza o aspecto familiar.
Canela - Atrai dinheiro, clientes, novos amores, casamento, domina o sexo oposto. Atrai bons fluidos.
Cânfora - Usada em massagens para relaxamento muscular, vaporizado atua contra o egoísmo, inveja, exaustão, nervosa e elimina a negatividade
Eucalipto - Harmoniza e estabiliza emoções, ansiedade, meditação e é bom para o stress.
Flor De Laranjeira - Estimula harmonia, carinho, alegria e felicidade. Calmante em caso de nervosismo, insônia, tensão e preocupação.
Flor De Pitanga - Revitalizante, energético, ativa a sensibilidade e é atuante na área de conquista materiais.
Jasmim - Calmante, anti-depressivo, estimulante da sensibilidade, sempre usado na composição de perfumes afrodisíacos.
Lavanda - Calmante para agitação, excitação, insônia, irritação, diminui a ansiedade, tensão, depressão. Dissolve negativismo e obstinação
Lótus - Utilizado por clarividentes. Ajuda na concentração mental no relaxamento, inibe a compulsividade o medo e a insegurança interior.
Madeira - Dissolve sentimentos de apreensão, preocupação excessiva. Contra medo, compulsividade. Confortante /necessidade de amparo, insegurança.
Mirra - Como óleo e usado para limpeza da casa, afasta maus fluidos e abre caminho, é também poderoso condutor de entidades do astral.
Olíbano - É usado pelos povos africanos para ajudar na concentração de espíritos e divindades positivas, forte condensador de energia.
Patchuli - Estimulante sexual, anti-depressivo e revigorante. Muito usado como afrodisíaco e atua contra impotência sexual masculina.
Rosas - Trabalha com a energia solar, trazendo alegria e vitalidade ao coração. Anti-depressivo. Bom para pressão baixa, tensão nervosa e stress.
Sândalo - Calmante, induz o relaxamento profundo e o auto controle. Usado em trabalhos psíquicos, ioga e meditação.
Verbena - Afasta a negatividade, tristeza e melancolia, nos libera de energias negativas atraindo a desenvoltura, alegria e bom astral.
Ylang Ylang - Potencializa a auto-estima. O indicado para o equilíbrio do sistema nervoso. Fortalece a capacidade de sentir prazer e viver a própria sensualidade.
Incenso- Incensos e os seus fins espirituais:


Incenso Arruda: purificação e protecção espiritual
Acácia: faculta um sono tranqüilo.
Incenso Absinto: favorece a clarividência, assim como é útil em assuntos amorosos.
Incenso Alecrim: combate a depressão, é purificador de pessoas e locais
Incenso Alfazema: tranquilizante
Incenso Almíscar: favorece sorte, vitorias, sucesso
Incenso Angélica: atrais forças protectoras
Incenso Artemísia: estimula dons proféticos, adivinhação, sonhos reveladores
Incenso Anis estrelado: abre portas da boa sorte
Incenso Camomila: ideal para conjurar forças que ajudam em assuntos financeiros
Incenso Canela: favorece as forças que ajudam em questões financeiras
Incenso Cânfora: eliminador da negatividade
Incenso Cedro: indicado em estabelecimentos, para aumentar vendas
Incenso Cipreste: favorece o equilíbrio espiritual, e tambem pode ser usado em assuntos de prosperidade
Incenso Coco: estimula o equilíbrio psicológico, espiritual e emocional
Incenso Cravo: ideal para favorecer abertura de caminhos, desbloqueio de enguiços
Incenso Erva cidreira: conjura energias ideias em assuntos amorosos  
Incenso Erva doce: contra invejas e mau olhado 
Incenso Eucalipto: limpeza espiritual  
Incenso Hortelã: afasta negatividade assim como as indecisões e falta de decisão    
Incenso Jasmim: favorece pacificação do ambiente    
Incenso Lavanda: tranquilizador  
Incenso Manjericão: atrai energias de boa sorte
Incenso Mirra: favorece os instintos, a a intuição e capacidades espirituais extra-sensoriais
Incenso Noz moscada: favorece entradas de dinheiro    
Incenso Orquídea: purificador do ambiente e do espírito    
Incenso Pimenta da jamaica: favorece harmonia no lar, assim como prosperidade
Incenso Pinho: protecção e assuntos de fertilidade
Incenso Rosa branca: acalma disputas, amansa pessoas, deve ser usado em expulsão de forças negativas
Incenso Sândalo: evolução espiritual
Incenso Sândalo branco: abre portas ao sucesso
Incenso Vetiver: ideal para favorecer comerciantes e assuntos comerciais .







Postagens mais visitadas deste blog

APRENDA COMO FAZER CONTATO COM SEU ANJO E GUIAS ESPIRITUAIS - TEXTOS DE VÁRIOS AUTORES

PARA ONDE VAMOS QUANDO MORREMOS,SEGUNDO A DOUTRINA ESPÍRITA ?

O GATO NA MITOLOGIA SAGRADA EGÍPCIA